Páginas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Paciencia de pescador









Pensador mão curva ao queixo, a esperar.
O olhar fixo parece parar as águas do rio
O estático pescador sonha mais que pescar.
No jogo de paciência da pesca um desafio.

Uma vara se debruça sobre as águas.
Testemunha da paciência do pescador
O olhar se perde pelas margens nuas.
Paciência é a marca de todo vencedor

Nos olhos o brilho com um alegre sorriso.
A inerte vara agora tremula insistente
A mão executa um movimento preciso
Num brilho de prata o peixe refulgente.

Ao longe se escuta um “boom” abafado
É a fúria humana com bomba lançada
Matam alevinos, neste rio ameaçado.
As águas se turvam da pesca malvada.

O pescador assusta com esta crueldade
Vê passar milhares de peixes assustados.
Nas águas a prova desta mortandade
Assim é a pesca fácil destes desalmados.


Toninho.
25/05/2012.


- O uso de bombas na pescaria é criminoso, porem sem fiscalização é praticada constantemente em rios e mares principalmente na Baia de Todos os Santos-Salvador-BA afetando o ecossistema e vidas marinhas. É tão absurda que as pessoas da região ouvem os estrondos e denunciam, mas faltam números na policia especializada, bem como interesse em combater a ilegalidade.




32 comentários:

  1. OI Toninho
    Tô pasma nunca ouvi falar neste negócio de bombas em pescaria, qual é a finalidade delas.
    Belo poema sobre o paciente pescador.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. É realmente lamentável Toninho! Sejamos nós mesmo a fiscalização, fazendo a nossa parte, tu ja fizeste a sua! TENHA UMA BOA NOITE, ABRAÇO, IVANY

    ResponderExcluir
  3. Que triste cena que esse pescador teve que ver! Pena seja real isso! Ainda assim, tua poesia é linda, como sempre!"Tratas de todos os temas muito lindamente! abração,chica

    ResponderExcluir
  4. Poema lindo, fez-me lembrar, de quando eu bem jovem, fazíamos competição de pesca, em Jaconé no RJ e depois os peixes eram distribuídos com a população local.
    Pensei que essa mortandade de peixes, com as bombas criminosas já não se fizesse. Lamentável, em pleno Rio+20!!!
    Parabéns, oportuna postagem, Toninho!
    Um abraço,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  5. Quando o homem vai deixar de maltratar a natureza! Triste cena! No entanto,o grito poético da tua poesia é fantástico.
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. "os olhos o brilho com um alegre sorriso.
    A inerte vara agora tremula insistente
    A mão executa um movimento preciso
    Num brilho de prata o peixe refulgente." Quanto sentir exatamente isso! Eu vibrava de alegria e aquele brilho prata era demais!!! Quanta saudade dos lambaris que pesquei! Obrigada pelas lembranças. Um abração!

    ResponderExcluir
  7. Oi amigo Toninho!

    Esta pesca predatória é criminosa e revoltante.Junto-me à sua indignação,meu querido.
    Bjsssss,obrigada pelo lindo poema,
    Leninha

    ResponderExcluir
  8. Assim como um cordel, a denúncia pela via da poesia é o melhor instrumento para sensibiizar consciências e corações contra abusos, injustiças, maus tratos de todas espécie. E isso aqui ficou muito belo, a ponto de não pertmitir que ninguém passe aqui indiferente a esta barbaridade. (Eu nem sabia do uso de bombas para esse fim. Mais um horror humano). abraço grande e ótimo fim de semana. paz e bem.

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente não existe pessoas suficientes para controlar, motivo o dinheiro vai só para políticos.
    Abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  10. Toninho, uma poesia muito linda e que conscientiza para o uso inadequado dessas bombas na pescaria!Infelizmente, tem muita gente inescrupulosa!bjs e boa sexta!

    ResponderExcluir
  11. Oh meu amigo, o homem anda assustando animais, plantas e outros homens, não estamos sabendo preservar, cuidar, não estamos sabendo lidar com quase nada...

    Enquanto não descobriram um jeito de destruir a paz da simplicidade, eu sigo rumo a mares calmos, com meus anzóis de sonhos...

