Páginas

domingo, 16 de janeiro de 2011

Noite Traiçoeira


Desejo de amar IV














Imagem Google





A lingerie que ele não viu
Do beijo que não recebeu ficou o desgosto.
Da noite sem fim que seu corpo seduziu.
Carregou os seus sonhos pesados perdidos
Nos degraus desta escada da vida sem fim.

O desejo que lhe deixa angustiado
Ansiedade no perfume a se embriagar
Leva os desejos e sonhos impossíveis
Adormecidos nas meninas dos seus olhos
Onde você repousava sempre a induzir

Ah, este desejo que aplaca e trás desvairanças,
Que nas noites se avolumam num eterno sonhar
E deixa no corpo reinventada arte de amar
Quando na mente apenas estas boas lembranças

E foi assim que em cavaleiro negro se vestiu
E vagou pelos becos vazios no seu alazão
Na sua desilusão tocava e cantava sua dor
Naquela noite sem fim que o amor lhe fugiu.

Toninhobira
16/01/2011.
 

21 comentários:

  1. O amor tem seu tempo...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Um cavaleiro que espalha a magia em versos por todo esse mundão... Canta cavaleiro, sua canção invade a alma e até o mais duro coração... Só mesmo o amor, a paixão, pra fazer um poeta versar com tanta emoção! Vivas ao Amor!!! Aplausos Toninho, você arrasou!!! Carinhos... Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Estamos aqui para te avisar que deixamos em nosso blog um selo de qualidade de presente pra você! Pega lá...

    Abraços,

    Kleber e Jonathan
    oteatrodavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. indiquei teu blog para o selo de qualidade. veja as regras.
    http://filocinetica.blogspot.com/2011/01/selo-de-qualidade.html

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Amigo quanta saudade
    dos sonhos que não sonhei
    dos abraços que não tive
    e dos beijos que não dei

    os dias se vão passando
    as noites passam de vela
    a vida nos vai fugindo
    sem darmos por conta dela.

    Beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
  6. Meu querido que versos mais intensos...sentidos...adorei...
    Amigo tenha uma maravilhosa semana...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo, grande poeta Toninhobira
    São lindos estes seus versos!
    Aliás, é praxe: vindo aqui não se perde viagem.
    Você tem, sempre, para nos oferecer, versos escritos com a alma: é esta a diferença!
    Encantou-me!
    Grande abraço da
    Zélia

    ResponderExcluir
  8. Lindos como sempre. Sentidos expressos em belas formas.
    Obrigada por me prestigiar. Estou de férias e viajando, daí a minha ausência neste seu belo espaço.Deixei posts agendados e vc os tem acompanhado.

    ResponderExcluir
  9. Quando o amor nos foge a tem duas alternativas:
    ficar esperando que ele volte, ou seguir amando novos amores, fico com a segunda. bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi toninho, muita paz, depois de tantos comentários elogiosos, o meu vai ficar no lugar comum, mais vc sabe como adora as suas poesias,elas tocam o nosso coração,tudo de bom para vc. Um abraço carinhoso, Celina

    ResponderExcluir
  11. Eu fui lá buscar a cançao que o cavalheiro saiu cantando :

    "Sonhei que eu era um dia um trovador
    Dos velhos tempos que não voltam mais
    Cantava assim a toda hora
    As mais lindas modinhas

    De meu rio de outrora
    Sinhá mocinha de olhar fugaz
    Se encantava com meus versos de rapaz

    Qual seresteiro ou menestrel do amor
    A suspirar sob os balcões em flor
    Na noite antiga do meu Rio
    Pelas ruas do Rio
    Eu passava a cantar novas trovas

    Em provas de amor ao luar
    E via então de um lampião de gás
    Na janela a flor mais bela em tristes ais"

    Abraços, meu amigo! Paz e bem.

    ResponderExcluir
  12. Ah meu amigo!
    Não tenho nem palavras!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. São sentimentos que marcam. Nesta longa estrada, todos nós, invariavelmente, deixamos a grafia do nosso coração, seja feliz ou sofredor.
    Amigo, belos são seus versos!

    ResponderExcluir
  14. Olá amigo,
    Concordo com Zélia, Vc escreve com a intensidade da alma de poeta... E com isso coloca LUZ em seus versos.
    PARABÉNS!!!
    Abrçsss carinhosos

    ResponderExcluir
  15. Querido Toninho hoje vim te ler aqui, e olha só que obra sublime eu achei, este cavaleiro que vaga sem rumo quem sabe a procura daquela noite sem fim, que lhe abriu tal chaga que não consegue esquecer, lindo teus versos beijos Luconi

    ResponderExcluir
  16. Bom dia poeta vi que alterou algo no blog.bom achei legal.Eu ando mudando as cores dos meus se precisar e quizer algo podes contar comigo.Abraços e obrigado por está sempre presente.

    ResponderExcluir
  17. Amigo fazer poema é a prova constante de que o nosso cérebro nunca adormece,
    pois até quando sonhamos eles vão se formando em nossas mentes.
    Seus poemas são de uma delicadeza, que até apetece absorver cada palavra.
    Beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
  18. Amigo...
    Tão enternecedor!...
    Você é um poeta de corpo e alma...
    Beijinhos..
    Minas

    ResponderExcluir
  19. Oi amigo, muita paz para todos da familia. venho agradecer a visita e o lindo comentário,Toninho a sua visita me faz muito bem, sou rodeada de gente mais sinto muita solidão,Vc é a pessõa que me traz um pouco de paz, fico feliz quando recebo o seu cometário, desculpa toninho talvez eu não tenha o direito de estar disendo isso para vc, Segue um abraço carinhoso. Celina.

    ResponderExcluir
  20. Toninho,

    Hoje vim aqui para deixa um beijo especial, e agradecer por você fazer parte da minha história, tem um selinho para você lá no blog!

    ResponderExcluir
  21. Oi toninho, que gostoso estar com você e Amália. Adoro o fado e fado é destino. Embora tenha destinos tristes, tem os felizes também não é? Tenho corrido muito com meus filhos, ficando semanas sem entrar no blog, email etc. Mas você é muito querido e especial, carinhoso, amigo. Afinidade de alma. Que fado feliz o nosso, o meu de tê-lo encontrado. Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.