Páginas

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Mindim_Nunca morreu.

















Nunca morreu.

Nunca
Diga
Jamais.

Pois
Tudo
Gira.

Basta
Você
Pensar

Logo
Você
Refaz

Então
Verá
Porque

Nunca
Não tem
Vida.

Tudo
Muda
Sempre

Por que
Não
Você?

Toninho.

Mindim é uma estrutura de texto criada pela poetisa Luna Di Primo.
***************************************************
As vezes usamos muito a palavra nunca e não sabemos o quanto ela é profunda.

20 comentários:

  1. Realmente, Toninha. NUNCA é uma palavra muito forte! Ficou lindo aqui! Gostei ! abração,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Gostei tanto que já compartilhei, meu amigo você soube como ninguém dizer tudo com tão pouco, e tem toda razão com o passar do tempo aprendemos que Nunca não existe, e jamais também não, a vida nos ensina, bjos Luconi

    ResponderExcluir
  3. Toninho,

    Nunca e jamais são palavras com poder negativo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. E foi nessa simplicidade rara,
    nessas poucas palavras que muito me disseram
    desse seu muito encantamento.

    Beijo na alma, querido amigo meu.
    Sam.

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo Toninho
    Você me fez descobrir que nada na vida é mais importante do que uma amizade sincera e verdadeira. Os amores passam e os amigos ficam. Agradeço-lhe o carinho deixado em minha página enquanto estive ausente em viagem ao Rio de Janeiro. Você é uma pessoa única pois já nasceu especial. Adoro a sua amizade.
    Beijos recheados de saudade e muito carinho.
    Gracita

    ResponderExcluir
  6. Olá querido amigo poeta!

    Adorei o seu mindim. É verdade... ao usar palavra "nunca" devemos ter cuidado, até porque "nunca se sabe tudo". rsrs
    Desculpe a minha ausência daqui, voltei com o blog mas adotei a medida de retribuir as visitas apenas. O tempo tá curto para visitar mais blogs. É uma pena pois o seu e mais uns quatro ou cinco eu tenho o imenso prazer de visitar mas acabo não fazendo. Mas saiba que tenho grande carinho por este cantinho e por você amigo.
    Obrigada pela sua carinhosa visita e comentários no mu blog. É sempre uma alegria te ver por lá.
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
  7. Toninho, mais bacana ainda é você transformar uma poesia linda como esta e dar um recado tão bonito, cheio de esperança para quem precisa.
    um grande abraço carioca


    ResponderExcluir
  8. Olá Toninho, boa Tarde meu amigo! Andei um bocadinho ausente, mas de volta cá estou para ler as suas belezas...Beleza esta que está nestas poucas palavras com grande sabedoria...Nunca é uma palavra que nunca deveria existir porque nunca é tarde para nada...Adorei.
    Beijos com carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  9. "No digas nunca jamás", un mensaje lleno de sabiduría!
    Preciosas letras, te dejo un fuerte abrazo, bella semana!

    http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Mineirinho, essa é uma grande verdade, tudo muda nos giros da vida. E não há lugar para o "nunca". Ficou belo seu mindim e ainda mais sua inspiração. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá Toninho,

    Eu acho o mindim um luxo de lindo. É uma bela criação da Luna.
    'Nunca' deveria ser deletado da língua pátria. É um termo negativo e desesperançoso. ADEUS para o NUNCA e o JAMAIS. Tudo pode acontecer nas voltas que a vida dá, não é?

    O mindim ficou espetacular. Muito criativo. Parabéns!

    Obrigada pelo carinho das visitas. Fico sempre feliz ao recebê-lo.

    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  12. Um lindo mindim que nos faz refletir sobre nossas atitudes tb!Bjs,

    ResponderExcluir
  13. Ei Toninho, boa noite
    Nunca é uma palavra que não gosto de pronunciar, porque "nunca" é muito tempo.
    Um abraço e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  14. Olá, amigo Toninho
    Muito diferente a forma de poetar que vc usou... Parabéns!!!
    Reflexivo o post...
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  15. Muito boa reflexão em poucas palavras.
    bjs.

    ResponderExcluir
  16. Tudo muda mesmo e um dia voltamos ao inicio. Parece que a vida anda nesta corrida.
    Parece-me que devemos caminhar e estar atentos ao tempo e as mudanças

    ResponderExcluir
  17. A palavra nunca, morre muito antes de nascer.O que prevalece é o que aprendemos com as voltas que a vida dá.

    Muito belo, Toninho.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Nossa Toninho

    Lindo mindim

    Mindim
    nunca
    morre

    vamos
    regar
    sempre

    para a
    planta
    brotar

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.