segunda-feira, 15 de julho de 2024

Emoção no trigal.

 


Botando a cabeça parafuncionar projeto de nossa querida Chica de todos os dias 5, 15 e 25 para uma imagem fornecida e inspiração livre em comentários e ou postagem. Ficou curioso então vamos lá ver os participantes aqui chicabrincadepoesia.blogspot Abaixo a imagem da vez e minha participação.

O olhar se perde no campo do trigal,

sob os raios de sol desponta dourado.

Uma alegria de ver a produção final,

neste campo com suor e luta coroado.

 

A vista alcança entre o joio e o trigo,

pequena perseverante flor vermelha,

sob palhas nova semente no abrigo,

exótica bela flor baila como abelha.

 

O som de foices desperta a finitude,

colhedoras com canto harmonioso,

festejam trigal onde há a solicitude,

do trigo o perfume do pão saboroso.

 

Mas ali bela flor sobrevive intacta,

pela mão uma foice inerte afiada,

diante a beleza a mão estupefata,

tremula toca na flor emocionada.

 

Toninhobira

15/07/2024

Grato pela visita.



quinta-feira, 27 de junho de 2024

Discreto cortejar.

 


Em homenagem ao dia dos namorados nossa amiga Rosélia convida a um dueto amoroso com seus poemas .Veja, participe no blog amorazul01 Abaixo o poema 8 da Rosélia e o meu. Abaixo a imagem e os poemas


Rosélia

"Ele se aproxima, tão timidamente
ela permanece bem indiferente...
não ao som dos pássaros ao redor,
nem ao ruido do córrego em cascata,
Tampouco à natureza viva no cenário.


Compraz-se com painel verdejante,
admira tudo, silenciosamente...
é una com paisagem edificante,
tem em seu coração tudo de cor,
vê rolar toda cena em passeata,
tem boa sintonia e muito brio.


Ele a percebe recolhida, sentida,
ao ver desfilar o local admirado,
sem coragem de quebrar o silêncio.
Ela, absorta, agradece o momento,
sente toda gratidão ao contemplado.


Ambos se vão embora? Irão juntos?
Separados? Quiçá determinados!...
Antes só do que mal acompanhados,
têm certeza da solidão assumida,
seguros da decisão, firmes na lida."


****************************************

Toninhobira

Discreto cortejar.


Havia naquele olhar mistério,

algo que tanto me encantava,

tirava do eixo, corroía o sério,

que a emoção me paralisava.

 

Do rio vinha uma bela canção.

O frescor das aguas socorria,

um torpor no tocar a sua mão,

sob o teu olhar, já me derretia.

 

Às vezes eu passo pela estrada,

uma vã esperança me assedia,

o rio ainda corre com a toada,

mas dela somente a sinestesia.

 

Fecho os olhos pela passagem,

como a fuga daquele cortejar,

mas ainda é viva tua imagem,

com este desejo a me torturar.


Toninhobira

26/06/2024

Grato pela leitura.


terça-feira, 25 de junho de 2024

Poema numa prece.

 


Botando a cabeça para funcionar projeto da Chica de todos os dias 5, 15 e 25 para uma imagem escolhida e inspiração livre. Conheça e participe aqui chicabrincadepoesia. Abaixo a imagem e minha participação.

Aquele casebre ao sopé da serra

traduz a simplicidade e pobreza.

Numa janela que a vida encerra,

é o seu mundo olhar a natureza.

 

As paredes desbotadas no tempo,

cercam os sonhos daquela gente,

olhar na janela era o passatempo

numa vida simples, mas decente.

 

Lá dentro na monotonia da vida,

aliviava sentir perfume de rosas,

como a herança da mãe falecida,

vermelhas encarnadas mimosas.

 

No Outono cobre-se de cerração,

as noites o fogão a lenha aquece,

o aconchego acende a inspiração,

escreve o poema como uma prece.

 

Toninhobira

25/06/2024

Grato pela visita


terça-feira, 18 de junho de 2024

Um palavra, um conto

 

Uma palavra, um conto é um projeto da Norma que se tornou uma BC para uma palavra escolhida e um conto curto em seu blog. pensando em família. Confira e participe, incentive lendo os amigos. Hoje a palavra é Surpresa.

Viagem dos sonhos.

Laura estudiosa de História Geral descrevia países da Europa, como se lá estivera. Lúcio seu irmão mais velho gostava de ouvi-la falando dos países. Ele um engenheiro na área da construção civil viajava pelo Brasil. Acumulava milhas de viagem aéreas.

