Páginas

sábado, 28 de maio de 2011

Acontece


  





 Imagem Google





Uma musica e uma inspiração.

Na noite linda entre emoções e fantasias
Ressurge a desconfiança entrava a relação
Assim como vendaval arrancando alegrias
Pairou sobre a harmonia com sua profanação.

Da janela olho um vagalume a piscar
Acolá as mariposas malucas em suicídio
Fico em recordações que fazem repensar
E me entrego numa canção de triste assovio

Recebo as visitas dos fantasmas das desilusões
No desengano é frio e reina a desesperança
É navegar sem rumo perdido em contradições
Neste mar revoltoso onde agora me lança.

Agora ouço da rua os passos apressados
Na madrugada finda do dia que vem cobrir
Estes meus sonhos perdidos e inacabados
Que inspiram os versos tristes deste sentir.  



Toninho
27/05/2011

23 comentários:

  1. Norma Emiliano:
    Bom dia
    Lindo seu poema, sua inspiração, mas
    sem chance. Não consego comentar. Bom final de semana.O login não entra. Não são em todos os blogs.

    bjs
    Norma

    ResponderExcluir
  2. Versos tremendamente bem feitos. Poeta nato! Queria fazer versos assim, caro poeta! Muito imspirativo! Abração.

    ResponderExcluir
  3. Triste e acalentador ao mesmo tempo...

    Fantasmas da noite solitária são maus conselheiros, Senhor Poeta!

    MAs como sempre uma linda inspiração a sua!

    Bj

    Catia

    ResponderExcluir
  4. E só resta esperar que tudo passe e pare de doer em outro pensamento que vem para nos salvar e resgatar de amar.
    Beijo também mineiro de flor e bom sábado!
    Carla

    ResponderExcluir
  5. Que coisa linda,Toninho.Bela inspiração,mais uma vez!

    Também estou com sérios problemas e não consigo comentar em alguns blogs.

    Noutros entro normal e noutros apenas aceita como anônimo.Pode isso?

    Que confusão! abração,chica

    ResponderExcluir
  6. Tudo acaba por passar, essa tristeza também.
    Um beijinho e obrigada pelo cafrinho que sempre deixa no meu sentidos
    Sandra Subtil

    ResponderExcluir
  7. Toninho, paz para todos, mais uma poesia bonita, bem inspirada parabens poeta. Um abraço Celina.

    ResponderExcluir
  8. Poeta quanta sensibilidade em tuas palavras, a tua emoção chega-se a sentir, nostálgico, saudoso, belo, coroado com esta figura inesquecível Charles Chaplin, gostaria de convidá-lo para fazer parte do recanto dos autores, não é um site, é um blog simples, mas é só me mandar o seu email que te mando o link e a senha para postares quando quiseres, pode ser textos antigos, fique a vontade, só nos daria muito prazer, beijos

    ResponderExcluir
  9. Meu amigo, teu poema é encantador e mais uma vez venho aplaudir.
    Infelizmente o blogger está de novo com problemas e quase não consigo comentar em alguns blogs.
    Um abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  10. Meu querido, os fantasmas da desilusão sao insistentes, eles adentram madrugadas, noites e dias por brechas dos rumos perdidos, mas tao encontrados nesses versos.

    Hehe quem dera todos tivessem Cartola em suas malas, o gênio musical!

    Quanto ao meu post, o dia que eu souber escrever com a sua consistência, esses post malas serão extirpados!!! hehe
    Beijinhos, se me permitir gostaria de levar esse verso pro Style.

    ResponderExcluir
  11. Tanto desencanto escrito lindamente! Beijos e um ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  12. Há de passar essa sensação ruim...

    Gostei muito daqui. Virei outras vezes.

    Beijos e tenha um ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  13. Essa música me "despe", tá loko, adoro me "encontrar" nos textos, nas músicas... Grande Cartola! (vim buscar o texto :-)

    ResponderExcluir
  14. Meu querido já me vou habituando muito aos seus poemas e suas histórias, mas cá para mim apesar de saber que todo o poeta tem a sua maior veia virada para a tristeza, este cheira-me a nostalgia profunda.
    Algo me diz que ai tem coisa que magoa bem lá no fundo, mas é bom deitar para fora o menos bom que nos vai na alma, mesmo que hajam pessoas que não gostem, temos sempre o papel ou o pc por companheiros, que nos aceitam e nunca reclamam do que lhes dizemos , e, nem sequer fazem preguntas.
    Desejo tudo de bom em sua vida.
    Muita paz, muita luz e algum amor que te faça feliz

    ResponderExcluir
  15. Querido Amiga..
    Um poema lindo para mim uma riqueza sem limites
    amo seus tristes ou alegre todo ele com seu encanto.
    Um feliz final de Domingo beijos meu,Evanir.
    http://valterpoeta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Meu querido, sabe que senti saudades, não é? Mas estou de volta... E cá estando preciso te parabenizar - a sensibilidade poética é teu forte. Escreves com o coração. O meu carinho e muitos beijos.

    ResponderExcluir
  17. Lindo poema meu querido..infelizmente nem sempre o que nos vem a inspirar são alegrias e vez ou outra a tristeza vem nos acompanhar...
    Tenha um feliz semana...beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  18. É amigo, infelismente acontece mesmo essas coisas no amor... Penso que não deveria ser assim... Mas nada pode mesmo ser perfeito, não é mesmo? Não por culpa do amor, mas por nossas imperfeições...
    Seu poema toca-me profundamente, alías, todos os seus poemas são assim, intensos... E muito lindos!!!
    Poeta, Deus te proteja!

    Deixo carinhos e o desejo de que tenhas uma linda e abençoada semana!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Seu poema com Cartola ao fundo: perfeição!

    Abraços, amigo.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia querido Toninho, seus versos penetraram fundo em minha alma que até pude sentir a sua tristeza, lindos e profundos versos poeta, parabéns meu amigo, bjus...

    ResponderExcluir
  21. Olha como estamos em sintonia, amigo! Nem tinha lido seu poema e ontem postei um documentário do Cartola e incluí "Acontece" com a Cida Moreyra em nosso playlist. Isso que eu chamo de sintonia pheeena!!! rs
    Aliás, sou fã de Cartola e "Acontece" é uma de suas mais belas composições.
    Seu poema é lindo e tenho certeza que mestre Cartola ficaria honrado em ter lhe servido de inspiração.

    Bjos e ótima semana ;)

    ResponderExcluir
  22. Toninho...li seus versos no blog da Cris... fiquei encantada com tuas linhas...
    vim te visitar e já fico por aqui...

    Sigo te lendo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  23. Amigo Toninho bom dia...lindo os versos,o poema...dá para sentir o lado triste do amor...mas é assim mesmo,nem sempre o amor fica feliz,a vida da gente é cheia de altos e baixos e o coraçao é oque mais sofre..
    Amigo não entendi oque vc escreveu no meu cantinho sobre a fonte que não deu para ler direito a minha mensagem isso?? poderia ir lá no cafe com bolachinha e escrever para mim.Não tenho bloger o meu é wordpress ainda..
    abraço
    titi

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.