Páginas

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Tradução da tristeza










O dia é grande e foge da mão.
Mas sua dor é tão pequenina,
Que se aloja no seu coração,
Como o veneno estricnina.

Difícil viver numa fantasia,
Com o coração angustiado,
Para sonhar em harmonia,
Convive-se com o inesperado.

Com seu canto triste pela vida,
Assemelha-se ao cão sem dono,
Que vaga em busca de guarida,
Infeliz nada sabe de abandono.

Embora seja muito estranho,
Cantar sobre a dor que arde,
Nada mais deixa tristonho,
Saber desta grande verdade.

Se assim a poesia pode induzir,
Que se conviva com a tristeza,
Talvez ela possa vir a traduzir,
Dos amantes as suas fraquezas.

Toninho.
27/10/2013 
******************************************
Uma boa semana e grato sempre.

30 comentários:

  1. A poesia pode traduzir muitas coisas e sentimentos...E na tua sempre tudo é colocado com muita, muiiiiiiiiitoa inspiração! Linda mais essa! abração, tudo de bom, obrigadão pelos carinhos,chica

    ResponderExcluir
  2. Com toda certeza, Toninho... com toda certeza!

    ResponderExcluir
  3. Caro Toninho
    E assim vamos convivendo com o inesperado como um cão sem dono em busca de guarida cantando a dor que arde sem saber.

    É linda a sua inspiração.
    Um bom dia e um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. A dor nos alerta sobre algo danoso, que necessita ser consertado, nos faz refletir, para e mudar o rumo.
    Um pequeno envenenamento, em doses homeopáticas, pode tornar-se neurotônico e cardiotônico...
    Chazinhos de fava vômica, além do veneno estricnina, fornecem os fármacos brucina e colubrina. São males que podem tornar-se bem!

    Um abraço, Toninho.

    ResponderExcluir
  5. Toninho, que poeta maravilhoso você é! Poema intenso de profunda inspiração, receba meus aplausos...beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  6. Oi Toninho, boa tarde, são versos tristes e sofridos, a tua inspiração nos leva a machucar também,são versos lindos!! Oh meu querido amigo descansa mais um pouco estais sem tempo para nada,um abraço fraterno . Celina.

    ResponderExcluir
  7. Toninho, se eu falar em tristeza, lhe garanto que não vai ser nada bonito; mas os poetas falam da tristeza com muita beleza. E só eles sabem o segredo...
    Grande abraço, amigo!
    Gosto demais do seu recanto.

    ResponderExcluir
  8. °º•°♪♬♫º°
    Amigo, essa é a tradução da tristeza mais real que já vi.
    " Um cão sem dono.............. nada sabe de abandono."
    Isso é tristíssimo!!!!

    Boa continuação da semana!
    Beijinhos.

    °º•°♪♬♫º°

    ResponderExcluir
  9. Esta é uma das minhas fortes crenças, amigo poeta, a de que a poesia traduz em beleza até mesmo as tristezas, quanto ao restante, com este ela faz magia brilhante.

    Pungentes conclusões nas linhas versadas que nos falam ao coração.
    Um abraço,
    Calu

    ResponderExcluir
  10. Querido amigo Toninho
    A poesia traduz sentimentos alegres, tristes, apaixonados, repletos de amor. Mas isso depende do nosso emocional. Só uma coisa temos certeza o poeta coloca beleza em cada verso seja ele de melancolia ou grande euforia.
    Meu amigo tem um selinho pra você lá no meu blog da "casinha da Poesia" Acesse aqui ”Casinha da Poesia”
    Beijos da amiga que lhe gosta muito

    ResponderExcluir
  11. Ei Toninho
    Nas palavras de um poeta até a tristeza torna-se bonita.
    Música muito linda.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Toninho,
    Eu me lembro que numa determinada época houve muitos poetas neste nosso Brasil, talvez tenham atravessado tempos mais difíceis, repressão, perseguição, perdas, amores, sentimentos múltiplos de tempos mais românticos, talvez, mas sei que fazia-se muito mais poesias, letras de músicas que eram poesia pura como de Gonzaguinha, Chico, Noel. Será que o sofrimento induz a um pensar mais poético?
    Achei linda sua poesia e ela me fez refletir sobre isso.
    um abraço carioca


