Páginas

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Chuva de moedas.

Uma inspiração para a BC_Botando a cabeça para funcionar aqui chicabrincadepoesia coisas da Chica que convido a conhecer e participar, bom movimentar os neurônios, vamos lá nesta figura.


Está vendo aquela foto na parede filho?

É uma velha goiabeira do quintal onde nasci. Eu a escalava quando criança. Aquela cova profunda que se vê, eu sempre colocava minhas moedas oriundas de pequenos serviços, que menino lá no interior podia fazer. Minha mãe sempre brigava para não subir nela com medo de queda, pois era escorregadia, mas ela sabia do meu esconderijo. Nela consegui guardar tantas moedas, que deram para comprar um par de chuteiras, para começar no time mirim do bairro em 1963, ali começou minha carreira de jogador até profissionalizar.

Mas o que quero contar é um caso cômico sobre esta arvore. Certa vez com medo das moedas caírem com algum balanço da arvore, eu coloquei um pedaço de pedra sobre as moedas, que continuava a guardar na cova, pois os serviços eram muitos.

Ocorreu que um dia, meu irmão amarrou um dos cavalos à goiabeira ao voltar do pasto, pois esta era uma atividade dele por ser mais velho, cuidar dos cavalos. Quando ele estava a preparar o cavalo para colocar arreio e sair para minha mãe, o cavalo ficou irrequieto e começou a forçar o cabresto que o amarrava, neste instante a pedra caiu sobre o lombo do cavalo, que empinou e arrebentou o cabresto balançando muito a goiabeira. Ai meu filho foi moeda caindo para todo lado. Meu irmão abestado ficou gritando de olhos arregalados, que a goiabeira estava carregada de moedas.

Minha mãe que a tudo assistia, sorria dos gritos do meu irmão, ao tempo que me chamou, para correr e catar as moedas, pois o esconderijo havia sido descoberto. Depois deste dia não pude mais esconder moedas ali. Minha mãe contava esta historia para os parentes, que morriam de rir do meu irmão, que também passou a contar a historia falando de minha traquinagem de esconder moedas dos irmãos.

Esta goiabeira com o tempo teve de ser cortada, para construção de uma nova cozinha fora da casa. Mas antes eu pedi este meu irmão, para fotografar a parte do tronco com destaque da cova das moedas. Por isso esta foto na parede do corredor, que me faz rir sempre que passo por ela.

Toninho.
15/05/2017

Em tempo desejo que todas as famílias tenham paz e harmonia e que todos os membros estejam compromissados de preserva-la e salva-la como a base de tudo que somos. Feliz dia da Família. 

25 comentários:

  1. Toninho,
    De um tronco de árvore à uma história de infância. Traquinagens puras das crianças da época. Quanta inocência, não é mesmo? Pena, que hoje em dia seja tão diferente. Parabéns pelo texto criativo. Ótima noite e feliz Dia da Família!

    ResponderExcluir
  2. E a música combinou perfeitamente com o texto! Adorei!

    ResponderExcluir
  3. Um belíssimo conto onde um tronco de goiabeira também me fez regressar à infância!!! Bj

    ResponderExcluir
  4. Toninho, que sapeca e inteligente tu foste desde pequeno! Que legal esse esconderijo! Mas nada dura pra sempre! Pena foi descoberto, mas valeu o assunto e tema pra boas recordações e muitas risadas que sempre nos fazem muito bem e cada vez mais precisamos! ADOREI! Obrigadão! levei o link! abração, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  5. Toninho então era um menino super sapeca. Faz bem as traquinagens, pra aprender, se conhecer, respeitar. Bom dia

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, Toninho
    Que belo e criativo conto rendeu este tronco de árvore, Toninho.
    Beleza de participação.
    Deixo um abraço apertado para tí
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  7. Um interessante conto que mostra a criatividade deste menino que movimento muito bem seus neurônios. bjs

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que linda história! Um belo momento, único, inesquecível, que guardas de tua infância, e lindamente descrito por você. As boas lembranças jamais se apagam, né amigo? Maravilhosa partilha, adorei!
    Estou aguardando a tua nova visita ao meu blog, atualizei minha postagem e a tua participação será valiosa para mim.
    Abraço. Uma boa noite! Muita paz e serenidade !

