Páginas

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Salve São Jorge





Nascido na Capadócia de paisagens lunar, região da Turquia, assim diz a lenda que era militar e guerreiro, com proeza de salvador de uma bela princesa, das garras de um dragão.

Vivi minha infância lá no interior de Minas, onde a lua se fazia exuberante nas noites. Lá nós meninos fomos levados a crer, na imagem do São Jorge em seu cavalo branco a espetar um dragão. Com olhos fixos no céu naquelas noites de lua, de pouca luz na cidade, poderia jurar de dedos cruzados que realmente o via tão claramente, com a mente de quem não mente, sendo uma criança certamente.

São Jorge se fez presente por toda minha infância, onde ostentava no peito sua imagem, amarrada num barbante, daqueles usados para amarrar aqueles pães grandes, que os adultos carregavam debaixo do braço. Mas voltando a Jorge, o santo se tornou forte candidato a derrubar os status de todos os santos protetores. O guerreiro Jorge, foi logo adotado por um time paulista, como o vencedor destemido. O carioca Jorge Bem cantou suas façanhas por ter seu nome em sua homenagem. Para outros tem o poder contra as armas da maldade, facas, espadas, armas de fogo, que caem pelo chão. Até mesmo as correntes e grilhões das senzalas, não prenderiam negro algum. Assim lá nos frios e festivos porões dos engenhos/senzalas, Jorge logo se instalou na figura de Oxóssi.

Definitivamente Jorge sentou Praça no Brasil e se fez poderoso no Rio sem querer desbancar o também guerreiro São Sebastião. E não foram raras as vezes, que em noite de Lua Cheia se avista um cavalo branco voando por sobre as serra deste país nos finais de semana, sempre pousando num campo onde o time do Parque São Jorge joga. 

Eu também que nada sou bobo, me agarro à sua veste e escondo sob seu manto para que nada de ruim me aconteça. Hoje Jorge é celebrado por todos que o respeita e lançam seus olhares para o Céu, pedindo proteção e guarda de todos familiares e amigos.

Três vezes Salve São Jorge!

Agô Bamba Oxóssi! 



Toninho.

12 comentários:

  1. Salve Jorge!!! Que lindo te ler e ver essa homenagem ao santo guerreiro que todos nós tão bem conhecemos!
    Sabes que na cidadezinha onde Kiko se criou na Itália, pertinho de Roma, hoje é feriado. Fazem feiras, festas, tudo pois ele é o santo patrono de Nerola. É festejado lindamente!

    Assim, aqui, lá ou acolá ela está!! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi, Tonin!
    Eu também fui criada junto aos devotos de São Jorge. Também o via se escapando da lua, enquanto com a "primaiada", me deitava solta no terreirão de café, admirando o céu noturno.
    Neste final de semana, repeti a dose: fiquei lá deitadinha, na noite escura da serra, naquele terreirão acimentado. Tão melhor que ver televisão...

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo meu poeta! Como é intenso esse brilho que mesmo dentro da lua, faz a terra parecer nua, Parabéns por traduzir tao lindamente.

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Toninho, adorei suas palavras, não ouso dizer que sou adepta deste santo, mas meu imaginário infantil também foi fantasiado por ele na lua, enfrentando um dragão.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Salve Jorge! Adiante Deus e A Virgem Maria,os doze apóstolos meus irmãos...
    lindo amigo,lindo
    Já tive provas lindas da proteção dele
    abraço amigo

    ResponderExcluir
  6. Salvé!!!

    Aqui, em Inglaterra, onde eu vivo, S. Jorge é o padroeiro, mas nao é feriado!! Que falta de respeito.

    Kandandu

    ResponderExcluir
  7. Salve Jorge!, bom dia Toninho,O Rio de Janeiro é o seu reduto, mais o Nordeste todo venera S. Jorge, houve verdadeira confusão quando a Igreja achou por bem o tirar devido o exagero dos devotos, hoje eu não sei se ele voltou, foi tempo que me tornei EspÍrita, e nõs não temos santos só espiritos iluminados, S, Jorge deve ser um deles, que ele continue a sua proteção, protejando-o de todas as maldades. Abraços. Celina

    ResponderExcluir
  8. Salve São Jorge....
    Abraço Lisette

    ResponderExcluir
  9. Querido Toninho
    Já tinha ouvido falar muito bem deste Santo!
    Obrigada por todas as informações que nos trouxe sobre ele.
    Salvé São Jorge! Que nos proteja e a todos os nossos familiares.
    E que ele cuide também de si, amigo Toninho.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da homenagem, São Jorge, guerreiro, o que faz cumprir a lei, na Umbanda ele não é Oxóssi, ele é Ogum, e São Sebastião é que é Oxóssi, nunca entendi muito esta troca, mas o que importa, nada, importante é a fé, abraços Luconi

    ResponderExcluir
  11. Que bonita homenagem,Toninho! São Jorge guerreiro lá na lua em seu cavalo! Adorei! bjs,

    ResponderExcluir
  12. "Andarei vestido e armado, com as armas de Jorge"

    Que seu fim de semana seja de paz Toninho...

    Beijos...

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.