Páginas

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Partirás.















Um barco pela tarde é a inspiração,
no cais em total silencio adormecido.
sob a inércia iminente como prisão,
saboreia os ventos vive entorpecido.

Todo barco sabe os encantos do mar,
no singrar das aguas na imensidão.
Na noite escura só a lua a iluminar,
um argonauta solitário na desilusão.

Barco é a nostalgia que veio visitar,
com lembranças ainda que tardias,
viagens de outrora no azul do mar,
são emoções oxidadas pela maresia.

A noite cairá sobre o barco na praia,
enquanto eu nesta estranha emoção,
serei junto ao barco fiel companhia,
já o lume do farol ilumina a solidão.

Toninho
06/10/2017

Inspiração na foto gentilmente cedida por Piedade Araújo Sol, que sempre tem um olhar especial para o por do Sol de Portugal. Confiram no link olharemtonsdeflash

****************************
******************
*********



34 comentários:

  1. Foto lindíssima e poema com uma inspiração grandiosa. Emoção, solidão e a boa companhia do barco nesse entardecer...
    Obrigada pelo carinho no meu aniversário, VALEU!
    Abçs e FELIZ SEMANA...

    ResponderExcluir
  2. lindo e muito, muiito poético, Toninho!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. A foto realmente inspiradora e chega nas mãos de um porta que respira poesia, isso que dá! Vemos e ganhamos beleza! ADOREI! abração,chica

    ResponderExcluir
  5. Linda imagem e poema. O Barco é o sonho, a alma exposta a vida, o mar , grande mar de inquietações que leva o barco á deriva

    ResponderExcluir
  6. Um barco que embala ao sabor das inquietudes da vida que tantas vezes assolam o nosso viver ,um maravilhoso momento caro amigo Toninho ,é sempre um prazer enorme aqui estar ,desejo-lhe uma semana muito abençoada ,um abraço felicidades

    ResponderExcluir
  7. Momentos de profunda solidão expressos num poema singular e belo.
    Também admiro as fotos e textos da Pi Sol que considero uma admirável poetisa.
    Excelente inspiração convertida num texto brilhante.
    Abraço, querido amigo.
    Conseguimos uma linda Amizade...
    Beijos
    ~~~

    ResponderExcluir
  8. E de uma linda fotografia nasceu um poema maravilhoso.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  9. Oi meu amigo querido, um lindo poema inspirado na foto, e as emoções estão a mil, a maresia colaborou rs Beijos e abençoada noite!

    ResponderExcluir
  10. Olá Toninho
    Sempre nos encantando com seus versos lindos.
    Um abraço, meu amigo.

    ResponderExcluir
  11. Tua inspiração, querido amigo é sempre fenomenal! Que Deus continue derramando muitas bênçãos! Meu abraço!

    ResponderExcluir
  12. Toninho! Que linda a sua inspiração! Traz-nos a alegria em momentos indescritíveis que só uma grande sensibilidade, como a sua, poderia captar! Belo poema e bela foto!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Um barco a sumir no horizonte sempre nos leva a pensar, a divagar... e saem lindos versos como esses. Parabéns. Saudações azuis.

    ResponderExcluir
  14. Que bonito, Toninho!! Sempre um barco ancorado, sozinho, me parece solitário. Em mim causa pena, parece que aquele barquinho tem uma alma. Talvez tenha ficado em mim uma visão de criança. O mar é imenso, o barco está sozinho. Pois é, meu amigo, você despertou em mim esse sentimento! Triste, porém lindo poema.
    Beijo, Toninho, feliz semana!

    ResponderExcluir
  15. "Um barco pela tarde é a inspiração,
    no cais em total silencio adormecido". Mineirinho, mineirinho, como bom poeta que é, com certeza,em tudo que você olha é inspirador.

    Obrigado por sua análise a respeito da situação política atual do nosso país. Seus comentários, como sempre, ajuda complementar a ideia do autor.

    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Um barco, um lindo por do Sol, inspirando uma bela poesia. ´
    Um abraço. Élys.

    ResponderExcluir
  17. MUITO LINDO,TONINHO.

    POESIA MAGISTRAL COM TOQUE BUCÓLICO E O MAR,O BARCO,O SOL O INSPIRANDO A ESCREVER ESSA PÉROLA.

    OBRIGADA PELA VISITA E VOLTE MAIS VEZES,OK?