    Amigo, tomei a liberdade de adicioná-lo ao meu facebook, espero que não te impostes tá?

    Abraços mil

    ResponderExcluir
  12. Porque sempre tem que ser assim??
    Quando o homem vai aprender a respeitar os animais e a natureza, da qual fazemos parte??
    É uma pena isso!!!
    Mas a poesia é linda!

    Tenha um maravilhoso final de semana!!
    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  13. Oi amigo querido!!!

    Um ótimo final de semana, cheio de realizações!!!!

    bjs

    Vivi

    ResponderExcluir
  14. Oi meu amigo, que coisa hein? eu não sabia que usavam explosivos assim na pescaria, lamentável mesmo.
    Essa musica é bem gostosa de se ouvir, dá pra imaginar os pescadores de madrugada rsss
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  15. Delícia de texto.
    Bom por aqui.
    Depois passa nesses meus dois espaços tambem

    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/
    http://reflexodalma.blogspot.com.br/
    Depois me diz.
    Lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  16. É triste ver o descaso das autoridades com relação ao meio ambiente. Preciso é q nós, cidadãos, façamos muita pressão para q leis sejam feitas e cumpridas, evitando esses absurdos. Muita paz!

    ResponderExcluir
  17. È meu amigo, e agente acompanha estas crueldades infelizmente.Fico muito triste com estas coisas.
    Teu poema é uma reflexão, que bom se aqueles que burla a natureza gostassem de ler textos assim MARAVILHOSOS e meditar na burrice que os acompanham, quando agem sem respeito nenhum com o seu habitat né?

    Beijão meu querido, lindo seu poema

    ResponderExcluir
  18. Boa noite, querido amigo Toninho.

    Que jeito lindo de protestar...

    Essa atitude deles lembra-me a história infantil da GALINHA DOS OVOS DE OURO.
    O emburrecimento caminha ao lado do progresso, na mesma velocidade.

    Que Deus seja por todos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Protestar com poesia as agruras da vida entre os seres desalmados.
    Bom final de semana.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Olá Toninho.
    Eu nem sabia desta barbaridade.
    Que lamentável!
    Seu protesto , em forma de poesia, ficou magnífico.

    Desejo-lhe um excelente final de semana.

    Meu carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  21. Mu filho tem 7 anos e acha muito triste isso: "Mãe ele( o pesacador) mata os pobres e depois vão se exibir nas fotos!" eu nunca tinha parado pra analisar por esta ótica.muito bom Toninho
    beijo
    tenha um fds bem cheio de paz e amor

    ResponderExcluir
  22. GOETEI DA FORMA BONITA QUE, USASTE PARA UM PROTESTO, REALMENT E UMA FORMA EGOISTA E CRIMISOSA DE PESCAR. ABRAÇOS CELINA.

    ResponderExcluir
  23. Olha, Toninho. Pra te ser bem sincero, não acho que falte apenas contingente para a polícia especializada. O que falta, mesmo, é vergonha na cara das autoridades.

    É um absurdo o descaso que é feito neste nosso país. Com a quantidade de impostos que se impõe ao povo, não existe desculpa para a patifaria que políticos e justiça fazem. Os governantes são safados e a justiça é conivente. Uma verdadeira piada, isso sim.

    Perco as estribeiras só de ouvir falar neste tipo de abuso.

    Uma de minhas paixões é pescar. Se deixar, passo dias no pesqueiro. No entanto, condeno todo e qualquer tipo de pesca predatória, seja ela com rede, "catueiro", arrasto, tarrafa ou qualquer outro meio que não seja o de caniço. Tem muita gente que pesca até o peixe "mamando" ainda, e diz que é para "alimentar a família". Que alimento? Escama e ossos? E amanhã? Vai ter peixe grande pra pescar, se nem os pequenos escapam da depredação. Depois, o salafrário que comete tal atrocidade ainda vai reclamar que "não tem peixe no rio".

    Lamento o desabafo, mas só o que vejo pela frente é um bando de sem-vergonhas, seja aquele que explode bombas pra pescar ou aqueles que deveriam coibir isso. É mais ou menos como soltar balões aqui no sul. Muitos baloeiros são policiais. Pode isso?

