Páginas

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Longa espera.



Longa espera.

Debaixo de uma árvore frondosa,
Longa é a espera nesta sinestesia.
As horas que se arrastam morosas,
No gosto amargo da manhã vazia.

Na copa um canário pia e canta,
Um canto melodioso com ternura,
Faz desta espera uma hora santa,
Que alivia minha alma na longura.

Vêm alguns raios solares teimosos,
Desvirginando a manhã invernal,
Criam fachos dourado harmoniosos,
Nesta manhã do encontro especial.

No silencio do canário ouço silente,
O tic-tac de toda minha ansiedade,
Como quem suspira ansiosamente,
No sufoco que vem de uma saudade.

Assim embevecido nesta eufonia,
Os olhos vagueiam na vã procura.
Longe uma silhueta sai da inércia,
Para concretizar minha ventura.

Toninho
06/07/2013



32 comentários:

  1. Uma espera que, mesmo longa, depois vale a pena! Abração,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Toda espera é horrivel, mas a espera da pessoas amada é ainda mais dolorida.... mas se vem tudo passa, tudo é lindo... tudo é encanto assim como tua poesia querido. Um beijo carinhoso.

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir
  3. Olá Toninho
    Embora melancólico, é um belo soneto.
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. oi Toninho espero que tudo esteja bem contigo, a poesia é muito linda as vezes um pouquinho de saudades maltrata mais faz bem aos apaixonados, eu não sei, mais deve fazer bem uma reconciliação desejo um final de semana bem legal cheio de muita paz, só botarei o meu novo post na próxima semana, antes de viajar,um abraço fraterno, Celina.

    ResponderExcluir
  5. Ei Toninho
    Uma silhueta sai da inércia para o deleite do poeta, ou melhor, do amado.
    Uma bela música de fundo.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Oi amigo poeta
    A espera é sempre dolorida e sofrida. Mas o encontro é sempre mágico. No fim da estrada sempre existe uma esperança.
    Um lindo final de semana
    Beijos com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  7. Toninho.
    Que, maravilha de poesia meu amigo !
    Amigo senti saudades venho deixar um carinho desejar um abençoado final de semana.
    Abraços amigo..Evanir.

    ResponderExcluir
  8. Dependendo da espera vale a pena! Lindo poema, beijos :)

    ResponderExcluir
  9. AS horas banhadas na luz matinal, entoam juntas o cantar da espera, trino magistral que chama ao encontro dois corações apaixonados.

    Sintonias extremamente belas nos descreve tua poesia, amigo Toninho.Obrigada!

    Um belo e luminoso fim de semana.
    Abraço,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Toninho,uma poesia cheia de saudade!A espera do amor é sempre sofrida.Bjs e obrigada por sua visita e comentários tão gentis.

    ResponderExcluir

  11. Olá Toninho,

    Uma longa espera fica ainda mais angustiante neste cenário lindamente versado.

    Belíssimo!

    Ótimo final de semana.

    Afetuoso abraço.

    ResponderExcluir
  12. Ah! que angústia esse seu poema passou. Sofrimento da espera mas recompensado com o encontro.
    bjs
    Bom final de semana.

    ResponderExcluir
  13. Oi Toninho. boa tarde! Que doído o seu poema, mas saudade quase sempre é assim, e o cenário nostálgico deu muita leveza aos teus versos, até que a figura dos sonhos chegue para aplacar a dor da saudade...Lindo demais...Parabéns a tua poesia é encantadora!Obrigado por sua visita e pelas palavras carinhosas.
    Beijos com meu carinho e tenha um final de semana estupidamente feliz e abençoado.
    Marilene

