Páginas

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Na magia de Itapuã









 imagem Google









Da série uma canção de amor a Salvador.










Imagem propria do celular Prada-LG









Quando o dia não lhe surgir como um bem
Largue tudo e se de deixe levar para Itapuã
Que importa se o dia nasceu sem emoção?
As dunas de areias finas e claras lhe bastam.
Como umas ternas companheiras de aflição.

Deixe-se levar pelas cantigas das lavadeiras
Canto harmonioso, melodioso das mulheres do Abaeté.
Em cada canção uma historia coisa de guerreiras
Legitimas mulheres de Atenas, carregadas de axé.
Esfregando, lavando roupas como profissão de fé.

Se ainda assim não te encanta vá para o Farol de Itapuã
Ele te cuidará na cantiga das ondas contra as pedras.
Sentirá leve brisa e o chuá...chuá das águas nas pedras
Naquele fenômeno lindo do véu de noiva a balançar.


Itapuã de belezas naturais, sua gente suas coisas
Sentado na casa dos pescadores uma Sereia a lhe namorar
Vinicius e Dorival a lhe acompanhar nas tardes de Itapuã.
Nada mais lhe resta senão se banhar e purificar.
E ali nesta maresia se deixar ficar ou acordar.


“Um velho calção de banho...
O dia pra vadiar...
Um mar que não tem tamanho...” (Vinicius de Morais)













 imagem Google





Toninho



Publicado em Fev/2010 no Recanto com alterações.
Observações:

Lagoa do Abaeté:
Lagoa natural cercada por dunas de areias finas e brancas. No passado usada pela comunidade pobre do bairro no serviço de lavagem remunerada de roupas para famílias bem como as roupas da própria família. Estas lavadeiras maioria de origem negra entoavam canções de roda durante a labuta. No processo de preservação do ambiente contra os saponáceos e outros derivados agressivos, o governo da Bahia, construiu uma lavanderia comunitária subsidiada e com canalização da água usada para uma rede esgoto.

Sereia é um  monumento em ferro sobre uma pedra,numa espécie de síntese d as crenças dos pescadores em homenagem a Iemanjá e suas proteções na arte da pescaria.Sendo ela uma referencia de endereço na orla.

Considerado o branco mais preto,Vinicius de Morais tem nesta praia uma estatua cercada por letras de suas musicas.voltada para o Farol e a praia,que ele tão bem cantou.

Itapuã (em grafia arcaica Itapoan) é uma palavra de origem tupi-guarani que designa um tipo de arpão curto, com ponta metálica (originalmente de pedra - ita, nessa língua), que era utilizado para a pescaria de tartaruga e peixes grandes. A palavra siginifica Pedra que ronca - do tupi-guarani (ita- pedra, puã- Ronco). (Wikipedia)

Toninho

9 comentários:

  1. Nossa! Além de lindos versos, você ainda nos traz uma deliciosa aula que só vem a enriquecer nossos conhecimentos! *Seu poema de certa forma me levou à uma época passada em minha vida, época essa em que fui muito feliz... Aos 16 anos quando me casei, fui morar em uma cidade onde o costume por lá era lavar roupa no rio, fazíamos isso esfregando as roupas nas pedras, e quarando-as às margens do rio que era pura areia... Trabalho árduo, mas era divertido pelos causos e cantigas que se houvia por lá... Itaberaí - Go... Sinto saudades de lá... Amigo querido, beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ola poeta para quem conhece este pedacinho do céu so podemos fazer versos e prosas.Adoro ver o encanto e a beleza ímpar destes lugares da nossa terra.A lagoa de Abaeté é um canto de deuses e poetas para apreciar e continuar versejar por este mundo a fora.Lindo e ótimas lembranças

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo, isto é por demais encantador.
    Tudo nessa terra evoca poesias.
    Não é de admirar que da Bahia venham tantos nomes importantes na música, na poesia, na literatura e nas artes em geral.
    Parabéns meu amigo por mais esta jóia que abrilhanta teu espaço e nossos corações.
    Um abraço, até.

    ResponderExcluir
  4. Meu querido, realmente é um lugar pleno de magia...maravilhoso post, imagens, seu poema e as explicações... adorei... e aprendi mais com voce...
    Tenha uma semana de muitas alegrias amigo...beijinhos em sua adorável alma
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Eu aqui nos quase quarenta graus, morrendo de calor e vontade de achar uma bela e aprazível praia e você me tentando...rsrs. Adorei, meu amigo! Ótima semana. paz e bem.

    ResponderExcluir
  6. OI toninho, gostei de vc falar da terra que mora realmente a Bahia tem muito o que ver. vc sabe o que eu acho mais lindo da Bahia? é o seu mar esmeralda principalmente quando é visto do alto do elevador Lacerda não tem mar mais lindo, e olha que nascí no litoral. Aquí tambem é bonito,rsrs. Um abraço carinhoso Celina.

    ResponderExcluir
  7. Sua terra é linda e traz muitas inspirações.
    Abços

    ResponderExcluir
  8. Ôôôôôôô, Bahia!...
    Terra de Nosso Senhor!!!
    ♥ Boa quarta-feira! ♥ ° º
    ° ♥ °º ♥ °º
    ° ·.·.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.