Páginas

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Beijo partido








Imagem Google.




Desde quando você foi embora,
Criou em mim esta desarmonia,
Que faz a amargura nesta hora,
Que se acalma pela sua fotografia.

Para onde vão os meus lamentos,
Que se preenchem com clamores?
Quiçá não tivesse estes tormentos,
Que inundam a noite de terrores.

Talvez não seja todo este sofrer,
Que espelha a minha realidade,
Ao rasgar o peito neste padecer,
Ainda entorpecido pela saudade.

Vejo rastros de todos os desencontros,
Restos de esperanças no sobreviver,
Coleção dos cacos nestes escombros,
Na edificação que me faça renascer.

Toninho.
************************************************
Da série apenas uma inspiração.

32 comentários:

  1. Sempre digno de aplausos, poeta nato..
    Cada frase, cada linha de suas escritas, brota saudades, amor principalmente esperança, pois é disso que um poeta se alimenta para por em pauta todo sentimento em forma de versos...
    Obrigado pela visita em meu blog...abraços amigo
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  2. Toninho.
    Que beleza de poema!É um misto de contrastes:tem saudades,mas sabe que vai superar,renascendo,qual Fénix.
    Um abraço da
    Beatriz

    ResponderExcluir
  3. Sempre inspirado,Toninho! Lindo poema! abração praiano, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Toninho,grande inspiração em Milton Nascimento com essa musica linda!Poesia que emociona!bjs,

    ResponderExcluir
  5. Oi, querido Toninho!

    Não conhecia a canção, mas é bonita e condiz com seu poema.
    Sua poesia, é própria de coração partido. É sempre assim, quando o amor termina.
    Todavia, há sempre esperanças no recomeçar.

    Beijo da Luz, com carinho.

    ResponderExcluir
  6. Toninho, você é um amor de pessoa e com as palavras muito mais. Seus comentários primam em afeto e carinho, e muito na poesia que vc constrói. Sou sua fã! Adoro! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Meu querido amigo

    Uma bela inspiração como sempre...o amor e a saudade estão sempre de mãos dadas, quando ausente.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  8. Olá Toninho
    Esta música do Milton é encantadora, tão doce.
    Encantei-me com seu poema, a 1ª e 2ª estrofe se encaixaram direitinho em mim.
    Obrigada pela atenção sempre dispensada ao mundodecissa.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. Versos de um poeta apaixonado e saudoso (parece marca de todos os poetas), mais que trás no coração ainda acessa a esperança de belos momentos. Lindo querido Toninho, amei. Tenha um final de semana iluminado. Bjinhos poéticos para ti.

    ResponderExcluir
  10. Saudade é jardim de horas mortas meu amigo, a vontade de reviver o que nos marcou faz com que nossos beijos voem por aí.

    E quando partem-se caem no foco de uma terra fértil, fazendo brotar lindas inspirações como essa.

    Muitos abraços pra ti, um excelente final de semana

    ResponderExcluir
  11. Mineirinho, a quebra do amor deixa inúmeros pedaços. Nem sempre vale a pena tentar fazer deles um mosaico. É melhor viver a saudade e esperar que o coração cicatrize sozinho.
    Lindos versos! Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Toninho,
    que delícia ter vindo aqui nesta hora de encanto!
    Fiquei enlevada ouvindo Milton Nascimento.
    E, você, poeta, como consegue seguir levando adiante o sentimento do mundo!
    Gosto muito de te ouvir poetar.
    Mesmo eu não sentindo esses penares, esse sofrer por amar, mas sinto a dor dos outros corações. E quantos se identificam e se sentem mais harmonizados, corações mais soltos.
    Lindo Milton. Lindo Mineirinho!
    Deus te abençoe, amigo!

    ResponderExcluir
  13. No beijo partido
    o amor é revelado;
    é tão esperançado
    em jamais ser findo.

    Toninho, querido amigo,
    Lindíssima é sua inspiração!1 Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. sim, desde que vc foi embora,
    nos perdemos de nos achar, ainda
    que...
    belo poema
    saudações,
    de la mancha

    ResponderExcluir
  15. O amor traz de tudo, momentos bons e outros não. Quando de despedaça, o melhor mesmo é ir em busca de um novo amor...
    A poesia e a música, são de encantar!

    Um beijo, Toninho amigo,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  16. A saudade é doida e faz sofrer... Mas quem ama está sujeita à ela... fazer o que?!

    Bjussssss

    ResponderExcluir
  17. nos corações partidos,
    aqui estamos,
    destemidos.
    saudações,
    delamancha

    ResponderExcluir
  18. apenas uma inspiração... êta simplicidade hem poeta? linda... bjuuu

    ResponderExcluir
  19. Oi meu querido amigo, a poesia é linda a música também, amar é assim mesmo, se não existisse saudades não seria amor, é como o ciúme este tem que ser em doses pequenas, para não estragar rsrs, e deixar o coração ferido, poeta a sua poesia é linda!! abraços Celina.

    ResponderExcluir
  20. Da amiga Marcia Luconi, que relatou dificuldade de postar comentario:

    "Uma linda inspiração que vem de um coração sensível e ecoa fundo em nossa alma, obrigada por nos oferecer momentos assim tão especiais.

    Pronto agora comentei, abraços amigo que a sua vida esteja repleta de paz que é o maior tesouro de nossa alma.

    Beijos
    Marcia Maria Luconi

    ResponderExcluir
  21. Bom dia, Toninho. Lindo ver a sua presença amiga no meu espaço sabendo que estou voltando aos pouquinhos.
    Estou colocando em ordem os meus pensamentos e ações.
    O sofrimento de amor acaba com uma alma, que se põe a prantear sem saber como colocar um fim.
    Mesmo com todas as dores, com a incredulidade de um dia vivenciarmos experiência verdadeira de amor, não devemos perder a esperança na pessoa que poderá nos fazer felizes e nem em nós mesmos, a fim de que desnudemos a alma e o coração refletidos em um semblante da mais bela harmonia em prol do renascimento do amor.
    Tenha um excelente 2013 de paz, amor e saúde.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Toninho!
    Estou retomando minha rotina junto ao blog e voltando a rever os amigos...
    Endereço de lindos poemas sempre!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Saudades daqui.
    E sempre grata a sua atenção e carinho.
    Estou de volta.
    Xeros

    ResponderExcluir
  24. Oi, querido Toninho!

    Eu sabia que você não tinha postado ainda, desde que comentei, a semana passada, mas quero lhe agradecer sua passagem por meus blogs, tal como seus comentários.

    Desejo que sua semana, seja de paz e alegria.
    Beijos a Luz, com carinho.

    ResponderExcluir
  25. Lindos versos de saudades e esperança com fundo musical escolhido com muita precisão.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Simplesmente lindo, Toninho. Parabéns!

    ResponderExcluir
  27. Olá.
    Visitando blogs amigos conheci o seu.

    Se gostar de desafios fotograficos, convido para que participe desse http://fotosdequinta.blogspot.com.br/2013/01/tema-de-janeiro-bandeiras.html

    Abraço.
    Ana Virgínia

    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Lindo.Lindo. Toninho
    Mais um poema sobre desencontros e a saudade num lamento.
    Inspiração encantador.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  29. It has really excellent diary! I always accurately came here from http://byebra.pt that thoughts to be uppercase cohesive confront ameliorate record in the world and it's rattling utilitarian.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.