Páginas

sábado, 26 de março de 2011

Quando eu faço amor












Quando eu faço amor.

Na mais linda euforia do coração
Da alma toda em festa como criança

Cada instante eterniza a mansidão

Dos corpos na rítmica de uma dança

É o tempo que se depura na alegria
Na vontade de amar que aumenta

Numa aula viva da anatomia

Emoções prazeres que experimenta


Quando faço amor é como banho em rio
No mergulho do corpo fogueado

Com suaves toques, prazer e calafrio
Desejos ardentes de corpos enamorados.


Estranha forma de querer viver
Nesta sensação de um amor finito

Se nos olhos irradia o brilho do prazer
No coração a agonia de um grito.



Toninho.

26/03/2011


14 comentários:

  1. Toninho!
    O amigo quer nos matar do coração?!
    Meu amigo é um poeta que toca fundo nesse coração do lado de cá, viu?
    Brilhante, esplêndido, te aplaudo de pé.
    Esta foi outra de tuas inumeráveis jóias, que posso dizer que foi bem lapidada, na forja de tua alma, que é teu coração!
    Um abraço afetuoso, e parabéns por este clássico.
    Um bom domingo, Deus continue te iluminando.

    ResponderExcluir
  2. Uma pérola de poema Toninho.

    Bom domingo!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. OI AMIGO, MUITA PAZ, LÍ OS SEUS VERSOS ACHEI O MÁXIMO, CRIATIVO VC FAZ UMA DISCRIÇÃO ONDE EXISTE MUITO AMOR E ISTO É LINDO, A SUA NARRATIVA POETICA FICOU PERFEITA . OBRIGADA PELA VISITA E COMENTÁRIO, UM ABRAÇO CELINA.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia !!

    Adorei !! Acho maravilhoso quando se fala de amor com paixão ... tem intensidade .

    Um lindo domingo cheio de poesia !!!

    ResponderExcluir
  5. O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar. Muito lindo Toninho.Beijos

    ResponderExcluir
  6. Toninho, que bela forma de descrever o ato de fazer amor, com todas as nuances, formas e sentidos. A entrega absoluta pelo ato de amar.
    Muito lindo poema!
    Um grande abraço, meu amigo.
    Uma semana iluminada para você,
    Celêdian

    ResponderExcluir
  7. Inspiração privilegiada a tua,Toninho.Lindo! abraços,chica

    ResponderExcluir
  8. A suavidade e a paz de um encontro tão sublime. Amor, sublime amor! Lindo demais, amigão! Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  9. Há o amor, como é belo, como é bom sentir,receber e fazer.

    ResponderExcluir
  10. Que versos mais inspirados meu querido... divino encontro de corpos e almas...não há nada mais belo...

    Que doçura de música voce colocou no blog... fazia tempo que não ouvia... ah me lembra a luz dos olhos do meu amor...

    Meu amigo...tenha uma feliz semana...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. Este arrasou.
    Com sua permissão vou copiar e repassar.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. É por isso que é preciso se apegar a esses momentos de felicidade... Porque deles depende nossa sobrevivência... Seus versos estão cada dia mais profundos e tocantes... E eu daqui admirando e aplaudindo tamanho talento sempre inspirado e inspirador...

    Amigo poeta,
    meu carinho sempre pra ti...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  13. Boa semana!
    Momentos eternos em uma vida nem tanto.
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.