Páginas

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Serra de Catas Altas em perigo.



A gente não entende até onde vai a fúria da mineração.
Uma empresa de mineração de nome Maybach vem causando um transtorno na vida dos moradores da pequena localidade de Catas Altas entre Santa Barbara e Mariana. A Maybach esta fazendo sondagens no sentido de explorar minerais nas serra que compõem o complexo histórico turístico de Caraças, mais precisamente na área das nascentes do rio Maquiné. Onde ainda se mantém o famoso convento do Caraça com seus capuchinhos e padres da Arquidiocese de Mariana. Serras não renascem, serras não gritam por socorro, mas a mãe natureza dá resposta terrível em forma de catástrofe à comunidade.

A serra é cartão postal daquela região tendo como ilustração velhos casarões conservados em seu sopé mantendo a histórica imagem. Ameaça terrível às nascentes dos rios e às cachoeiras do lugar. Temo pela exuberante fauna e flora, que meus olhos tanto se encantaram nas visitas.


Governo de Minas, onde anda sua autoridade e cultura? Como não intervir rapidamente, no sentido de frear estes loucos por minérios de ferro e outros minerais. Não basta o que se fez com a Serra do Curral no alto da Belo Horizonte? Vejam autoridades o visual daquela serra pelada agredindo os olhos, onde verde se via hoje uma mancha de cor avermelhada, com poeira espalhando pela cidade, tingindo o céu anil de Belo Horizonte, até não mais poder ver o belo horizonte. Até quando vamos assistir esta desenfreada corrida pelos minerais desta terra, sem nenhum critério?

A população se manifesta atos e protestos enquanto as autoridades apenas se dizem incapazes de veto, alegando que fará uma rígida fiscalização, como se isto realmente ocorresse contra estas grandes empresas de mineração. Não autoridades, o povo não lhes colocou no trono para esta apatia, este cumprimento cego das vontades dos poderosos.

Fico a imaginar o stress, o medo da família do Lobo Guará com as sucessivas explosões de dinamite na extração das jazidas. Com certeza sairão na busca desenfreada por lugar tranquilo e temo que não mais exista este lugar pela região, depois da fúria da Vale. Será que vale autoridades estes repasses em impostos como esmolas, ou mesmo um pagamento por algo errado que praticam? Amanhã quando não se vê serras, lobos, água, cachoeiras será que os royalties poderão recompor esse estrago?

Meu grito ao povo no sentido de acompanhar todo o processo, pois nossas serras não renascerão, nem os lobos preservados serão a sua atração daquele mosteiro incrustado entre serras. Hoje quando olho para as serras que os meus olhos tanto namoraram, que meus olhos nunca alcançaram o topo, sinto uma angustia danada de saber que o homem, não tem mais limites para com a natureza. Que o capital não pensa um mundo melhor no futuro. O progresso que eles pregam para a região é mesmo o fio da navalha, o abismo.

Povo simples, humilde, povo pobre que sonha com vida material melhor, que é enganado em sua simplicidade apenas para atender o capital. Eu penso, eu sofro, será que o capital vence mais esta maquiavélica batalha? Assim meu lobo Guará, o melhor a fazer é juntar todas suas tralhas e fugir, quem sabe para o Pico do Itambé, antes que do seu coro façam tapetes para expor em uma sala de uma empresa que representou seu fim. Oh, Minas Tão Gerais!


Reedição
Inspirado em relatos no jornal "uai on line" (Estado de Minas em 09/08/2010) sobre pedido de licença para exploração de minerais na região.

Toninhobira
10/08/2010.

Volta no tempo.em tempo

"Só quando a última árvore for derrubada, o último peixe for morto e o último rio for poluído é que o homem perceberá que não pode comer dinheiro." (Provérbio Indígena).

****************************

Explico a reedição

Era o ano de 2010, precisamente 18 de Agosto, eu iniciava pela blogosfera, quando soube de um trabalho de pesquisa sondagem do subsolo em busca de minério de ferro e outros materiais, talvez o próprio ouro, na região de Mariana-MG. Como conhecia muito bem a região com sua reserva florestal, do patrimônio histórico e do habitat natural do lobo Guará (em extinção) protegido pela empresa CEMIG. 

O Governo mineiro fechou os olhos para o que todos temiam, ou seja, a exploração desenfreada das serras, como é comum das mineradoras. Nos anos subsequentes nas visitas à minha cidade natal Itabira-MG, ouvia noticias da exploração e expansão da mineração na região por meio de vários parentes alegres pelo trabalho na área da Vale do Rio Doce. Soube dos transtornos nas pequenas cidades e vilarejos da região. Devido circulação de caminhões pesados, causando danos às estruturas das construções antigas. Igrejas, casarões tiveram de ser escorados e recuperados. A boazinha da empresa fazia os serviços e doações em melhorias na região como a justificar sua presença no progresso da região. Mas o pior estava por vir como uma bomba relógio.

