Páginas

sábado, 13 de julho de 2019

Pela lente do medo.


Poetizando e encantando o nosso belo projeto idealizado pela professora Lourdes está de volta para espalhar poesia pela blogosfera em sua 88ª edição com belas imagens inspiradoras. Minha escolha e inspiração apresento a seguir e o convido para conhecer e participar lendo belas inspirações dos amigo. Não é um concurso e seja livre na sua construção aqui: filosofandonavidaproflourdes

************************
**************
*******

            Pela lente do medo



Porto bem próximo show e lembranças,
que me assediaram a viagem no voltar.
A saudade como companheira aliança,
inexorável dum amor que faz regozijar.

Longe ficou a triste despedida no porto,
lhos avermelhados numa pura tristeza.
Momentos angustiantes vil desconforto
agora o cais olhar brilhante na certeza.

O navio desliza, com suave ancoragem,
buzina rouca anuncia, nó na garganta.
Meu coração acelera, rouba a coragem,
o suplício sufoca o peito e minha santa.

O sol queima meu rosto atrás da lente,
onde oculto meu medo de novo degredo.
Em terra firme a vejo linda reluzente,
corro no abraço que encobre meu medo.

Toninho
13/07/2019  


Grato sempre
pela visita.
Feliz fim de 
semana.