Páginas

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Flores mortas.










São flores mortas pelo terreiro,
Que se Espalham pelo caminho,
Vidas esquecidas num canteiro,
Dói o coração com0 um espinho.

Ainda assim sente um perfume.
Vem da estação como herança.
Uma lembrança que ainda une,
As duas vidas nesta esperança.

Agora ao passar pela estrada,
Apenas ouço soluços desta flor,
Que sem perfume é rejeitada,
Nada mais significa de amor.

Se assim forem as nossas vidas,
O amor há de ser a fecundação.
Para renascer a flor preterida,
A alma que perfuma o coração.

Toninho
14/11/2013   
*****************************************************
Um bom feriado a todos e que a esperança seja nossa companheira.





segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Bem-te-vi



Bom dia meu Bem-te-vi.
Bom dia meu Sanhaço.
Que nesta manhã de Sol,
Entre folhas faz o regaço.

Seu canto me denuncia
Bem-te-vi, pela manhã.
Pousa sobre o anonimato
Que faz sentir o todo doce.
Que vem no bico do Sanhaço.

Na fartura da ceia matinal.
Sanhaço sabe bem do sabor
No bico fruta doce do quintal.
Admirado penso no meu amor

Na linda reunião de pássaros,
Que cantam em meu quintal
Na mais linda sintonia a entoar,
Isto me encanta, vem inspirar.

Neste encontro com a natureza,
Sou abraçado pelas lembranças,
E Lépido solfejo aquela canção,
Sopro de uns versos da esperança,
Que se aninha em meu coração.

Toninho.
11/11/2013
**************************************************
Uma linda e boa semana a todos.
Tenho tido uma certa dificuldade de visita-los mas o farei com fidelidade costumeira.