Páginas

terça-feira, 30 de abril de 2013

Lembranças de uma vila operária.



Imagem Google








Ao longe vejo vindo o caminhão,
Sob a poeira vermelha da vila.
Homens e maquina na estação,
Cansaço é tudo em cada mochila.

Retorno dos bravos trabalhadores,
De mais um dia de dura jornada.
A serra que guiou os descobridores
Imponente numa mata fechada.

É lá que eles buscam o sustento,
Da família que reza apavorada,
Ao som de explosões do momento,
Que sangra a serra dinamitada.

Ainda vejo últimos raios solares,
Na boca da noite que se apresenta,
Homens cansados vão para os lares,
Arrastam-se pela rua poeirenta.

Caminhão na curva desaparece,
Faz uma festa com ultima buzina,
O menino sorrindo feliz agradece,
Corre ao abraço do pai na esquina.

Toninho.
30/04/2013

Parabens a todos trabalhadores. 
Bom feriado a todos.
******************************************************
1-Homenagem aos trabalhadores de todo Brasil, que deixam seus lares, para obter o sustento da família, muitas vezes desrespeitados em seus direitos e explorados em sua força. Um parabéns especial a todas as mulheres eternas trabalhadoras numa luta sem fim, sem remuneração e ainda com tratamento desigual e as vezes desumano.
 *****************************************************
2-Minha infância se passou numa vila de operários da Vale. No fim do dia, as crianças esperavam para ver o caminhão (atração naquele tempo) que trazia seus pais e disputavam o primeiro abraço e carregar a sacola com a marmita, que eles carregavam.

19 comentários:

  1. Imagem emocionante esta. Belos versos!!!

    ResponderExcluir
  2. Toninho, começando pela foto que me fez lembrar de meu amado papai, e a seguir tão bela poesia, meu coração ficou apertadinho de saudade.
    Na casa de mamãe, ainda tem guardadas fotos de papai e de seu caminhão...tem como não, olhos lacrimejados aqui.

    Linda dedicatória fizestes.
    Parabéns por tamanha sensibilidade.

    Abraços meu amigo.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite querido !
    Fico feliz de te ver fazendo poemas,com a mesma intensidade das palavras e com a mesma emoção de sempre " De que são feitos os dias?
    - De pequenos desejos,
    vagarosas saudades,
    silenciosas lembranças ..."
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  4. Que lindo,Toninho e emociona a lembrança dos filhos esperando a volta dos pais às casas. Lindo resgate de tua memória! Beleza, omo sempre! Ótimo feriado! abração,chica

    ResponderExcluir
  5. ¸.•°✿✿⊱彡

    Eram tempos em que as crianças, inventavam os próprios brinquedos e tinham amor e respeito aos pais e avós... esse tempo acabou!...
    Ótimo mês de maio!
    Beijinhos.
    Brasil.°✿⊱彡
    ¸.•°✿✿⊱彡

    ResponderExcluir
  6. Bom dia amigo, é com saudades que lembramos estes momentos do nosso passado ,parece que estou vendo aqueles meninos todos esperando o pai querido, vindo do trabalho e ainda mais de caminhão! Menino adora caminhão!Os meus irmãos quando pequeno todos queria se motorista de caminhão, todos foram militares.
    Um abraço Celina.

    ResponderExcluir
  7. A dura vida do trabalhador brasileiro, homenageada em seu poema. Muito bonito.
    Abração

    ResponderExcluir
  8. Toninho,que retorno à infância! Meu pai não era caminhoneiro,mas funcionário público. Todos os dias às 17h30min, eu ficava na expectativa. Quando ele surgia lá na esquina, eu saia correndo para abraçá-lo. Era o meu herói que voltava para casa.Chorei!
    Abração.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Toninho!
    Uma linda homenagem aos trabalhadores verdadeiros que tão pouco retorno recebem.
    Estou estreando outro navegador (Mozilla Firefox), pois com o Chrome eu não estava conseguindo postar comentários há dias. Ainda não sei o que houve, mas não desisti do Google Chrome. Estava tão acostumada com ele. :(
    Agradeço a sua paciência e a sua atenção comigo. Agradeço as suas visitas mesmo sem o meu retorno.
    Amigo é tuuuudo de bom: não importa se é real ou virtual! Até por que amigos virtuais legais nos tornam mais felizes também.
    Muitas beijocas! Boa quinta-feira! <3

    ResponderExcluir
  10. Adoro fotos antigas e essa nostalgia com que vc descreveu a espera dos pais no fim do dia pelas crianças achei emocionante...
    Beijos Toninho...

    ResponderExcluir
  11. Oi, Toninho, faz tempo q não venho aqui, encontrei um comentário seu no meu cantinho lá em Janeiro e amei então vim aqui e encontrei esta linda poesia, muito suave, parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, Amigo. Parabéns pela homenagem feita aos trabalhadores e a digníssima homenagem às mulheres que em sua maioria têm jornada tripla e sofrem com isso, nem são reconhecidas como deveriam pela função que exercem e nem ganham a mais, ao contrário!
    A sua vida foi pautada no trabalho digno, assim como a de seus colegas.
    Que hoje, os trabalhadores sejam mais valorizados do que antes, que os salários e as condições trabalhistas sejam mais justas!
    Um beijo imenso em seu coração!
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,Toninho!!!

    E que belos versos fizeste para homenagear os trabalhadores!! Lindo meu amigo!
    Versos plenos de verdade!
    Beijos e meu carinho!

    ResponderExcluir
  14. Retrato fiel daquele que precisa ter o trabalho na distância da família.
    Sempre um bonito poema apesar de triste.
    bjs.
    Bom final de semana

    ResponderExcluir
  15. vamos poeta,quremos sempre mais!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Caro Toninho

    Emocionei-me com esta linda postagem.
    Também vivi minha infância com meus pais entre os trabalhadores sofridos e que nunca perderam a dignidade.

    Lindos dias para você.
    Volto.

    ResponderExcluir
  17. Meu amigo, versou sobre os dias que bem conheceu. Uma linda homenagem a muitos cuja realidade nem merece atenção. Bjs.

    ResponderExcluir


  18. Lindeza de homenagem, Toninho. Versos e vídeo se completam na justa homenagem.

    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.