Páginas

sábado, 31 de março de 2018

Aqueles olhos verdes.


Fascinam-me estes olhos verdes sombrios,
desveste minha timidez nesta noite de lua,
extasia-me a beleza exótica, corpo esguio,
numa maravilhosa musa com a costa nua.

Ali parada seu olhar é como arco de flecha,
com curare impregnado para o golpe fatal,
no meu coração com continuo abre e fecha,
sinto correr o veneno da mulher escultural.

De suas mãos vem um perfume das rosas,
que me inebriam em desejos mais insanos,
como a desejar as tuas caricias amorosas,
no meu corpo inerte febril de tantos planos.

Não bastasse estar neste transe infernal,
irradia pela sala som da música deliciosa.
Então ela se precipitou na dança sensual,
que nos amamos em noite tão voluptuosa.


Toninho
30/03/2018 










Minha inspiração na imagem oferecida pela Lourdes no seu projeto poetizar e encantar de todo fim de semana aqui: filosofandonavidaproflourdes, convido a conhecer e participar, satisfação sempre.Abaixo um mimo da Lourdes.
Obrigado Lourdes.

Uma Feliz Páscoa
para você.
Paz e harmonia.