Páginas

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Perdidos na noite













 Perdidos na noite.
Um olhar pela janela

É noite.
Um solitário com a caneca na mão.
Imagina-se que seja bom café preto.
Um cigarro na mão, na outra solidão.
Lembranças que chegam como açoite.

Olhar para longe espera de alguém
Cresce a noite naquele olhar soturno.
Um pássaro noturno pia no vaivém
Única companhia deste homem taciturno.

Entre dedos fumaça de imagens disformes,
Que recriam monstros de sua fantasia.
Quem olha imagina a melancolia enorme.
Longe um réquiem fundo de agonia.

Agora luzes se apagam lentamente
Somente um vagalume desorientado.
Fecho a janela com olhar clemente
A quem sofre ao lembrar o passado.
*********************************************************
No ato de observar, na maioria das vezes acabamos sendo obsevados e analisados com os mesmos olhos.

Toninho.
17/04/2012.

Bom fim de semana de paz e alegrias.



domingo, 15 de abril de 2012

Sem voce.













Na rede sem você.

Você tão calada entoa um pranto,
na cor cinza que impera o desprezo
Assim, me faço verde num canto,
para este amor tão pleno de desejos.

Sem a presença neste triste cantinho,
todas estas tardes são de melancolia,
dolorosa saudade como um espinho.
E beijo-te na inércia da rede vazia.

Nada me conforta neste silencio agora
nos ouvidos os sussurros ainda sinto,
Quando embalavam noites de outrora,
Pois que destas lembranças não minto.

Como não expressar toda a saudade
Que invade cada minuto de desvario,
a recriar lembranças nesta fria tarde,
onde meus desejos calam e silencio.


Toninho.
30/03/2012.


O Futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos."
(Elleanor Roosevelt)

 Uma bela semana a todos os amigos onde a paz seja possivel e a alegria uma constante.