Páginas

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Encontro marcado.



Minha participação na BC_ Botando a cabeça para funcionar Nº 25 que a Chica nos desafia com uma imagem para livre inspiração sempre nos dias 5, 15 e 25 de cada mês. Para ver outras inspirações visite aqui: chicabrincadepoesia. Agora a imagem do dia e minha leitura.


Aquilo já era um ritual de alguns anos na vida de Iracema, sentar-se numa cadeira trançada e ficar a olhar o jardim. Ali lhe era servido o chá. Permanecia absorta em pensamentos ao som de canto de pássaros no cair da tarde. Somente se retirava próximo à hora da Ave Maria para junto de um pequeno altar, onde fazia suas orações. Desde que Artur seu companheiro havia partido deste mundo. Desde então perdera seu entusiasmo e brilho. Mas estar no jardim, lhe devolvia um ar sereno, às vezes brotava um leve sorriso no canto da boca, sempre quando carinhosamente acariciava as flores do jarro posto sobre a mesa. Parecia que em transe acariciava a cabeleira branca do Artur.

Numa manhã de Setembro estava na janela do quarto, como sempre fazia ao acordar, olhar o jardim. Pela janela entrava a brisa fresca, vinda do rio que descia solto, bem como amava ouvir a sinfonia da passarada na laranjeira. Sua empregada de longos anos colhia hortaliças para o almoço. Ela percebeu que Iracema, acenava as mãos na direção do pomar. Não viu ninguém na direção. Curiosa ficou a observa-la, que após um aceno recuou da janela. Aproximou-se da janela e a chamou, para saber se ela estava bem. Iracema veio à janela com um sorriso e disse que Artur a estava esperando para passear. Então se deslizou sobre a cama e recostou-se com um olhar perdido até se fechar para sempre na imagem de Artur.

Agora todas as tardes durante a Primavera, a empregada com consentimento das duas filhas coloca a cadeira no jardim junto da mesinha de Chá e sobre esta o mesmo jarro com as flores que ela mais gostava, permanece ali silenciosamente em oração. É sua foram de manter vivas as lembranças de sua amiga. Assim elas têm um encontro marcado todos os fins de tarde, antes que ao longe o sino da capelinha anuncie a hora da Ave Maria.


Toninho
Novembro/2015

*****************************************************************************
Numa semana curta desejo a vocês eu bom fim de semana com paz e alegria.






38 comentários:

  1. Olá Toninho
    E que participação na Blogagem da Chica, você é muito inspirado e talentoso, meu caro amigo.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Lindo conto com inspirações que levam aos voos infinitos. Encontro de eternos amores.

    ResponderExcluir
  3. Lindo conto com inspirações que levam aos voos infinitos. Encontro de eternos amores.

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigo Toninho
    Me senti um pouco esta mulher retratada por vc...
    tenho sempre um encontro marcado daqui da minha janela... com quem ou o que me faz feliz...
    Muito lindo ainda mais que é norteado com a oração das 18h...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  5. Eu bem me vejo nesse lugar de paz, perto das flores a ler um bom livro e a tomar chá ou um suco de cajá hehee. Linda tua participação poeta Toninho. Lá no blog postei o vídeo da Alice lendo completo depois passe lá, bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Toninho
    Que viagem fizeste na leitura desta bela imagem
    O encontro dos eternos apaixonados e a nobreza do sentimento AMIZADE simbolizado no singelo arranjo de flor. Tua participação ficou espetacular meu amigo
    Uma noite abençoada
    Beijos e carinhos no coração

    ResponderExcluir
  7. Aprecio muito estes rituais onde as pessoas são lembradas através de gestos e situações que criaram ao longo da vida e que deixam marcas na saudade de uma pessoa amiga. Mostraste neste conto de grande ternura este aspecto da amizade e consideração de um ser humano por outro que é constantemente recordado por gestos que um dia caracterizou sua estada neste mundo.
    Lindo, Toninho, e sensível como esse teu coração iluminado de ternura.
    Deixo sorrisos e estrelas para iluminar o teu final de semana, prenunciando dias de alegrias e paz.
    Um beijo no teu coração,
    Helena

    ResponderExcluir
  8. oi Toninho
    Depois de uma pausa boa estou retornando aos meus amigos queridos. Dá sempre muita saudade_ mas a gente precisa um tempo para outras atividades não é?
    Suas participações muito me agradam ,gosto do seu jeito peculiar de escrever. E o ritual de D.Iracema é simpático e a caracteriza como alguem contemplativa e romantica.
    Daí, gostar de ti também,
    um abraço

    ResponderExcluir
  9. Este texto traz a esperança do reencontro entre amigos e amores, representado no simbolismo de um jarro de flores... tao bom pensar assim...

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  10. Maravilhosa inspiração.Tristes saudades de Iracema que achou naquele cantinho um modo de se encontrar com Artur, seu amor de toda a vida... Vivia ali de sonho e ilusão! Muito lindo!! obrigadão! Levei teu link, abração,chica

    ResponderExcluir
  11. Bom dia meu querido amigo, hoje aqui em volta da minha casa faz um grande nevoeiro, as saudades de tempos passados nos vão trazendo doces recordações seja daquilo que for, o ser humano já vem programado para ao longo da vida guardar com alegrias e tristezas as doces recordações.
    Amigo venho mais uma vez agradecer a sua adorável presença aqui no meu cantinho, leio com muita atenção as suas recordações...mas imagine que as lembranças do passado sempre nos vão acompanhando com o passar do tempo que vamos deixando lá para trás.
    Quase que parece mentira eu sentir saudades de um tempo em que tanto me fez chorar, mas mesmo assim sinto saudades me lembrei das madrugadas de nevoeiros serrados em que eu tinha de fazer 60km para ir comprar o peixe nas lotas para vender na praça, como foi dura a minha vida durante 20 anos e mesmo assim sinto saudades.
    Amigo vou ficando por aqui porque se não sai mais um testamento, tenha um lindo fim de semana e que ele lhe traga sempre doces lembranças, beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Que inspiração linda Toninho!
    Parabéns!
    Preciso me organizar para voltar a participar dessa BC!
    Amigo, vc foi Top Comentarista no meu Blog!
    Muito Obrigada pelo seu carinho!
    Linda Sexta!
    Um super bjo!
    Top Comentarista Outubro/2015
    Alê - Bordados e Crochê
    Facebook
    Twitter
    Instagram

    ResponderExcluir
  13. Sempre nos encanta com suas palavras, doce Iracema!!
    Abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  14. Toninho, sua participação foi joia... Amor, saudade e gestos de carinho...

