Páginas

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Do meu Pico do amor.


 

Participação na Poetizando e encantando uma BC da professora Lourdes. Conheça e participe e veja outras inspirações. Siga: filosofandonavidaproflourdes 



Um Céu sobre a terra como manto,
no alto da serra mora a esperança,
sobre o verde o azul é todo encanto.
lá no alto o cruzeiro como herança.

Ao pé do cruzeiro agua com flores,¹
colocada pelas crianças na crença,
que a chuva viesse findar as dores,
umedecer o chão e criar mantença. 

Rever a serra o meu Pico do amor, ²
é lá onde mora a minha confiança,
naquele cruzeiro toda fé no Senhor,
a lua testemunha e o Céu a aliança.

Então fecho os olhos num instante,
um som de locomotiva me embala,
ouvir o seu apito suave alucinante,
é uma caricia da saudade que fala.

Nesta noite enluarada de neblina,
é noite de São João é pura poesia,
revi a cidade sob a densa cortina,
meu coração vaga pela noite fria.


Toninho
24/06/2018


Notas

 1- Nos anos 60 houve uma estiada longa na região e os meninos em cantoria religiosa e em procissão orientados por uma velha senhora, levavam garrafinhas com água e flores, para colocar no pé do Cruzeiro do Pico do Amor como pedir ao Deus uma chuva.


2- Pico no bairro onde nasci, dele se vê a cidade aos pés e pode se ver a linha férrea, que leva o minério de ferro para o porto de Tubarão. No inverno de cima dele a cidade fica sob uma neblina como se fosse uma cortina sobre a cidade. Aos pés deste pico fica a Igreja de Nossa Senhora da Piedade, onde enraizaram minha fé também.




Uma semana
de paz
e alegrias.