Páginas

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Vejo-te



Imagem Google







Quando a Lua passeia majestosa.
Aqui a luz andante do vagalume,
A testemunha na janela silenciosa.
Bonita é esta Lua Cheia de charme.
Beijo-te em todos os sonhos meus,

Lembra-te daquele Ipê envaidecido?
Vestiu-se todo com flores amarelas,
Sobre um tapete âmbar estendido,
Vejo-te pisar numa bela aquarela.

Ora dirão, é puro alumbramento,
Alucinação de uma nova estação.
A só comigo convivo este momento,
Quando me deixo nesta recordação.

Então te recrio em todas as manhãs,
Com as últimas lembranças restantes,
Assim como recriar esperanças vãs.
O perfume e aquela foto na estante.

Toninho.
Apenas uma inspiração numa estação.

Obs.Player opcional ligue se quiser. 
*****************************************

Nesta quarta 19/09 prosseguimos com encontros
no blog da Norma, Texto de Anne Anieri no link abaixo

http://pensandoemfamilia.com.br/blog/

39 comentários:

  1. Querido Toninho!
    Vir aqui neste horário tarde da noite é garantia de sonhos leves, adoro ler poesias de noitinha e a sua está uma beleza, leve, romântica, linda!
    bjs cariocas


    ResponderExcluir
  2. A primavera e as flores penas deram um toque , acrescentaram beleza às recordações e lembranças
    do poeta! Lindíssimo! abração,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Tentando de novo: teu poema é lindo!A natureza caminhando entre as linhas do poeta, ou seria o poeta caminhando entre as linhas da natureza? Perfeita interação de palavras e sentimentos.

    ResponderExcluir
  4. Oi amigo Toninho, a sua poesia linda e cheia de recordações, despertou em mim saudades das serestas, das noites de luar e principalmente dos tapetes de flores onde tinha-mos que tirar os sapatos para sentir a sua suavidade e tentar não machuca-las, lindo tudo isso. um abraço com carinho. Celina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lindo de escrever Celina é quando a gente consegue fazer com que o leitor entre pelo texto.Grato sempre amiga querida.
      Bjo

      Excluir
  5. Oi Toninho!
    E que belíssima inspiração!
    Adorei...beijinhos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  6. Toninho,uma super inspiração danada de boa!...rss...poesia lírica e apaixonada,adorei!Atrasada com as visitas por conta de problemas de conexão,mas tinha que vir agradecer seu carinho no niver de meu pai,que é palmeirense...rss...bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  7. O seu poema tem imagens poéticas belíssimas, Toninho."Lembra-te daquele Ipê envaidecido?"As plantas são tão humanas e belas quanto o olhar de quem as vê.Encantada!!!

    Beijinhos e obrigada pelo carinho da sua presença em meu novo blog.

    ResponderExcluir
  8. Oi Toninho!
    Que linda inspiração!
    Para quem é apaixonado a emoção corre solta sob o céu da nova estação.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oii amigo mineiro, muito lindo, fiquei até com vontade de pisar debaixo de um Ypê amarelo com os pés descalços e saudar a primavera que se anuncia! adorei! Abraçoosss

    ResponderExcluir
  10. Lua menina de tanta inspiração e que reflete o amor,,,abraços amigo e uma bela noite pra ti.

    ResponderExcluir
  11. Esta Lua Branca com a Veronica Sabino é o complemento ideal para teu romântico poema...romântico, lírico e inspirado.

    E este ipê amarelo é um tapete perfeito para os pés amados...
    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  12. Olá Toninho, Belissima poesia, é até impossivel não recordar quando as lembranças estão acompanhadas de flores em noites de lua...Linda, linda!!Parabéns, querido amigo, suas letras tocam o coração! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Eis que a estação poesia chega com suas flores que exalam o perfume! Nos frascos contêm as melhores rimas. Como não declamar belos versos diante da luz da Lua, cujos raios insistem com suas presenças carismáticas?
    Grande Abraço, querido Amigo!

    ResponderExcluir
  14. Olá Toninho
    Eu quero esse poema pra mim, rsss
    É lindo demais, uma ótima noite!
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. A gravura ganhou vida, ganhou versos, ganhou luz.Fez inveja à lua, caminhou sobre aquarelas e arrebatou corações.
    Lindos versos. Bela inspiração.
    Abraços de luz, amigo Toninho.
    Calu

    ResponderExcluir
  16. ai vai caminhando assim né poeta... olhando pra lua... eu fui no outro também mas aquela barreira de letras com numeros desistí... bjuuu poeta

    ResponderExcluir
  17. agora que vi o mindim ali rsrs todo faceiro vê se pode... brigadim poeta.