    ResponderExcluir
  13. amei o poema
    http://umagarotacitouu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, Toninho

    Passei para dar uma olhada e gostei muito,

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho!
    A poesia traduz tantos sentimentos. Imagine o mundo sem os poetas, a poesia por vezes é o remédio eficaz pra uma alma triste.
    Eu adoro o Osvaldo Montenegro, cresci ouvindo as musica em Osvaldo... Adoro essa música Estrela. Tem também Lume de Estrela foi até o nome de um blog meu. Você viu o vídeo onde Oswaldo resolve reunir seus amigos em seu apartamento no Rio de Janeiro totalmente pintado e decorado por ele mesmo e relembrar seus principais sucessos. INTIMITDADE, foi assim que ele resolveu chamar esse momento tão especial.
    Os vídeo ficaram maravilhoso, O Lume de estrelas que é uma música que eu adoro, ficou com um arranjo maravilhoso.
    Osvaldo meu poeta e cantor favorito.
    Seu poema ficou maravilhoso, é um grande poeta.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Mineirinho, escolheu um lindo vídeo. Sou fã dele.
    Tenho que os mais belos poemas tem por fundo algo triste, ausências, saudades. E ficam ricos com a sensibilidade de quem os escreve. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Olá Toninho,

    Hoje mesmo li dois poemas regados a desalento, tristeza e melancolia e eles são lindos de se ler. Parece que a tristeza cantada em versos chega mais rapidamente à alma do leitor.

    Muito lindo o seu poema e a escolha da música foi perfeita. Adoro as músicas de Oswaldo Montenegro.

    Grande e carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  18. Meu agradecimento pela sua amizade e carinho
    comigo.
    È com alegria que venho desejar um abençoado final de semana,
    também deixar um convite para deixar um carinho as duas aniversariantes
    no meu blog.
    Deus abençoe seu final de semana beijos no coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  19. Querido Toninho
    Que bem define a tristeza!!!Que belo poema!
    É um mestre na arte das metáforas!
    Muitos parabéns.
    Bom fim de semana.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderExcluir
  20. Será que os poetas sofrem mais e reflectem mais sobre a dor? Como diria Fernando Pessoa:

    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente.

    E os que lêem o que escreve,
    Na dor lida sentem bem,
    Não as duas que ele teve,
    Mas só a que eles não têm.

    E assim nas calhas de roda
    Gira, a entreter a razão,
    Esse comboio de corda
    Que se chama coração."

    Beijinho, um doce fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  21. Essa dor ,companheira desnecessária,torna os dias sem ânimo,sem beleza, sem poesia,Inspira,só não compõe os mais lindos e cativantes versos.

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde de sábado!!!!

    Agradeço sua visita tão carinhosa
    e desejo sempre o melhor pra vc
    tenha um final de semana cheio de alegria com esse post divino, que
    sempre enche nossos olhos de muita
    alegria bjussss

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  23. Oi, querido Toninho!

    Tudo bem?

    Quanto tempo, né?

    Seu poema nos mostra as venturas e desventuras do amor, mas se ele não tivesse essas contrariedades, essas caracterísiticas, nem se chamaria amor.

    HOJE, SE SOFRE, AMANHÃ, CANTAMOS SEM MEDO E COM AS ESTRELAS.

    Lindo vídeo, que já conhecia.

    Bom final de semana.

    Beijos afetuosos da Luz.

    PS: os comentários se encontram abertos no meu blog, "Luzes e Luares". Passe lá! Obrigada!

    ResponderExcluir
  24. E com certeza meu amigo a poesia induz a tantos sentimentos e reflexões.
    Que sua semana seja abençoada, beijos

    ResponderExcluir
  25. Muito linda o retrato da tristeza que não tem como deixar de ser parte da vida.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Querido amigo,

    Os altos e baixos da vida transformam, para quem sabe, as experiencias em palavras tocantes.

    bjs

    ResponderExcluir
  27. Apalusos,poeta! Simplesmente encantador e comovente poema! bjs,

    ResponderExcluir
  28. Falta-me luz pra orientar as palavras diante da beleza real e profunda do teu poema Toni... Bjo!

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.