Lamentavelmente o pior aconteceu e o meu medo foi bem pior que os danos à natureza e historia. Agora choramos as vitimas a destruição de uma região no maior desastre ecológico conhecido em Minas Gerais. Um mar de lama partindo de Minas em direção ao mar do Espirito Santos e no seu caminho vai causando estragos irreparáveis por muitos anos aos rios, fauna e flora. É de doer, ver o povo expulso pela irresponsabilidade e perdendo tudo em material e historias, pois não tiveram de tempo de recuperar nada, apenas se livrar da morte, os que tiveram sorte.






Tragedia anunciada.

**********************************
Uma boa semana a todos.

30 comentários:

  1. Eu iria citar um provérbio, mas, você já o citou. Então citou outro grande pensador, Gandhi

    Não Terra, há o suficiente para suprir a necessidade de todos, mas, não há o suficiente para a ganancia de alguns.

    ResponderExcluir
  2. Toninho, teu texto de 2010 falava tudo, anunciava, clamava pelo povo e pelo lugar. Hoje, infelizmente, a tragédia já aconteceu! Pena ! E chorar por tragédias anunciadas , vendo a inação de quem de direito, é dose e mais dolorido ainda!

    abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Que tristeza, Toninho! Até onde vão os desmandos desse governo que só visa o capital, capital este que só enche seus bolsos e raramente é usado em benefício do povo! É preciso sim dar um basta! Quantas tragédias mais precisarão acontecer para que atitudes sejam tomadas? Parabéns pelo post e pela reedição. É lamentável a tragédia em Mariana!

    ...

    Bjs, fique com Deus! =)
    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
  4. Só posso dizer o quanto lamento por tudo: pelo descaso, pela usura, pelo materialismo, pelo impacto ambiental, pelas pessoas que perderam tudo, pelas que morreram, pelo impacto cultural e histórico...

    ResponderExcluir
  5. Oi vc ai! Toninho eu estou transtornada com essa historia.Como pode isso acontecer e as autoridades fecharem os olhos p tanta desgraca? Tipico do nosso pais...oh tristeza meu Deus...
    Te desejo uma semana de paz e alegrias.Bju Lu (de cama).

    ResponderExcluir
  6. Toninho,

    É muito triste observar tudo isso, meu amigo!
    Revoltante, eu diria também.
    A GANÂNCIA explora e detona a terra. O governo?
    Tá nem aí!
    O resultado é destruição e tragédia, como ocorreu a pouco.
    Penso...
    O Homem não merece a Terra.
    Mas a Natureza responde...
    E responde feio.
    Belo post! Para ser lido com muita atenção.
    Amo Minas tanto quanto o meu estado.

    Bjksss

    ResponderExcluir
  7. Olá amigo Toninho
    Cada tragédia que nos chega a gente morre um pouquinho...
    Chegou ao ES e na cidade da residência da filha, aliás, está chegando aos poucos.. por ora, só água barrenta... 3 dias sem água e fora o que pode acontecer num futuro próximo de doenças e outros...
    Tenho vivido uma certa angústia que nem me deixa ter vontade de blogar tanto... tantas tristezas e só podem ter escondido o número de mortos... não é possível que tenham sido só 3 em Mariana...
    Muito triste com toda situação de MG e de outros lugares que sofrem com tragédias...
    Bjm fraternal

    ResponderExcluir
  8. Muito triste isso, querido amigo!
    Por aqui tem se falado muito sobre essa tragédia, nas TVs. Uma tragédia anunciada! Um absurdo!
    So darão valor a vida quando não houver mais vida! Eh isso? Bjs e ótima noite!

    ResponderExcluir
  9. Boa noite caro amigo quando se mete os interesses pessoais ou de certas e determinadas empresas que simplesmente abusam do seu poder económico é nisto que tudo acaba ,quando não se ouvir um povo que reclama ,a natureza que clama ,jamais teremos um mundo justo ,pois infelizmente são as pessoas que sofrem sempre ,mas para estes senhores que pensam que são donos deste mundo ,não passamos de números ou estatísticas neste mundo governado pela ganância e sede de poder ,só lamento que continuem impunes gente como esta ,um grande abraço caro amigo que muito prezo.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, Toninho, por esse grito de alerta.
    Infelizmente, a maioria das pessoas não sabe o que é a consciência, mas, sabe muitíssimo bem o que é a ganância.
    Beijo, querido amigo!!!

    ResponderExcluir
  11. Uma lástima e muito triste tudo que está acontecendo , a falta de consciência ambiental, vi no globo repórter tbm esses dias a ganância por minério deixando a paisagem de MInas pedindo socorro. um texto de alerta e socorro, um grito por mais cultura, mais cidadania, mais preservação, mais humanidade. Muito bom poeta

    ResponderExcluir
  12. Puxa meu amigo, que triste tudo isso, o que dizer...só mesmo lamentar esse infortúnio todo, pois não é algo natural e sim provocado pela ganância de pessoas irresponsáveis.
    Fica aqui minha solidariedade com esse povo, com a fauna e a flora, pois amo tanto a natureza e me dói ver certas coisas nesse mundo.
    Meu abraço carinhoso, uma boa noite, beijos

    ResponderExcluir
  13. Um grito que abraço, emocionada.
    Tenho acompanhado com muito pesar e desalento o resultado deste desastre anunciado.
    Como é grande o seu amor pela nossa Minas Gerais!

