Páginas

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Pescadores de esperança.

Participação da BC_Uma imagem em 140 caracteres_ Nº 72 projeto da Silvana meusdevaneiosescritos da Mari devaneiosedesvarios toda Sexta-feira. Confira e participe.

Um caniço um samburá,
menino alegre a pescar.
Sentam no toco de Jatobá
um peixe logo vem fisgar.
A mãe se põe a chorar,
Ao ver o alimento no ar.

 Toninho.

Notas:

1-Samburá é um termo popular que denomina um tipo de cesto feito de cipó ou taquara; geralmente é usado para pescarias, a fim de se colocar o produto da pesca.
2-Jatobá é um nome popular de uma árvore também conhecida pelos nomes jataí, jutaí e pão-de-ló-de-mico.
***************************************************
Um bom fim de semana a todos voces.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Lagoa dos meninos.


Participação na BCBotando a cabeça para funcionar Nº 22 sempre nos dia 5, 15 e 25 de cada mês. Conheça e participe aqui: chicabrincadepoesia


Lagoa dos meninos.

Esta arvore junto da lagoa com galhos que se debruçam sobre as águas era equipamento de brinquedo dos meninos. Deles saltavam para mergulhos mirabolantes. Lugar agradável de águas limpas com peixes. Havia muitos passarinhos que saciavam a sede. Neste galho hoje degradado tinha uma gangorra, que os meninos balançavam antes de cair nas águas. Em sua volta era frequente os piqueniques dominicais de famílias e casais de namorados.

Vejo este galho apodrecido, a lagoa infestada por algas. O galho onde havia a gangorra ostenta uma flor parasita, por certo trazida pelos pássaros que ali adormecem quando a noite vem. Esta flor está sempre em reprodução, pois sempre alguém retira para enfeitar janelas.

Agora o reflexo esquelético desnudo da arvore na água, faz lembrar sua copa majestosa de outrora e penso, que somos como as arvores. Com o tempo encurvamos como quem carrega os pesos da vida. Talvez a arvore se veja no espelho d’água com ar de tristeza. Seus galhos vão de encontro às águas, parecem suplicar vida a arvore.

Neste instante um beija-flor plaina junto da estranha flor, faz um voo rasante sobre as águas e volta para junto da flor, depois outros pássaros em perfeita harmonia vão se alinhando sobre os galhos. Hora da sinfonia de retorno dos pássaros aos ninhos. Talvez seja uma felicidade para a arvore hospedar este passarinhos quando a noite vem.

Toninho
Outubro/2015
****************************************************************************
Uma boa semana a todos.