    ResponderExcluir
  18. "Quando a lua passeia majestosa
    Ele quer de mim a risada mais gostosa
    ME pede pra sorrir enquanto ela fica viçosa"...

    Linda sua poesia, uma das mais lindas que ja li aqui, vamos levar o link para o facebook né...

    bjssss meussss

    Catita

    ResponderExcluir
  19. Olha que acabei fazendo uns versos musicais no comentário né!!! rsrs (foi mal! não quis ser abusada!)

    bjs

    ResponderExcluir
  20. Sua amizade e muito importante para
    mim .
    Tenho vivido nos últimos tempos
    muitas dificudades para fazer visitas.
    o tempo vai passando nada melhora
    para ,que possa digitar.
    O fato de não poder comentar não significa,
    que deixei de ler sua postagem ela é
    minha bagagem para meu segundo livro.
    Quando lemos bastante adquirimos mais sabedoria
    na escrita tornando maior nossa bagagem.
    Cada blog visitado representa a história de uma vida.

    Na minha postagem tem sorteio de dois livros
    de um amigo escritor.
    Ficarei feliz aceitando e convite
    para participar do sorteio.
    Já conheço a grandeza das obras do livro dele.
    Uma linda noite te espero para viagem beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  21. Toninho querido,
    como é bom amanhecer lendo-te, e sabes? ao som do canto dos pássaros.
    Lindo poema, adoro ipês, eles me encantam.

    Um beijo de bom dia querido

    ResponderExcluir
  22. Olá, Toninho

    Só mesmo os poetas para enxergarem a lua e a natureza, na frente da minha casa tem um Ipê amarelo. Obrigado por comentar meus escritos.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  23. Mineirinho

    Seus versos nos possibilitam criar a imagem de um momento encantado, independente daquela que o inspirou. Lembranças geram vida nas palavras do poeta. Bjs.

    ResponderExcluir
  24. A sua sensibilidade lê-se para além de tudo quanto se possa tentar imaginar.
    Desde a natureza como uma moldura envolvente até à pintura deste quadro, tudo é encantador.
    lindíssimo!
    Fraterno abraço

    ResponderExcluir
  25. Olá querido amigo, como vai?

    Lindíssimo seu poema! Nos transporta para um cenário maravilhoso e colorido onde a beleza da natureza de dos sentimentos puros e verdadeiros são a paisagem para lembranças intensas e inesquecíveis!
    Adorei como sempre, passar por aqui traz leveza e beleza ao meu dia!

    Grande abraço e bom restinho de semana :D

    ResponderExcluir
  26. Belo poema que nos transporta a beleza das estações personificadas.
    bjs

    ResponderExcluir
  27. Criar e recriar no pensamento ,um poder que só o poeta tem em estado de graça.
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Lindo, meu amigo poeta, que transmite em palavras escritas, as palavras do coração! Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Belíssima inspiração! Parabéns, Toninho! Bjs

    ResponderExcluir
  30. Uma bela noite pra ti meu amigo,,,paz e poesias sempre...abraços...

    ResponderExcluir
  31. Oi Toninho
    Gostaria tanto de ter este dom de escrever bonito como você, com coração, com poesia, com inspiração que vem de dentro da alma.
    Infelizmente sou muito objetiva em minhas palavras e textos, nem um pouco romântica e inspirada.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  32. Oi Toninho!
    linda poesia,
    linda inspiração.

    bjos e boa noite

    ResponderExcluir
  33. Linda Noite-Recordar um Grande amor,deixa uma esperança de um voltar e recomeçar de novo.Inda poesia Toninho.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir

  34. Eita homem inspirado ! (rsrsrsrs)

    Lindo demais, amigo!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  35. Não foi apenas uma inspiração: foi uma grande e bela inspiração!!! Parabéns, amigo!
    Beijocas e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  36. Belíssima criação, meu amigo! - Abração

    ResponderExcluir
  37. Amigo Toninho

    Sua inspiração sempre encanta.
    As flores desse ipê símbolo do Brasil aqui em Sampa já estão quase todas no chão por conta da estagem de mais de dois meses.
    Mas, o ciclo é assim um vai-e-vem que faz brilhar até uma linda poesia como esta.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.