Num fim de semana visitou a casa dos pais, aproveitava uma folga entre uma viagem e outra. Após o almoço conversava com Laura na varanda, quando saboreavam um doce de laranja com casca, que a mãe sempre fazia.

Laura falava sobre a Europa, a emoção nos olhos encantava Lúcio sempre interessado com perguntas sobre costumes e histórias das cidades. Ela falava a história de Portugal e suas regiões. Falou da Grécia com riquezas de detalhes.

Próximo de sua partida Lucio pegou o celular, verificou as milhas acumuladas, viu permitiam uma viagem à Europa. Silenciosamente fez a transferência de todas as suas milhas para Laura. Despediu da família, pegou seu carro e acelerou pensando na alegria da Laura em ver um sonho realizado.

Laura ficou na varanda observando o pôr do Sol. Lembrou do celular para tirar fotos daquele instante da natureza. Ao pegar o celular, viu notificação de chegada de e-mail do Lucio. Abriu a mensagem com coração disparado.

Entrou em casa gritando para os pais, que seu sonho de conhecer a Europa, estava ali nas suas mãos. Lagrimas desciam pelo rosto. Olhando para o sol poente, pediu a Deus saúde e proteção ao irmão. Respondeu o e-mail emocionada. Naquela tarde Laura sentiu-se a pessoa mais feliz da vida. 

 

Toninhobira

18/06/2024

Grato pela visita.


sábado, 15 de junho de 2024

Taça de amor.

 



Em homenagem ao dia dos namorados nossa amiga Rosélia convida a um dueto amoroso com seus poemas .Veja, participe no blog amorazul01.blogspot.com Abaixo o poema da Rosélia e o meu.


           Rosélia Poema 5

"Na taça do Amor,

Comporto dose de ternura,

Encho com muita candura,

Completo com glamour.

 

Na taça do Amor,

Cumplicidade é cristal,

Afinidade de transparência,

A identificação é fenomenal.

 

Na taça do Amor,

Urge toda boa magia,

Recipiente alvo, lustroso,

Repleto de mimo amoroso.

 

Na taça do Amor,

Bordo em fios dourados,

Todos meus carinhos,

Arremato em afagos rubros."


**************************************


           Toninhobira

Taça de amor.

 

Eu tenho uma bela taça de cristal

Onde conservo a essência do amor,

Dela eu sorvo o néctar fenomenal,

Do doce beijo daquele encantador.

 

Minha taça transborda o carinho,

Que da borda fina a boca acaricia

da amada, que vem tão mansinho,

ao ninho de amor pura pudicícia.


Que magia pode caber numa taça,

Que faz esta chama incandescente,

Abrasar os corpos fusão de massa.

Numa loucura amorosa seducente.


Sorvemos desta taça toda loucura,

Ouvindo Besame Mucho atraídos,

Os lábios envenenados da mistura,

Agora pelo chão corpos incontidos.   

 

Toninhobira

15/06/2024

Grato pela leitura

 



terça-feira, 11 de junho de 2024

Dueto amoroso

 

Participação na proposta de Rosélia sobre duetos no mês de junho pelos enamorados, alusão à data 12 de junho que se comemora o dia dos namorados no Brasil.


Poema de Rosélia aqui amorazul01.blogspot.com


Ele veio ao seu encontro bem animado,

Era fiel à sua amada, tudo combinado.

Em dias de sol, de chuva, no amor de laço,

Com flores e beijos, lograva todo percalço.

 

Ela se punha extasiante e coloridamente

Destemida ao seu tão esperado encalço.

Os abraços eram tão apertados, calorosos,

Deixavam-nos em Estado de Poesia, magia.

 

Tinha alegria nos olhos, sorriso nos lábios,

Vestes eram de textura sedosa no lingerie.

A ternura inebriante, no envolvente recrie,

Afeto forte no coração dos nubentes ternos.


Minha interação:


Aconchego do abraço.


Sonho acordado pelo aconchego,

Que vem do abraço de meu amor,

Vivo na plataforma o dessossego,

na espera do trem apito estridor.

 

Aqui vejo encontros, despedidas,

Os abraços carinhosos e chorosos,

Vejo risos, lagrimas nas partidas

Abraços aconchegantes deliciosos.

 

Vai tão lento o relógio da estação,

Angustiante espera pela chegada,

No meu peito acelerado coração,

Sente o bom perfume da amada.

 

Avista-se ao longe uma fumaça,

Os trilhos já vibram com o trem,

Na janela a vejo cheia de graça,

Abro os braços para o meu bem.  

 

Toninhobira

10/06/2024

Grato pela leitura