    ResponderExcluir
  9. Uma história muito inteligente a sua "Chuvas de moedas", que desde o início despertou-me grande curiosidade, esperando o seu final, o que veio a ocorrer, com o final próprio dos bons escritores, além de sua mensagem. Parabéns, Toninho.
    Um grande abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Toninho,
    Uma história muito bem contada, que poderá ter sido real.
    Posso imaginar quando as moedas começaram a cair da árvore,))!!rsssss.
    Apreciei muito.
    Um beijinho e uma semana de paz.
    Ailime
    (Tem novos cliques no Ecos).

    ResponderExcluir
  11. Adorei ler, acho que nossas lembranças de infância nos dão sustento e nos equilibram emocionalmente, que lindo texto, que alegria poder ter escrito isso né mesmo meu amigo Toninho?
    Linda "chuva de moedas", bem escrita com a capacidade de nos prender do começo ao fim com curiosidade!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  12. Adorei sua participação.
    Hoje em dia as crianças nem brincam na natureza, ficam fissuradas nos eletrônicos.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  13. Adorei, sempre ativando sua memória com a simplicidade e lembranças de criança, também tenho histórias da goiabeira.
    gostei muito, abraços!

    ResponderExcluir
  14. EXCELENTE TU PARTICIPACIÓN CON ESTE LINDO Y SENSIBLE TEXTO.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  15. Lindo,querido amigo Toninho!

    Obrigada pela visita,amigo! Meu blog estava com problemas,mas já resolvi tudo hoje! Volte sempre! Não visito muito porque estou só com o celular e enxergo pouco nele. Beijos sabor carinho e linda noite!

    Donetzka

    ResponderExcluir
  16. Um encanto de história... Seu irmão deve ter ficado bem apreensivo: como esta goiabeira pode ter moedas e jogá-las assim, para todos o lados?...
    Gostei muito!...
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  17. Olá, Toninho!

    Tudo bem?

    Comunico que a Leninha, foi hoje, de manhã, submetida a uma cirurgia delicada e não programada. Peço que vire seu olhar e fé para ela.

    Mto obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Oi amigo Toninho!
    Aqui no Sul se come muita mandioca que chamam de aipim, e faço muita vaca atolada, sim.
    Desde São Paulo já comia essa delícia!

    Aqui no mato planto aipim para o consumo.

    Nessas férias estamos indo para Itacaré, conheces?

    um grande abraço!

    ResponderExcluir
  19. rssssss, ótima história, Toninho, só um menino muito travesso para fazer uma dessas!!! Fui lendo e rindo, imaginando o cavalo se debatendo e as moedas caindo! No início pensei que alguém fosse dizer que a árvore era milagrosa... Aí seria demais!rsss Beijo, meu amigo, adorei!Você é muito bom em crônica.

    ResponderExcluir
  20. Uma história bem interessante, ai como sabe bem recordar momentos assim do nosso passado.
    Bom fim de semana
    Um grande abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  21. Que legal essa história, Tôninho, que você buscou lá da sua infância plena de aventuras e significado.

    Obrigada pelo primor do seu texto.

    Adorei!

    ResponderExcluir
  22. Querido amigo Toninho!
    Hoje, vim aqui especialmente para agradecer tua visita e excelente comentário. Amei!
    Obrigada de coração!
    Tenha um final de semana lindo e florido!
    Um abraço, com carinho.

    ResponderExcluir
  23. Uma bela leitura da imagem, que sugeriu, uma ternurenta história familiar...
    Adorei o texto! Abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  24. Bom dia Toninho
    Como é bom rir com suas participações. Já era inteligente deste pequeno rsrs. É a mensagem muito linda. Família tem seus altos e baixos mas são os nossos alicerces. Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Um conto divertidíssimo, um som agradável e uma mensagem deveras nobre e tocante.
    Excelente criatividade numa narrativa muito bem descrita...
    Grata por tão bons momentos de leitura que me fizeram sorrir continuamente. Encantador esse menino que traz em si...
    Conseguiu aliar dois temas: o desafio e a homenagem à família. Muito bom!
    É um privilégio acompanhar o seu blogue, querido Amigo.
    Abraço e beijo de sincera Amizade e Admiração.
    ~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.