Páginas

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Noites de magias


















Noites de magias.


Em meus sonhos vem sempre sua imagem,
Que me afaga com palavras adocicadas,
Saciam meus desejos alucinados doces beijos,
D0 beija-flor matinal a bailar no jardim.
É magia cheia de poesia nestas noites vazias.

Há uma impregnação da estranha felicidade,
Que molhada se derrete nestas horas lentas,
Onde me deixo levar na viagem encantada,
Pelas mãos sonhadas da senhora inspiração.

O coração sente nas badaladas aceleradas,
No toque suave que vem numa brisa fria,
No corpo acariciado por mãos carinhosas,
Da suavidade donde vem toda a felicidade.

Cada instante se reveste num retoque artesão,
Como do barro que gira na arte da criação,
Para o cântaro onde mergulham as lagrimas
Que se desgrudam dos olhos plenos da emoção.

Como é gratificante viver este toque atrevido,
Na sensual nudez de suas mãos perfumadas,
Outrora ungidas no mais puro óleo de cânfora.
Que me refaz das dores sofridas da saudade.

Toninho.
25/04/2013.  

*****************************************************
Por voces, vamos que vamos agora com normalidade.
Um lindo fim de semana a todos voces.