Páginas

terça-feira, 11 de março de 2014

Insonia


Sempre quando sonho,
Vejo estranhas figuras
Descubro-me medonho.

Padeço, sofro açoite,
Com estas criaturas
Melancolia na noite.

Minha fé arrefece,
Crio as armaduras,
Acalmo na prece.


Toninho.
10/03/2014
****************************************************************************



18 comentários:

  1. Linda inspiração te deu a insônia. A minha, só me deixa derrubada no dia seguinte...abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Amigo poeta, uma oração é realmente um consolo. Eu sofro frequentemente de insónias mas, infelizmente, não as consigo transformar em algo digno de ser lido.
    Um abraço e votos de uma noite bem dormida
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    P.S. Obrigada pela participação no desafio de aniversário lá no blog. Fiquei muito feliz por ter gostado do Bandarra

    ResponderExcluir
  3. Olá, bom dia. Bom tudo, para você.
    Vim lhe cumprimentar nesta quarta feira com o meu sentimento de amizade e de contentamento. Desejar-te: Paz e paz.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Os sonhos à vezes buscam pregar um peça, inquietando, dificultando o repouso. A prece, é de fato, a grande solução.
    Um abraço,
    Élys.

    ResponderExcluir
  5. A prece é sempre o melhor remédio contra o mal...
    Lindo poema!!

    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
  6. A prece meu amigo ajuda em tudo.
    Gostei do seu poema.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  7. Oi Toninho
    Belezura de música é esta.
    A prece tem o poder de nos confortar e acalmar nosso espírito inquieto.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Oi Toninho boa noite, tudo de bom para vc meu amigo, tinha pesadelo quando criança ,hoje tenho na vida real o caso do parto de Nilceia o médico só ia operara-la quando desocupasse um leito na UTI para a menina que ia nascer faltando dias para completar o tempo. A menina veio e não precisou, no segundo dia do parto, quem precisou foi a mãe dela. No segundo dia começou a passar mal, era a
    pré eclampsia, só não morreu por ter um médico muito bom e Deus a protegeu. Está ainda na UTI, hoje fui visita-la o médico deu esperança que ela pode sair para o apartamento amanhá. Vai demorar um pouco a sua alta, o meu neto está com os olhos inchados de tanto que chorou, e o nené voltou, está no berçario.. Te peço ore por ela tambem amigo!. Um abraço fraterno Celina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celina voce esta sempre em minhas orações pelo carinho que me devota e pela amizade que temos. Neste momento de aflição ore e sinta a oração das pessoas que te amam e que querem lhe ver em paz. Voce vai ficar em paz, estamos nesta corrente amiga.
      Fique em paz.

      Excluir
  10. Os medos assombram e a fé nos fortalece. Não conhecia a música.Uma prece?
    Bons sonhos. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Vários motivos podem nos causar insônia, essa tua foi de assustar (rsrsr) Bjus querido, mas prefiro ter insônia por outros motivos... saudade, por exemplo.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Toninho. A insônia faz eu pensar em monstros também, ser aprisionada pelos medos do futuro, ser presa dos problemas.
    Para evitar isso, deito e não penso em nada, fecho os olhos e durmo feito pedra, rs.
    Que esses açoites não te firam mais e que a prece, de fato, seja a solução para teres um sono de paz!
    Ficou lindíssima a tua inspiração.
    Obrigada pelo teu carinho!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  13. Insônia faz pensar bobagens....
    Abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  14. No nosso inconsciente escreve-se o medo que nos entorpece, se agiganta com a nossa fragilidade. E tenta dominar. Mas não quando o coração o afugenta com uma poesia como esta. Linda!
    Fraterno abraço Toninho e parabéns pela nova fotografia

    ResponderExcluir
  15. Oi, Tonin!
    Poesia muito reflexiva. Realmente as sombras da noite nos fazem enxergar o mundo de forma distorcida, nebulosa. Tenho um tio que apenas vai dormir quando a linha do horizonte é grafada pelo leve clarão solar.

    Um abraço bem sonolento.

    ResponderExcluir
  16. Querido Toninho
    A mente presta-nos serviços!Enquanto não dorme, a sua imaginação trabalha sempre e, inspirada, dita-lhe um lindo poema.
    Muitos parabéns.
    Bom fim de semana.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  17. Mineirinho, na solidão da noite insone costumam aparecer nossos fantasmas. Alguns provocam reflexão e outros nos assustam. Mas nenhum deles resiste ao poder da prece. Bjs.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.