Páginas

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Desespero da solidão.





Imagem Google





  
Quero ver nos teus olhos o brilhante,
Como o amante cheio de pedidos.
Reencontrar teus passos errantes,
Para acariciar os teus egos perdidos.

Quero na noite ser o guardião zeloso,
Como um anjo de sonhos esquecidos.
E te acordar nas manhãs carinhoso,
Sob as luzes dos raios incandescidos.

Ouvir da janela a sabiá Laranjeira,
Regente da passarada na alvorada,
Ela ali enamorada pelo Sabia Coleira,
O instante de uma manhã imaculada.

Desespero-me na busca incansável,
Aqui embriagado padeço meus desejos,
Com esta bebida estranha intragável,
Meu coração embrulha-se no desapego.

Às vezes alço um voo coordenado,
Mas nunca pouso nos braços da paz,
Toco minhas asas quebradas no chão
Aterrisso perdido na viagem ineficaz.

Outras vezes como refém da clausura,
Ajoelho humilde perante a Madona,
Numa prece que amenize a amargura,
Desespero em solidão nesta maratona.

Toninho.
Apenas uma inspiração nesta senhora.
 ********************************************
 Um belo fim de semana a todos.
Tenho tido dias de muita ocupação,mas vou visitar a todos.
Grato sempre pela leitura e comentário.








33 comentários:

  1. Querido Toninho, teu poema é uma prece.
    Na sua intensidade, nos fala na alma.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Linda tua inspiração ,Toninho! perfeita, como sempre. Dá gosto te ler! abração,ótimos trabalhos e fds! chica

    ResponderExcluir
  3. Oi Toninho
    Também o tempo impede de vir ve-lo mais vezes.
    O importante é sabermos por perto e sempre com essa inspiração , usando as palavras de forma poética que toca os corações,
    Obrigada e tenha um lindo fim de semana
    abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    A sua poesia é muito agradável de se ler! Tem uma musicalidade muito própria que a torna leve e fluída...ainda que contenha uma grande profundidade de sentimentos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Toninho, teus versos encantam. Bjus

    ResponderExcluir
  6. Toninho, a tua poesia é linda, parabéns mais uma vez amigo, bela inspiração. Abraços Celina

    ResponderExcluir
  7. Apenas uma inspiração?
    Mais uma linda inspiração, amigo!
    Versos que tocam a nossa alma, sabia?
    Agradeço a sua paciência em esperar a minha visita. Já não tenho ficado muito tempo no computador. Estava demais. E a coluna é que sofre, né?
    Estou tomando remédios e fazendo fisioterapia, mas não está resolvendo o problema.
    Também agradeço as suas visitas tão preciosas aos meus blogs.
    Que Deus lhe abençoe e lhe ilumine!
    Beijocas e um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  8. Versos tao fortes... doloridos... retrataste bem o desespero de uma solidao...
    Beijos Toninho...

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, Toninho! E que inspiração!...

    ResponderExcluir
  10. Oiiiii,ai num gosto de solidao nao.Mas aprendi a viver com ela...
    Bjao daqui de longe proce,Lu.

    ResponderExcluir
  11. Quanta beleza, brota de uma inspiração.
    Uma primorosa poesia. Sempre bom, vir aqui.
    Bom final de semana, Toninho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Estavas inspirado e romântico. Belo poema.
    Bom finde
    abração

    ResponderExcluir
  13. Que belo, meu amigo... Que belo!

    Saudades, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Ei Toninho
    Perfeito, música maravilhosa, versos belíssimos, de uma doçura sem igual.
    Grande abraço e muito obrigada pelo carinho sempre presente no bloguinho.

