Páginas

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Será que é saudade?



Será que é saudade?





  



Quando vem a hora de ir para a cama
Vêm as lembranças que ardem no peito
Eu  penso em ti sempre quando me deito
Assim que te levo em meus pensamentos

Quando o sol nasce e morre sobre o mar,
Meus olhos veem úmidos a tua silhueta,
Ora dirão que é loucura de uma paixão,
Ou mesmo coisa de uma louca obsessão.

Mas é certo quem em mim se criou,
Uma saudade certeira como a flecha,
Que apaixonada mira-se no seu alvo,
E perpetuam-se na estranha relação.

Com o clamor de presença constante,
Fica a alma em transe permanente,
Na noite onde me acabo na solidão.
Ainda ouço um grito de amor, amor.

Toninho.

29 comentários:

  1. Linda a canção e lindo o poema... E me diga... quem nunca teve estes sintomas?
    Talvez seja a saudade este sentimento que nos torna humanos...
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Nooossa,quanta inspiração,Toninho! Linda saudade que te invade! Adorei e desejo uma semana bem linda,cheia de coisas boas! abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Olá Mineirinho,
    Que lindo!!
    Saudade que arde no peito é daquelas boas,mas que nos faz sofrer um bocado, né?
    Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  4. A desalmada saudade, que rasga o peito e lá se aloja, torna-se companheira de todas as horas provocando em almas poéticas versos doídos e belos, como os teus, Toninho.
    Abraços e muita paz em teus dias.
    Calu

    ResponderExcluir
  5. Com todo certeza, é saudade Toninho, dessa que machuca o peito e faz chorar. Adoro essa música.
    Abração

    ResponderExcluir
  6. Não só é saudade, como é intensa!
    Bela poesia, amigo, cheinha de ternura...

    Beijo,Toninho,
    da Lúcia.

    ResponderExcluir

  7. Olá amigo,

    Isto não é só saudade. É saudade demais da conta rsrs.
    Lindo de viver!

    Meu abraço saudoso.

    ResponderExcluir
  8. É saudade!!! E que saudade! rs


    bjsMeus
    CAtita

    ResponderExcluir
  9. É saudade,sem dúvida.Gostei da canção e,principalmente do poema.A saudade é amor,que está distante e,por isso,faz doer.«Se não fosse o sofrimento,nós viveríamos permanentemente mergulhados no oceano das nossas ilusões.» Mas a vida é um caminho aberto e,mais volta,menos volta,acontece o reencontro e aí,é uma felicidade só.
    Cumprimentos da Beatriz

    ResponderExcluir
  10. Uau!Toninho que quadro de amor em palavras!Uma poesia que toca o coração, tocou o meu.Amei te ler.

    O amor se completa com pequenas coisas, como lembrar um sorriso,um olhar,um sorrir.
    Algo pequeno vai ganhando dimensão como a saudade .É a simplicidade que torna o amor gigante.

    Beijão querido amigo

    ResponderExcluir
  11. Lindo Dia Toninho-Tão longe aqui,o vento trouxe a mim,teu perfume e peguei carona neste vento e vim desejar para ti Um Feliz Natal-com Paz,com a Essência do Amor e este Amor em Doces Rimas complete as tuas metades.Gostei de te ler.Sensibilidade a flor da pele.Bjus\Mil\Flor*

    ResponderExcluir
  12. Toninho...
    Obrigado pelas palavras no blog da Malu, sobre meu simples poema "Antítese e Paradoxo".
    Fiquei lisonjeado com seu comentário. Mesmo!!!
    Parabéns pelo lindo poema, onde a saudade é palavra pesada que nos deixa o coração em pedaços. Retrataste bem esse sentimento.
    O poema é lindo e a moldura musical muito maravilhosa!
    Parabéns.... virei sempre aqui...

    ResponderExcluir
  13. Olá amigo, é muita saudade!! Saudade essa que dói no peito!
    Gosto muito do seu jeito de poetar...a música também, muito linda!! Perfeita sintonia!

    Beijos!!♥

    ResponderExcluir
  14. Olá, amigo Toninho
    Em primeiro lugar, quero agradecer por ter aceito o meu convite para participar da III Blogagem Coletiva de Natal...
    Já está listado e linkado no meu blog...
    Deus te cumule com muitas alegrias e, de uma forma toda especial, as espirituais...
    "O clamor da presença constante"... é imortal!!!
    Bjs fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo, saudades é um sentimento cortante, principalmente qdo a sentimos por um grande amor! Abraçosss adorei a musica!

    ResponderExcluir
  16. Meu amigo ler e reler uma obra linda mas que em mim toca fundo demais, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  17. parabens!!!!!!!!!!!!!!!!! a saudade,repousou sobre o amor.

    ResponderExcluir
  18. Que a saudade amorosa chegue leve e envolva os seus dias dos encantos transformados em poesias.
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Mineirinho

    Felizes os poetas que podem expressar esse sentimento de uma forma tão linda! Mas é preciso conhecê-lo para versar sobre o tema com tanta propriedade. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Haja coração! E tomemos aos goles poesias lindas
    beijos

    ResponderExcluir
  21. Muita linda e terna tua saudade amigo. Bjus
    Se puder visite meu blog de contos, que postei um conto novo hj vou deixar o link:
    http://soltandoamente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. A saudade e a ausência
    Que teimamos em sentir.

    Magnífico!

    ResponderExcluir
  23. Saudade é coisa danada Toninho, ela surge mesmo que não estejamos preparados pra ela, bole, mexe em tudo por dentro e a coisa mais difícil do mundo é tomar fuga...

    abraços mil meu amigo

    ResponderExcluir
  24. Se deixou saudades é porque foi maravilhoso, e se foi maravilhoso valeu a pena lembrar!

    Beijão

    ResponderExcluir
  25. Saudades boas assim Toninho_ vale a pena sentir, até porque sempre marcamos a volta,Aguarde-a.
    só não pode ter insônia rs
    Vai domar essa saudade de alguma maneira ,até mesmo com esse poema que de certo já amenizou também meu coração.
    deixo abraços

    ResponderExcluir
  26. VIM VELAR O SONINHO DO MEU AMIGO QUERIDO !!!!
    E ENCONTRO ESSE LINDO POETAR FALANDO DE SAUDADES...EU TBM SENTIR SAUDADES UM DIA,RSRSRSRSRSRSRS
    BJS DE BOA NOITE!!!!!

    ResponderExcluir
  27. Lindoooooooo, quem lê pensa que a saudades é sua meu amigo, a veracidade é tanta que da vontade de te consolar...ficou suave como a foto...embora me parece que a foto foi a inspiração né...parabéns...dia lindo pra você amigo...

    ResponderExcluir
  28. Oi Toninho

    Outro lindo poema com jeito de canção. Que a saudade te inspire lindos
    trabalhos como estes.

    Uma linda tarde para você.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Andei por longe, não foi culpa minha, mas do trabalho. Muita correria no fim de ano. As coisas se ajeitam, né!
    Saudade inspirada assim até dá na gente vontade de sentir também. Perfeita harmonia entre palavras, sons e imagens! Parabéns pelo talento indiscutível! Abraços.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.