Páginas

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Violencia Calma,calma violencia.





Violência calma.
Calma violência.





Com A se escreve Amor e arma
Com B se escreve Bola e bala
Com C se escreve Casa e cela
Com C se escreve Céu e Cela. (ABC de Fagner)

O amor fugiu do ser humano no processo de brutalização que nos assola.
A arma esta livre nas mãos sujas que mancham de sangue nossas ruas.
A bola rola nos estádios e faz alegrias do menino, mas faz as guerras das torcidas organizadas como verdadeiros bandos de animais irracionais.
A bala já não adoça a boca dos meninos, que hoje empunhando armas de uso exclusivo de forças armadas, estão a serviço da violência desenfreada, que desceu o morro e invadiu as ruas de todas as cidades. Não que todo morro seja violento, mas foi lá, que os bandidos de todas as espécies encontraram seu porto seguro de suas contravenções.
A casa ficou vazia quando dela fugiu o amor, as plantas secaram e hoje nasce apenas erva daninha, que deixa alucinado e violento o povo da cidade. A casa deles virou uma fortaleza. Mas cá em baixo as nossas casas adquiriram estranhas grades como cadeias e lá aprisionaram as pessoas honestas.
Mas a cela, esta perdeu sua função, diante das habilidosas manobras de advogados nas entrelinhas deste código civil ultrapassado e vergonhoso, que apenas se aplica com rigidez aos pais de famílias por mínimos delitos, ou os pobres sem nenhum tostão, enquanto os piores bandidos fazem da cela um lugar para pernoite, pois na manhã seguinte um exército de advogados se entrincheira nas portas das delegacias armados de estranhos habeas corpus.

Mas o cidadão decente e honesto, este vive sob o signo do medo, da vingança,
Pois que para estes bandidos a vida é uma coisa banal e matar faz parte.

Pois assim aconteceu com minha sobrinha (a do texto Minha abelhinha já postado por mim). Nesta manhã de Segunda- Feira 21 de Novembro na cidade de São Paulo,quando ela se dirigia tranquilamente para seu trabalho, foi abordada por um rapaz de capacete empunhando um revolver num cruzamento. Consciente e inteligente ela ofereceu o carro ao bandido, que recusou e disparou três tiros a queima roupa, que ela indefesa apenas usou os braços protegendo a cabeça, este ato salvou sua vida, pois os projeteis resvalaram, causando uma fratura num braço e raspões pelo corpo. Elogias-se a ação rápida da policia paulistana que em tempo hábil, prestou os primeiros socorros e encaminhamento a um hospital da região onde foi socorrida e operada para retirada de balas no braço.

Pasme e creia, mas ação ela reconheceu o rosto do bandido, como sendo um motorista, que se envolvera com ela numa batida de transito em 2009 com apenas danos materiais dos veículos e que pela pericia ele deveria ressarcir os danos do carro dela no valor de R$ 1400,00, mas que se recusara, sendo gerado um processo de pequenas causas, onde fora determinada uma busca e apreensão. Logo seria este o motivo desta violência contra uma mulher indefesa de maneira covarde pela irrisória quantia de R$ 1400,00. Seria o valor de uma vida?

Hoje falei com ela pelo telefone e já sem perigo passa bem Graças ao Bom Deus, uma moça guerreira que aprendeu a conviver com a diabetes desde os 5 anos de vida, mas nada entende desta violência que hoje está presente nos espreitando em cada rua em cada sinal de transito, uma armadilha urbana.

Força minha sobrinha Priscila e que Deus esteja sempre com você.

Toninho
22/11/2011.






23 comentários:

  1. Infelizmente a coisa tá danada e Priscilla foi apena mais UMA na estatística cruel da criminalidade, impunidade, insegurança com que somos obrigado a conviver...
    Que ela fique logo bem e possa esquecer essa cena pra que siga adiante, sem traumas, o que é difícil, pois o medo fica e muito!!! PENA!!!


    abração,fiquem bem!chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Toninho.to abismada com a historia,vinganca,violencia..meu Deus onde vamos parar.Deus proteja sua sobrinha que a vida e muito mais valiosa do que 1400 reais...Um abraco apertado meu amigo.To passando um pedaco tambem...stalking,cybermobbing...outro tipo de violencia calada...Bju.Lu.