    ResponderExcluir
  15. Amigo Toninho, tem um presente para teu blog no meu, foste o único homem a receber, "bendito sois entre as mulheres"... rsrsrsr. Acesse o link abaixo e veja. Bjus
    http://poesiasesonetos.blogspot.com.br/p/blog-page.html

    ResponderExcluir
  16. ✿✿彡
    Seus sonhos são lindos, mas são possíveis?!
    Ainda existe esse paraíso com quintais e sabiás?!
    Bom domingo!
    Boa semana!
    Beijinhos do Brasil
    ¸.•°✿✿彡

    ResponderExcluir

  17. Querido amigo, ainda bem que nada dura para sempre, nem mesmo a solidão. Belos versos. Um grande abraço, Toninho e ótimo domingo

    ResponderExcluir
  18. A figura materna, mesmo que n imagem, nos remete ao colo protetor e insira diálogos poéticos.Linda poesia.
    Tem selinho pra vc, amigo Toninho, lá no blog.
    Abraços,
    Calu

    ResponderExcluir
  19. A vida é um constante "renovar". Nada é estático e nada dura para sempre. Inclusive as tristezas e a solidão! Menos mal!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  20. Meua prezado amigo, sem dúvida que este é um dos mais lindos poemas escritos por ti.
    Palavras que como estas, tocarão na alma da eleita e ela com certeza as receberá e ficará exultante e feliz.
    Hoje venho deixar um abraço fraterno e desejar um abençoado Domingo.

    ResponderExcluir
  21. Olá Mineirinho,
    Que lindo poema! Mesmo sem muito tempo, percebo que a tua inspiração nunca desaparece.
    Boa semana e bons fluidos.

    ResponderExcluir
  22. Olá, querido Toninho!

    Tão grande e bonito é o "seu" desejo!
    Seus versos são maravilhosos e a solidão, a "sua" solidão não irá durar por muito mais tempo. Claro, que estamos falando no plano do seu eu-lírico.

    Falou de Madona. Se refere à cantora?

    Tenha uma boa semana.
    Beijos da Luz, com carinho.

    PS: post mais recente está no "Afetos e Cumplicidades". Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir

  23. Olá Toninho,

    Inspiração belíssima e que toca a alma pela nostalgia que a reveste. A solidão é grande inspiradora para os poetas, embora seja "intragável" para para o nosso ser(rsrs).

    Obrigada pelo carinho em meu recanto.

    Cheguei a tempo de desejar-lhe boa-noite. É que fomos a Lafaiete ver a mamãe.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  24. lindos e tristes versos, pq falam de algo tão dolorido que é a solidão,bjs

    http://eubipolarbuscandoapaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá amigo querido, passando p conferir as novidades poéticas que sempre nos encantam, parabéns mais um lindo poema! Uma ótima semana p vc! Abraçosss

    ResponderExcluir
  26. Olá, querido amigo!

    Lindo, muito lindo!
    Amei seu poema, tão sensível e tão profundo.
    Quero aproveitar e te pedir autorização para postar alguns de seus poemas em meu blog. Vou fazer uma sessão com marcadores de amigos poetas e escritores. Escolhi quatro e postarei uma vez por mês em rodízio.
    Beijos, querido poeta!
    Linda semana pra ti.

    ResponderExcluir
  27. Bela inspiração da solidão em busca do desapego.
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Se é certo que a solidão pesa e faz penar, no entanto é graças a ela que chegamos às penas das nuvens e nascem poesias assim encantadoras, com uma musicalidade fantastica.
    E essa Natureza que rodeia todo o quadro é simplesmente bela, Toninho!
    Obrigada sempre pelas suas palavras gentis,
    Abraço

    ResponderExcluir
  29. Bom dia meu amigo lindo..belas palavras de criação maestra.

    Passei para desejalhes um bom dia e muita paz no coração

    ResponderExcluir
  30. Olá Toninho!
    Sempre maravolhoso vestir os olhos com a natureza das suas poesias
    E agradecer as suas palavras sempre tão gentis.
    E um bom chazinho gelado - aí, porque aqui tem que ser bem quente!- para acompanhar o bolinho!
    Bji

    ResponderExcluir
  31. Boa Noite Amigo.
    Linda e maravilhosa poesia
    são versos que encanta meu coração.
    Uma noite linda beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  32. Mineirinho
    Os braços da paz são ansiados, mesmo que o voo seja equivocado. Mas o coração precisa entender sua capacidade de doação, para que não sofra as intempéries da solidão.
    Muito lindos seus versos! Bjs.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.