    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  14. Que tristeza de situação.
    É lamentável a falta de consciência dos governantes!
    Só temos a rezar e ter fé que tudo vai melhorar!
    Um grande abraço amigo!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Boa noite Toninho, quanta devassa, quanta falta de critério, quanta falta de respeito e sensibilidade pela Mãe natureza e pelos seres que nela habitam!
    Posso imaginar a sua tristeza pois vi na Tv e até me doeu a alma pela tragédia!
    Não podemos calar as nossas vozes e faz muito bem em denunciar para alertar!
    Infelizmente a ganância é soberana e vale tudo, mas não podemos deixar que pelo menos nos calem a voz! Até doer.
    Beijinhos, amigo, desejando-lhe uma noite tranquila.
    Ailime

    ResponderExcluir
  16. Amigo Toninho:
    É muito triste ver como a ganância e o dinheiro destroem a Terra perante os nossos olhos.
    Essa gente malvada não pensa que também a habita e que a herança que vão deixar aos seus filhos é a fome e a destruição.
    Infelizmente para quem morreu devido a estes criminosos já é tarde.

    Abraço solidário

    ResponderExcluir
  17. Oi Toninho
    Aqui em Minas estamos desolados e abismados com a tragédia em Mariana, que coisa dolorosa, é de encher os olhos d'água quando assistimos pela TV as entrevistas das pessoas que se salvaram, mas não têm mais nada, nem documentos restaram.
    Horrível demais, sem palavras pra expressar tamanha tragédia.
    Você deu um show com seu texto de 2010, anunciou, clamou, e agora temos a comprovação do seu clamor.
    Muito triste....
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  18. É o mesmo por todo o lado.
    Aqui onde nasci e vivo (sul de Portugal), vão explorar petróleo mesmo em frente das minhas ricas praias!
    Fala a ganÃncio do lucro!
    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  19. É muito triste. A ganância não tem limites...
    Gostei de o ler.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. O pior, amigo mineiro, é que esse fechar de olhos muitas vezes corresponde a dinheiro corrupto, pago ao político corrupto, que não consegue viver com o seu salário e precisa arranjar uns extras para manter o nível de vida.
    Que a blogosfera seja um lugar para denunciar, fazer pressão, divulgar. Parabéns!
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  21. Infelizmente vivemos em um país sem responsabilidades....
    Bjbj Lisette.

    ResponderExcluir
  22. Toninho, é extremamente revoltante a falta de amor, sensibilidade e responsabilidade, a ganância está destruindo o nosso país.
    Um abraço
    Amara

    ResponderExcluir
  23. Toninho,
    artigo muito oportuno.A ganância e o capital se sobrepondo à natureza e à vida. Interessante que você fez uma previsão.
    Toninho, há na Bíblia um versículo que profetiza dizendo que Deus destruirá os que destroem a terra. Isso é associado aos juízos de Deus no final dos tempos.
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  24. QUÉ TRISTEZA QUE ESTO ESTE PASANDO EN BRASIL.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  25. Que triste meu amigo! Estou com o coração em chamas por esse povo querido e essa terra tão maravilhosa!!!
    Seu texto é muito lindo e comovente!
    Infelizmente nosso povo é muito pacato. Teríamos que gritar mais, que nos indignar de verdade... A imprensa se omite...são uns vendidos a serviço do governo...Estou realmente muito triste!!!!

    ResponderExcluir
  26. Que triste meu amigo! Estou com o coração em chamas por esse povo querido e essa terra tão maravilhosa!!!
    Seu texto é muito lindo e comovente!
    Infelizmente nosso povo é muito pacato. Teríamos que gritar mais, que nos indignar de verdade... A imprensa se omite...são uns vendidos a serviço do governo...Estou realmente muito triste!!!!

    ResponderExcluir
  27. Nossa, Toninho, fiquei sensibilizada e indignada com o que li. Meu Deus, onde vamos parar? Estamos caminhando para o caos total. A soberba e a sede de poder e ter vão destruir a humanidade. Que pena!

    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  28. É...uma tragedia anunciada... e quem paga por isso é o povo simples...

    Beijos, Toninho...

    ResponderExcluir
  29. Meu amigo, as tragédias são sempre anunciadas, mas os gritos do povo são ignorados. Em nome de recursos que não satisfazem as necessidades dos moradores dessas localidades, aceita-se procedimentos destrutivos. As mineradoras têm um poder de negociação que não chega até nós. E vamos perdendo outras riquezas, as que realmente representam sobrevivência. Uma extraordinária postagem. Parabéns! Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Foi um horror, um descaso, uma irresponsabilidade sem tamanho! E agora é um empurra-empurra. Não temos mais o que pensar disso, amigo Toninho! Está tudo tão claro: sempre que o dinheiro fala mais alto do que a dignidade e a verdade, o ser humano rasteja como verme.
    Beijos.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.