    ResponderExcluir
  3. Oh, meu querido, graças à Deus a bala apenas resvalou. A vida é tão sagrada e hoje nos encontramos, infelizmente, em meio a uma violência onde isso não tem valor. O que é mais uma vida?
    Nada. Não significa nada.
    Me junto à voce nesta grande onda de indignação que ficamos, e parece que atados, sem nada poder fazer. Apenas assistir o crescimento avassalador da violência e caos que impera. E não é só no Brasil. Não sei mesmo para onde caminha a humanidade...
    Beijos e estimo melhoras para sua sobrinha querida...

    ResponderExcluir
  4. Que é isso meu amigo? A gente só pode classificar atos assim como de bestialidade humana, barbarismo moderno, onde a vida é medida e calculada pelo tamanho da raiva descontrolada de um sujeito, desprovido de qualquer sentimento nobre. Tomara, pelo menos que ele mofe em uma prisao e queira Deus mais ainda que tudo saia bem com a saúde física e emocional de sua sobrinha. Um abraço solidário e inconformado. Muita paz e bem para toda a família.

    ResponderExcluir
  5. Priscila foi mais uma das vitimas dessa gde violência que cresce a cada dia, revoltante não termos mais segurança, saímos de casa mas não sabemos se iremos voltar.

    Que Deus e os Arcanjos estejam ao lado dela e que sua recuperação seja perfeita.

    Um gdeeeeee abraço amigo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Toninho!!!

    Estou pasma com o que aconteceu com sua sobrinha...as coisas neste país estão cada vez piores,mas eu ainda não perdi a capacidade de me assombrar com tamanha violência.
    Bjsssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus, que mundo é esse Toninho, eu estou pasma,este texto me deixou com medo, tento viver longe de más notícias pq logo que vim do Japão tive síndrome do Pânico, mas amigo sei que a realidade é tenebrosa.
    um grandãoooooo beijo e um abraçãooo de urso!!
    Com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  8. Boa noite querido amigo!
    Lendo seu texto fico a pensar como todos os dias estamos vivenciando esse tipo de violência provocante ...
    Deixo desejos de paz querido!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Meu amigo, estou pasma com esta notícia,meu Deus por uma quantia irrisória ele quis tirar sua vida. Temos que agradecer muito ao Criador, pois algum anjo fez com que ela pusesse às mãos na cabeça, desta forma salvando-se de morte certa. Prenderam o rapaz? Pois este homem irá fazer mal a muita gente se não for preso e ainda por cima pode tentar novamente. Deus a abençoe sempre e a proteja, imagino como você ficou preocupado, que susto. Agradeço-te o carinho, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  10. Bom dia meu amigo, tá muito difícil postar comentário nos blogs, demora um tempão pra abrir, mas tenho lindo sempre vc, parabéns pelo belo texto Bira, bjus. Ignez

    ResponderExcluir
  11. Oi meu amigo, agora dá graças a Deus, e rogar a devida proteção, principalmente para todos que convive numa grande cidade, Deus que a protegeu, vai continuar protegendo-a para uma feliz recuperação, sem traumas.A paz esteja sempre com ela, Priscila e com todos da familia. Abraços Celina.

    ResponderExcluir
  12. Toninho
    amigo querido
    Estou solidária com a sua indignação.Graças a Deus que a sua sobrinha agora está bem.Eu sei bem o que vocês estão passando. O trauma que isso provoca.Só o tempo agora para tentar apagar o medo que nos assola nesta imensa selva. Necessitamos mais do que nunca mais pulso e empenho dos nossos governantes para conter esta violência que delineia de várias formas.