    Inspiração bastante criativa...
    Abraço e boa 6ª feira...

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela participação, Toninho!
    Sempre repleta de romantismo, saudosismo e exemplos positivos.
    Foi muito ler o seu texto nesta bela manhã!
    Muita luz aos nossos irmãozinhos em Mariana!

    Lindo finde!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  16. Muito inspirada a sua participação. Gostei imenso.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Que conto encantador e emocionante, Toninho.
    Gostei muito! Aprecio bastante contos.
    Abraço! Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  18. 1 - Tem um ótimo filme com o mesmo nome: "Encontro Marcado", com o mesmo tema, uma reflexão sobre o sentindo da vida, da morte e das saudades.

    2 - Ao olhar a imagem, tive a impressão de ver uma cobra.

    ResponderExcluir
  19. Amigo Toninho,
    Uma partida assim tão suave é uma bênção.
    O meu amigo tem uma sensibilidade única e consegue sempre emocionar-me.
    Obrigada por este momento.
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  20. De chorar, amigo! Chico lhe ajudou! Perfeita música! Quanta sensibilidade em sua alma! Adorei, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  21. De chorar, amigo! Chico lhe ajudou! Perfeita música! Quanta sensibilidade em sua alma! Adorei, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  22. Fiquei emocionada com a beleza da escrita, com a sensibilidade que imprimiu ao texto.

    Que a Iracema continue a ser sempre assim....até ao toque de todas as Ave Marias...

    Bela a música de Chico Buarque!!!

    Abracinho

    ResponderExcluir
  23. Fiquei emocionada com a beleza da escrita, com a sensibilidade que imprimiu ao texto.

    Que a Iracema continue a ser sempre assim....até ao toque de todas as Ave Marias...

    Bela a música de Chico Buarque!!!

    Abracinho

    ResponderExcluir

  24. Uma história muito tocante!...

    Bom fim de semana com tudo de bom!!!
    Beijinhos.
    ✿˚° ·.

    ResponderExcluir
  25. Adorei a estória linda.. conhece seu blog no blog da Alessandra Bordados e já seguir.. bjs e sucesso
    www.karinapadilha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. UNA EXCELENTE PARTICIPACIÓN.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde Toninho.
    Que bela participação, comecei a ler e de repente a me emocionar,fiquei toda arrepiada, achei o texto divino cheio de sentimentos. Uma linda semana meu amigo. Abraços.

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde, Toninho.
    Eu fiquei arrepiada, emocionada do início ao fim ao ler a sua belíssima participação!
    Você conseguiu prender a minha atenção, coisa rara!
    APLAUSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS!
    Tens um poder incrível!
    Se existir vida passada, você foi um poeta ilustre, pois a sua formação é totalmente oposta a sua imensa sensibilidade!
    És maravilhoso em tudo!
    Parabéns.
    Sempre uma HONRA LER VOCÊ!
    Beijos, amigo querido e escritor dos melhores que conheço!

    ResponderExcluir
  29. Que inspiração divina lhe trouxe a foto...sim, a cadeira vazia nos faz imaginar quem poderia ali ter se sentado, e onde estaria agora...e neste belíssimo conto acompanhamos o desfecho de duas vidas que tão ligadas estavam, não suportaram a separação. Os elos forjados no céu não se rompem na terra...e sua partida deve ser encarada com serenidade, sabendo que este encontro estava marcado desde o renascimento neste mundo.
    Um abraço! Uma ótima semana pra vc.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  30. Parabéns amigo, pela bela e emocionante inspiração!
    Um abraço e feliz semana!
    Amara

    ResponderExcluir
  31. Gostei muito, Toninho, de seu conto ( "Encontro marcado"), escrito com técnica e sensibilidade.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  32. Oi Toninho!
    Lindo conto. Lembrei que minha avó tb rezava sempre às 18h a Ave Maria, estivesse onde estivesse essa hora era sagrada p/ela.
    Bjssss amigo e uma semana de sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  33. Oi Toninho tua cabeça funcionou muito bem mais uma vez, vá ver o que a minha fez.
    Esta história me emocionou...Linda.
    Bjks

    ResponderExcluir
  34. Toninho, que conto!!! Amei!!!
    Fiquei emocionada com o final. Vou te dizer um coisa, meus pais sempre rezavam de mãos dadas as 18h. Saudade... Bjs e feliz noite!

    ResponderExcluir
  35. Boa noite Toninho, absolutamente fabuloso este conto.
    Uma historia linda que não se desviou do tema da foto!
    Brilhante a sua participação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acrescento: bjs e continuação de boa semana. Ailime

      Excluir
  36. Lindo e emocionante.
    Brilhante participação..

    Abraço.

    ResponderExcluir
  37. Mineirinho, que belo ficou seu conto! Uma inspiração que muito me agradou. Sua criatividade, aliada à sensibilidade, nos possibilita esses voos através de sua escrita. Excelente leitura e participação. Bjs.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.