Páginas

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Gritos da águas.



 Gritos das aguas.
 



 






Vêm da praia os gritos dissonantes,
Uma canção pela fresta da janela.
Entoada por estes ventos uivantes.
Na insônia vêm as lembranças dela.

Lá o mar revolto na noite traiçoeira.
Ali um pescador à Iemanjá balbucia,
A calmaria e lançar sua traineira,
Muito antes de o Sol iluminar o dia.

Vejo as aguas quebrando sobre pedras.
Como um lindo véu branco e brilhante,
Um barco solitário ancorado a bailar,
À sua volta pássaros em voos rasantes.

Um coqueiro na dança descompassada,
As folhas desesperadas num vai e vem.
Solitário vem a lembrança como rajada,
A incerteza de saber se ela ainda vem.

Toninho
10/01/2014
Apenas uma inspiração.

17 comentários:

  1. Das águas veio mais essa linda inspiração! Muito bom!!abração praiano,pertinho das águas do mar que também canta...chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia
    Lindo poema de espera. Lendo as imagens e os surgem e formam um belo quadro da vida. bjs

    ResponderExcluir
  3. Ah! Uma poesia falando de água, e não da teoria de que a próxima guerra será por água. Um balsamo em ler algo diferente do que muito me chega em newsletter, e-mail e outros meios.

    ResponderExcluir
  4. Querido Toninho
    Uma espera! «A espera e de gritos»,nao e?! Mas traz indicios de esperança, o que e muito bom!
    Muitos parabens.
    Os seus textos sao sempre muito belos.Este faz lembrar a paisagem tipica da Bahia!
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  5. Oi Toninhobira, uma tarde maravilhosa para vc, o mar e as águas sempre serão um cenário maravilhoso, se estamos tristes vem aumentar nossa tristeza e se alegre aumenta a nossa alegria, as águas e o mar vem contribuir sempre sobre o nosso estado de espirito, vamos ver o mar e nos alegrar sempre, ele será lindo, calmo ou brabo esse mar lindo que faz sonhar. Um abraço fraterno Celina.

    ResponderExcluir
  6. Teus versos são tão reais que ao ler visualizei toda a paisagem como se o Mar estivesse diante de mim...
    Lindo demais, poeta!

    Beijos floridos.

    ResponderExcluir
  7. OI TONINHO!
    E INSPIRAÇÃO, DAQUELAS QUE ENCANTAM.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Toninho
    E que inspiração, meu amigo, você foi agraciado com este dom de escrever bonito.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Ela vem amigo, vem só para os poetas que sabem que o mar é só dela.
    belo poema com aroma de maresia e ansiedade
    beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá, amigo Toninho
    A Mãe dos céus e dos mares vem nos confortar sempre...
    Bjs fraternais

    ResponderExcluir
  11. Olá, Toninho
    Entrei aqui um pouco a medo... mas, para já, o seu blog abriu-me as portas:))). Vamos ver se me deixa publicar este comentário...
    Achei o seu poema muito bonito. Gosto de mar e de tudo que com ele se relaciona.
    Esse vídeo, cantado pela "nossa" Amália, é lindo! Amo Fado, e o poema deste, da autoria do grande poeta português Pedro Homem de Mello, é uma maravilha.
    Eu postei ontem um pequenino post. Espero lá por si.

    Um abraço
    Miguel

    ResponderExcluir
  12. Águas que limpam, que purificam e inspiram lindos poemas como o seu, sonhar acordado é tão bom...
    Bom fim de semana meu querido amigo, beijos

    ResponderExcluir
  13. Meu amigo Toninho.
    Estou aqui para deixar um abraço
    e encontrei tão belo poema .
    O mar da mar é um mundo a parte reservado a poetas como você.
    Um poema de infinitas palavras de carinho amor e ternura.
    Que seu final de semana seja abençoado abraços ,Evanir.

    ResponderExcluir
  14. Que lindooooo....
    Sempre é bom vir aqui e encher a alma de poesia... amei!

    Vim agradecer seu gentil comentário sobre minha entrevista. Marias... muitas Marias por aí, escondidas, mas vivendo a batalha da vida da melhor forma possível! Obrigada, amigo!

    ResponderExcluir
  15. Mar,,tantos motivos nos dá para o cantarmos ou chorarmos!
    Mas hoje, aqui, canta-se com aquela serenidade de quem o vê como companheiro nas horas que preenchem vazios, com um poema com o estilo relaxante, belo de Toninho!
    Parabéns meu querido amigo!
    Beijinho

    ResponderExcluir

  16. Poema maravilhoso, amigo, que traz um cenário ao mesmo tempo encantador e nostálgico. Diante da sintonia do poema com a imagem, deduzo que a bela inspiração partiu da imagem.

    Você é fonte inesgotável de lindas e envolventes inspirações. Parabéns!

    Grande abraço.




    ResponderExcluir
  17. Mineirinho, tenho esse mar agitado como o coração angustiado pela espera. Enquanto lia, senti-me ali, observando e torcendo. Bjs.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.