Páginas

sábado, 25 de maio de 2013

Embrulho da saudade.

A saudade vem embrulhada,
No papel amargo da ausência.
A solidão vive na turbulência.
Sob a neblina da madrugada,

Ainda que seja apenas fantasia,
Sonhar com os beijos da amada,
Alimenta-se o coração do nada,
É pura tradução de sua agonia,

São as lagrimas cristalizadas,
Quando se desprendem do leito,
Do amor que se fez imperfeito.

Arrebol da manhã ensolarada,
Que vem com o afago perfeito.
Embrulhar a saudade no peito.

Toninho.
20/05/2013.
*******************************************
 

24 comentários:

  1. A saudade é uma volta pra casa que nunca tenha sido lar, por vezes. E ainda assim, faz sacolejar nossa aura numa lembrança adormecida e pendurada nos varais, pra secar ao sol.

    Saudades minhas, amigo.
    Beijo na alma,
    Sam.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite meu caro poeta Toninho.Belo poema.Saudade sentimento que machuca o coração,mas sentimos saudades porque amamos a quem ausente está.Coisas da vida.Mas o amor compensa...sempre há recompensas em amar e ser amada. *Voltei ao Recantos com meus pequenos rabiscos.

    ResponderExcluir
  3. Saudade lindamente cantada em teus versos! abração,tudo de bom e por aqui, matando as SAUDADES muito bem! chica

    ResponderExcluir
  4. " A saudade vem embrulhada[...]
    Sonhar com os beijos da amada
    Alimenta-se o coração do nada
    Arrebol da manhã ensolarada..."

    Fisguei em meio ao teu poema, estes versos luminosos que mesmo cheios de saudade clareiam a esperança de quem ama.

    Bom fim de semana, poeta.
    Abração,
    Calu

    ResponderExcluir
  5. Saudade nem sempre é ruim...
    Um domingo otimo para vc Toninho...
    Beijos...

    ResponderExcluir
  6. Boa noite amigo Toninho
    A saudade costuma deixar marcas sofridas no coração. Dizer que o tempo cura é ilusão. Ele apenas ameniza a dor. Lindos versos amigo.
    Beijos
    Gracita

    ResponderExcluir
  7. Toninho querido que lindo soneto, que no embalo da saudade (que nunca nos abandona) e nos encanta. Um bj querido amigo.

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir
  8. ¸.•°❤❤⊱彡

    A saudade vem embrulhada para presente num pacote cheio de espinhos!...

    Bom fim de semana!
    彡❤❤ Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mineirinho queriiiiido!
    Saudade dói sempre! Seja de que tipo for.
    Mas soubeste transformá-la num embrulho cheio de esperança.
    Beijos e um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  10. Olá amigo bom dia para si e todos os que o rodeiam, para mim a saudade não vem embrulhada ela se embrulha em mim como uma cobra, daquelas bem grandes e fica me sufocando de tal maneira que para sair só mesmo cortada à faca.
    Adorei mais este como cada filho seu que você nos dá para cultivar a nossa mente e encher de alegria a nossa alma.
    Tudo de bom com beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
  11. Um soneto lindo falando da saudade esse sentimento que nos mata e nos fazer reviver momentos que ficam pra sempre eternizados na memória. um domingo de paz poeta. Depois apareça no Poesia do Bem

    ResponderExcluir
  12. No meu caso, a saudade me veio sem nenhum
    embrulho. Nua! Pedindo a mim, compreensão
    e dando explicações que não pedi!

    ResponderExcluir
  13. A saudade sempre deixa marcas. Não tem cura.Belos versos, meu grande poeta!
    Abração.

    ResponderExcluir
  14. DESEJOS DE UM LINDO DIA DE DOMINGO SEM SAUDADES !!
    Agora embrulhando essa saudade que é uma coisa que não tem medida, é um vazio que só se pode preencher com a lembrança.A saudade é um lago transparente a refletir sempre a imagem de quem pensamos...ou de quem estamos a pensar ...
    bjs da espoletinha !

    Ps:Sentir sua falta na festa no níver do FOLHAS DE OUTONO !

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo, saudades é um sentimento que maltrata bastante! Bela poesia! Abraçosss

    ResponderExcluir
  16. Lindo. Ah! saudade, quem não sente?
    Compartilhado.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Que lindo soneto a falar de saudade.
    Tenho tido saudades de muitas pessoas, fases da vida...enfim, acho que saudade faz parte do nosso dia a dia.

    Abraços amigo Toninho.

    ResponderExcluir
  18. Embrulho indigesto ,mas que teima em fazer morada no peito.
    lindo amigo
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Lindos versos meu amigo, saudade é assim mesmo! Semana abençoada pra ti, abraços!

    ResponderExcluir
  20. Meu amigo poeta só os dois primeiros versos dizem tudo:
    A saudades vem embrulhada no papel amargo da ausência, grande verdade só alguém com muita sensibilidade para descrevê-la tão bem, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  21. Maravilhoso seu soneto,Toninho!Saudade embrulhada é muito triste!Legal sua ideia de colocar uma musica pra cada poesia.Combinou!bjs,

    ResponderExcluir

  22. Tão lindo este soneto, Toninho!
    "A saudade vem embrulhada,
    No papel amargo da ausência".
    Saudade é isto mesmo. É ausência. É lembrança agridoce, que ora faz sorrir, ora faz chorar.

    Li e reli. Maravilhoso.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Toninho
    Um autor português disse: « Saudade,gosto amargo de infelizes...».
    Fez bem em embrulhá-la. Faz doer. Magnífica a sua inspiração,seja qual for o tema que trate. Os meus mais sinceros parabéns.
    Bom fim de semana.
    Um abraço da
    Beatriz

    ResponderExcluir
  24. A dor da saudade . Não sente saudade quem não viveu nada que tenha valido a pena. Tentamos embrulhá-la, mas só pela beleza de ter vivenciado algo de belo e depois perdido, porquê não desembrulhá-la?

    Lindos versos, Toninho

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.