Páginas

sábado, 4 de maio de 2013

Lentamente no olhar.





Foto Propria_Praia de Itapuan_SSA







Repouso os olhos sobre a imagem,
Como sobre o mar os navegantes.
Misto de emoção, medo na viagem,
Assim vive os corações dos amantes.

Lenta aflora a linda lembrança,
Recria cada passo desta emoção,
Que me alucina nesta andança,
Agitação no repique do coração.

Uma brisa vem com teu perfume
Que paralisa a minha inquietação
Nos olhos uma gota se desprende
Explosão de euforia em arrastão.

E de mãos dadas sigo pela praia,
Onde teu nome escrevi na Palma,
Que se exibe numa linda falésia,
Onde pouso os olhos e me acalma.

Assim tua presença me invade
Como estas ondas sobre a rocha
Que neste continuo bate e rebate
Acende o corpo como uma tocha.

Toninho.
27/04/2013.

Bom fim de semana.

terça-feira, 30 de abril de 2013

Lembranças de uma vila operária.



Imagem Google








Ao longe vejo vindo o caminhão,
Sob a poeira vermelha da vila.
Homens e maquina na estação,
Cansaço é tudo em cada mochila.

Retorno dos bravos trabalhadores,
De mais um dia de dura jornada.
A serra que guiou os descobridores
Imponente numa mata fechada.

É lá que eles buscam o sustento,
Da família que reza apavorada,
Ao som de explosões do momento,
Que sangra a serra dinamitada.

Ainda vejo últimos raios solares,
Na boca da noite que se apresenta,
Homens cansados vão para os lares,
Arrastam-se pela rua poeirenta.

Caminhão na curva desaparece,
Faz uma festa com ultima buzina,
O menino sorrindo feliz agradece,
Corre ao abraço do pai na esquina.

Toninho.
30/04/2013

Parabens a todos trabalhadores. 
Bom feriado a todos.
******************************************************
1-Homenagem aos trabalhadores de todo Brasil, que deixam seus lares, para obter o sustento da família, muitas vezes desrespeitados em seus direitos e explorados em sua força. Um parabéns especial a todas as mulheres eternas trabalhadoras numa luta sem fim, sem remuneração e ainda com tratamento desigual e as vezes desumano.
 *****************************************************
2-Minha infância se passou numa vila de operários da Vale. No fim do dia, as crianças esperavam para ver o caminhão (atração naquele tempo) que trazia seus pais e disputavam o primeiro abraço e carregar a sacola com a marmita, que eles carregavam.

domingo, 28 de abril de 2013

Mindim_Fauna morta
















Tatu
Paca
Mico

Homem
Caça
Mata.

Como
Pode,
Querer

Salvar
Nossas
Matas?

Fogo
Tiros
Bombas.

Mangue
Que
Morre

Cobras
Sapos
Aves

Tudo
Morre
Aqui.

Pela
Vida.
Parem!

Toninho.
28/04/2013
 *********************************************
Mindim é uma estrutura poetica criada pela poetisa Luna Di Primo. Confira.
************************************** *******
 O avanço da construção civil sobre as reservas tem provocado a presença constante de animais(cobras, jacare, micos, etc) nos quintais das residencias proximas, o que tem sido motivo de preocupação.
**********************************************