    BEIJOS SABOR CARINHO E UMA QUARTA_FEIRA DE PAZ E ALEGRIAS

    DONETZKA
    Blog Magia de Donetzka


    ResponderExcluir
  18. Oi Toninho! versos bem atilados e sublimes!Deu para imaginar o mar e o solitário admirando suas ondas.... Gosto da suavidade de seus versos que me tocam com sensibilidade... Um abraço caloroso de nossa terra!

    ResponderExcluir
  19. OiToninho,
    Mesmo com o barco atracado, da para sentir sua alegria em vagar pelo alto mar carregando pessoa felizes para passear e em outras viagem pescadores para trazerem alimento farto para as suas mesa
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  20. TOninho
    achei seu poema muito belo embora com alguma nostalgia.
    fico muito honrada por se ter inspirado na minha foto.
    deixo um beijo
    :)

    ResponderExcluir
  21. Peço licença, Mestre Toninho, para transcrever fragmentos de "Partirás", teu ótimo poema, como segue:

    "Barco é a nostalgia que veio visitar,
    com lembranças ainda que tardias,
    viagens de outrora no azul do mar,
    são emoções oxidadas pela maresia."


    Parabéns, amigo Toninho, por esta criação poética.
    Um grande abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Os barcos trazem pensamentos nostálgicos quando ancorados em solitude tão bem expressada em seu profundo poema. Bjs

    ResponderExcluir
  24. Os barcos: viver no mar alto, na desordem das ondas... Um belo poema, o seu, inspirado numa excelente fotografia.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  25. Obrigada pelas suas palavras e por comprar os livros que publiquei no Brasil. Se desejar ter o meu livro "Poemas escolhidos: 1990-2011" terei todo o prazer em oferecer-lho. O meu e-mail é: gracampires@hotmail.com
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Que lindos versos Toninho,viajei nesse barco.rs
    Fiquei feliz com a sua visita.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  27. Bela imagem do barco em meia-lua.
    Belo poema em terna poesia,
    Que enche a alma de luz e alegria,
    E a foto traz à luz, a praia nua.

    O nosso olhar na imagem flutua
    À luz difusa da fotografia.
    Porém os versos dá-nos a magia
    De flutuar nos sonhos à luz tão tua,

    Amigo poeta de estro radiante
    Que faz da foto a inspiração bastante
    A dar a alma um sonho de ternura

    A flutuar no mar, no céu, diante
    Do belo - paixão pura do amante
    Da poesia essencial, mais pura.

    Belíssima postagem, Toninho! Parabéns! Grande abraço. Laerte.

    ResponderExcluir
  28. Oi Toninho,
    A fotografia é espetacular...
    e vc fez uma leitura magnífica dessa
    imagem tão bela.
    Gosto de ver os barcos na praia,
    representam ousadia, coragem
    e solidão...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. Perfeito "casamento" entre a imagem do barquinho, que parece sozinho, triste e abandonado e seu poema, que tb fala de um barco, com suas aventuras, vivências e sentimentos.

    A música, que desconhecia, tem uma letra bem romântica e tb se relaciona com barcos e mar. AMAR É PRECISO! Caetano, sempre irreverente!

    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  30. Olá, Toninho, Este é um barco que muitos gostariam de remar. Estou sentindo falta das suas visistas no meus espaço. Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  31. Boa noite amigo!
    Minha vinda aqui hoje é para lhe convidar mais uma vez a participar, amanhã Domingo, de mais um POETIZANDO E ENCANTANDO. Será o 5º e posso garantir que a imagem que sugeri está nos incentivando a desenvolver nossa criatividade. Será mais um lindo desafio!
    Postarei logo ao amanhecer.
    Amanhã como é dia dos professores estarei indo se Deus assim o permitir para Santa Missa agradecer por todas as graças recebidas e pedir a Deus por todos os professores e educadores, pais que foram nossos primeiros mestres na tarefa de educar e ensinar.
    Parabéns a todos os professores e que jesus continue nos abençoando e iluminando nossos caminhos. Abraços da amiga Profª Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  32. Querido toninho,

    Passando para lhe desejar um excelente domingo e uma melhor semana e para lhe dizer também que há novo post lá no blog. Lhe estou dizendo isso, pke não sei se você tem o link de meu blog ou não.

    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  33. Toninho, eu, de novo!

    Estive verificando, e de facto, seu blog tem o link do meu, tal como o de muitos outros. Então, agora se torna fácil. Basta crer!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  34. Belíssimo poema, Toninho, que se harmonizou lindamente, com a formidável imagem, da Piedade, que adorei rever, por aqui!
    Estão ambos de parabéns!
    Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.