    Perfeita denúncia, Toninho. Versos precisos, num grito muito necessário. Muito bom.

    Abraços, meu amigo, e ótimo fim de semana pra ti.

    Marcio.

    ResponderExcluir
  24. Toninho tem coisas que só a poesia pode.... triste! Não sabia dessa prática pavorosa e criminosa.

    Beijos querido!
    Bom fim de semana!!

    ResponderExcluir
  25. Triste realidade...
    Os alevinos sã os anjinhos das águas!

    Poeta, aplausos!!!

    Carinhos...
    Beijos floridos

    ResponderExcluir
  26. Não conhecia essa forma de "pesca". Que tristeza!
    Há tantos desvios, atualmente, que ficamos sempre a repensar as condutas humanas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Toninho,
    Que absurdo isso! Quanta ignorância cometida em nosso país e os que teriam que vigiar e controlar são tão poucos ou tão ignorantes quanto estes.
    Seu poema como sempre é bem feito e ainda por cima ajuda a denunciar fato tão grotesco.
    abraço carioca

    Ah, se puder dar seu voto pra mim no concurso da Sonia eu agradeceria, pois estou louquinha pra ganhar o quadro dela.
    É só ir no site abaixo e votar no meu nome em cima à direita.
    Grata

    http://borboletapequeninanasuecia.blogspot.com.br/2012/05/uma-musica-mil-lembrancas-ja-sei.html

    ResponderExcluir
  28. Oi, Toninho!
    Eu de novo!
    Seguinte, depois que li este seu poema-denúncia aqui, vi na minha caixa de correios, enviado por minha irmã, um vídeo incrível que está correndo pela internet de um acontecimento por estes dias, aqui na nossa região oceânica, num lugar chamado Prainha em Arraial do Cabo.

    Trata-se de furo de filmagem do que aconteceu às 8 horas da manhã do dia 05 de março de 2012 na Praia de Arraial do Cabo, litoral do Rio de Janeiro.
    Este vídeo está circulando pelo Mundo inteiro, deixando a todos maravilhados com a paisagem e mais ainda com a atitude positiva de brasileiros anônimos!
    Vídeo já visto por mais de três milhões de pessoas em pouco mais de apenas duas semanas. Um verdadeiro “hit”, portanto!
    E acalenta nossos corações neste Brasil tão cheio de contrastes, inclusive do nosso povo.
    Veja o vídeo pelo you tube abaixo e refresque seu coração e alma.
    beijos cariocas

    http://www.youtube.com/watch?v=ekmMD8oYtJ0&feature=player_embedde

    ResponderExcluir
  29. Toninho,
    os descalabros permitidos não tem fim, ao menos é o que parece.Tua poesia-denúncia toca as mentes e o corações revelando com sentimentos profundos os erros dos insensatos.Que "ela" corra todos os quadrantes e provoque reflexões.
    Lendo acima o comentário de Betinha, fiquei mais contente em redescobrir que muitas outras ações positivas são aqui realizadas em contrapartida a outras negativas.
    Vamos crendo na melhoria da alma humana, né?
    Bjos e bom domingo. Paz e bem!
    Calu

    ResponderExcluir
  30. Caro amigo Toninho

    Lindo poema
    Exalta o pescador sonhador que apenas pesca para descontrair.
    Abomina o pescador cruel que sem eira nem beira extermina de uma só vez todos os peixes sem se importar com a destruição da fauna marinha.
    Até quando vamos ver tamanha insensatez?.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  31. Só me faz lembrar da minha terra, terra de rio, de mata e de bicho, gostava de ficar longe da cidade grande, nos recantos do interior, onde se pescava qd o rio tava cheio e se contentava com o café com farinha na seca...
    mas era bom pra mim, que ia de turista ou trabalhava la de veu em qd, mas pra quem vivia ali ,era duro sabe?!
    ...

    Abraco Toninho, obrigada pela visita

    ResponderExcluir
  32. ato típico do covarde... bju poeta ahhh mudei o endereço de novo do mindim rsrs não me acostumei com o outro aqui está http://mindimlunadiprimo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.