    Obrigada por partilhar.Muita fé e muita oração
    muita luz e muita paz.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus, quisera fosse mentira que alguem fosse capaz de cometer atos insanos como este.
    Que tristeza vejo o ser humano, meu amigo, como tem gente sem noção, cegos em sua ignorância, capazes de qualquer coisa, por tão pouco. Ainda que fosse muito, matar o semelhante jamais terá justificativa.
    Ainda bem que sua sobrinha está bem, melhoras à ela.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  14. Poxa, Toninho, que barbaridade!
    Dá medo só de ler seu relato.Forças pra ela , sim.
    Adorei seu jogo de palavras. Quisera nesse mundo tão violento as pessoas brincassem mais com as palavras, em vez de mocinho e bandido.
    beijos, amigão

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho que horror. Acabei de ler o post da Lúcia Soares e tratava exatamente da banalização da vida. Isto é muito triste....Que su sobrinha se recupere e que haja punidade.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Toninho,
    Embora tais acontecimentos já não surpreendam, fiquei estarrecida. Graças a Deus ela sobreviveu!
    Nossa impotência cresce a cada dia diante do poder dos bandidos e da falta de sentimentos nos corações humanos. Onde chegaremos?
    Rogo a Deus que sua sobrinha supere o acontecimento, sem maiores traumas.
    Meu abraço carinhoso e solidário.

    ResponderExcluir
  17. Olá estimado Toninho,

    Li seu depoiemento com muita atenção e coração. A primeira parte da sua postagem é a veracidade, em pessoa.
    Quanta violência, quanta impunidade e corrupção!
    Você é Brasileiro, e naturalmente, ama seu país como eu amo o meu, mas, acontecem coisas no Brasil, transcendentais.
    Será consequência de tantas misturas de raças, pergunto eu?
    S. Paulo é a cidade mais perigosa e menos segura do MUNDO. Que se passa, meu Deus?
    Em Portugal, e em relação ao Brasil, havia meia dúzia, de bairros de lata, com pobreza, crime e degradação. Há cinco ou seis anos, o governo e com policial especial, derrubou todos esses bairros, de forma, um pouco brutal, mas teve de ser.
    Construiram-se bairros sociais longe uns dos outros, para acolhimento dessa gente, e no início, as pessoas queriam voltar às suas velhas casas, onde estava apenas o espaço onde ela tinha sido eregida. A polícia actuou forte e feio, mas MÃO DE FERRO, SE NECESSITA.

    Em relação a sua sobrinha, ela soube agir com sabedoria e frieza. Mas, havia uma "história" por detrás.
    Graças a Deus, que ela está salva e livre de perigo.

    TUDO É TÃO COMPLEXO!

    Beijos de solidariedade e de luz.

    ResponderExcluir
  18. Poxa amigo fico muito comovida com o ocorrido e postou muito bem tua indignação que é a mesma que sinto bem fundo agora no coração.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  19. Só agora li sua postagem. A vida humana não tem mais valor. O sentimento de vingança ultrapassa todos os limites (se é que existe um para ele).
    Eu já fui assaltada, com arma na cabeça, quando morava em SP. Só quem vive uma situação dessas pode saber como é. Graças a Deus, me roubaram mas não atiraram.
    Lamento demais pelo que aconteceu com sua sobrinha. Mas estou pasma com a atitude do homem que atirou. Hoje se mata por qualquer valor. E só mesmo Deus, para nos proteger.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Puxa Toninho...que coisa meu amigo!
    A violência , a vingança, a raiva são sentimentos que destroem o ser humano, falta tanto amor e bondade nos corações...é muito triste.
    Que bom que no fim deu tudo certo.
    *Sinto só ter visto agora.Desculpa meu amigo.Gosto muito de ti!
    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  21. Boa noite, querido amigo Toninho.

    Nossa... Que espanto!!
    Ele planejou essa vingança, e ela foi abençoada com essa atitude de se proteger.
    Tudo por causa de uma dívida no trânsito...
    Valha-nos Deus!!

    Que ela se recupere sem sequelas, e que a luz Divina seja a sua guia.

    Tenham um lindo fim de semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Graças à proteção do Bom Deus Priscila continua entre nós, para alegria e emoção dos seus familiares e amigos.
    Que ELE seja louvado!!!

    Paz e Luz pra ti, Priscila e toda a família.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Toninho,
    a que ponto pode chegar o ser humano nao é? Gracas a Deus que ficou tudo bem com ela. Que Jesus a proteja sempre.
    Umgrande abraco,

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.