    ResponderExcluir
  14. meu querido amigo

    Há esperas que machucam demais...como sei do que fala neste belo poema.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  15. Toda espera pareça tão longa, por menos que seja, mas temos a certeza de que muitas coisas que esperamos com certeza alcançaremos.
    Abraços e bom fim de semana.
    http://honrandoochamado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Toninho!
    Valeu a espera em um lugar tão aprazível! :) Adorei os versos e porque não dizer, da sua ansiedade? Bom fim de semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
  17. Toninho saudosa estava desta tua casa tão acolhedora, amigo que manhã mais linda, e foi coroada com a presença da mulher amada, então a solidão foi-se embora e a manhã tornou-se perfeita, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  18. Querido Toninho
    Muito obrigada pelo comentário que me deixou no Recanto dos Autores.
    Agora,gostei muito de ouvir a nossa saudosa Amália e também gostei da bela imagem que escolheu para enfeitar seus versos de saudade.Este sentimento tem um gosto muito amargo,que,infelizmente,já experimentei vezes demais.
    A descrição do raiar da aurora é linda e muito poética.A espera foi longa mas...valeu a pena. Teve a ajuda de um canário: só quando ele se calou,é que a ansiedade se instalou.Que romântico! Quando amamos muito alguém,acabamos por ser recompensados.
    Bom fim de semana.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderExcluir
  19. Já pude me ver em baixo desta frondosa árvore...
    Um excelente fim de semana!

    Bjussssssssss

    ResponderExcluir
  20. Olá meu amigo querido, adorei o poema que me fez reviver a minha Infância toda...pois toda ela foi passada por entre as árvores e nelas ficaram os melhores momentos da minha vida.
    Tratava-as por tu, conhecias como a mim mesma, por isso a minha grande paixão são árvores tenho a mini-fazenda no orkute e práticamente se fosse real era assim que eu gostaria que fosse.
    Beijinhos de luz, paz e muito amor com as melhores recordações da sua vida.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Toninho. A espera pode ser longa, dorida, mas compensa se ao final alcançar o seu objetivo.
    Entre a solidão e a dor, os raios de sol vem brilhar para amenizar a angústia da espera.
    Beijos na alma e excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  22. Mineirinho, não importa se é longa a espera, se a ansiedade nos consome, quando se vê, ao longe, a aproximação da pessoa querida. Toda a angústia se desfaz. Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Passei para lhe desejar uma semana de paz e muita saúde, DEUS te guarde sempre. Um abraço fraterno . Celina.

    ResponderExcluir
  24. Ei Toninho
    Passando para agradecer seu carinho deixado no bloguinho.
    Grande abraço e boa noite.

    ResponderExcluir
  25. Olá boa noite! Lindo poema,obrigada pela visita,e seu comentário.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  26. Valeu a pena a espera...

    Sempre belo e doce.

    Beijinho e bom domingo.

    ResponderExcluir
  27. Caro Toninho

    Saí hoje da inércia para ler seu lindo poema.

    Fui no recanto das letras para maravilhar-me com seus poemas, mas quando tento comentar, como não sou cadastrada não consigo. Como devo proceder?

    Um lindo domingo para você.

    ResponderExcluir
  28. Boa noite amigo!
    Um belo poema este: um misto de saudade e de espera do ser amado. Mas se no final esse ser vier...é um deslumbramento.
    Assim, também é um deslumbramento ouvir a grande Amália com a sua voz inconfundível. Abraços de Portugal.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  29. Toni,

    Toda espera é uma espécie de teste, e tem ao final sua compensação. A chegada de alguém que tanto queríamos é mágica quando enfim se concretiza. Belíssimo poema meu querido! E este fado... demais! Gr. bj.! Uma linda semana pra ti!

    ResponderExcluir
  30. Uma saudade digna de uma bela paisagem acima descrita,saudade que merece por do sol,hora pra mim mais triste do dia.
    bejo amigo

    ResponderExcluir
  31. Olá meu querido amigo Toninho!
    O tempo voa tão rápido que quem acaba por ser mais rápido a visitar-me é o meu querido amigo.
    E que boa e linda surpresa! Amália , pois!
    Mas linda, é esta pérola de poesia que só pode nascer da pureza das minas de Minas!
    Fantástica Toninho. A sua sensibilidade maravilhosa está aqui!
    Adorei
    Beijinho grande

    ResponderExcluir
  32. Olá, Toninho
    Toda longa espera tem o seu momento de contentamento...
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.