Páginas

sexta-feira, 11 de julho de 2014

A arte pelos pés.

O futebol é esporte coletivo, que se tornou arte devido à habilidade individual de alguns futebolistas. Seu expoente máximo foi o jogador Pelé, coroado Rei do Futebol devido à facilidade e inteligência em fazer gols chegando aos 1000 gols na carreira. Cada jogador tem função definida neste conjunto. De quatro em quatro anos os países se reúnem para disputa da copa do mundo. Originário na Inglaterra, mas o Brasil se tornou a terra do futebol ao longo da historia, onde ele é praticado em qualquer espaço onde crianças e adultos se reúnem.

Quem organiza a Copa do Mundo é a FIFA (Federação Internacional de Futebol Associado) sediada em Zurique na Suíça. Este ano pela segunda vez os jogos serão realizados em estádios brasileiros, a primeira fora em 1950, sendo que a ultima foi em 2010 na África. A competição crê no congraçamento das nações pelo futebol e combate ao racismo. Para tal são selecionados países de todos os continentes num critérios de eliminação no próprio continente. 

Jogar bola tornou-se bom negocio financeiro, atraindo atenção dos mais pobres, para a ascensão rápida na vida. Muitos jogadores em destaque no futebol vieram das camadas inferiores da sociedade, principalmente no Brasil e África onde garotos deste cedo se lançam aos campos como única saída para resolver a vida difícil de suas famílias. Casos como do Ronaldo Nazário o “Ronaldo Fenômeno”, Diego Maradona argentino de comunidade pobre daquele país. Vários jogadores africanos encantam a Europa com os pés. Fato é que hoje muitos pais incentivam filhos ao futebol logo após os sete anos, provocando quase uma inversão de valores, que tem sido evitada pela exigência de vinculo escolar para qualquer garoto no exercício do futebol em formação.

Como em tudo na vida no futebol é preciso determinação, saber da importância de cada peça da equipe, saber posicionar no campo, contribuir com o coletivo e gerar resultados esperados. Para tal muitas vezes são acompanhados por profissionais especializados na área psicológica para incentivar, acordar em cada um a potencialidade, que explorada torna a equipe forte e respeitada e por consequência vencedora.

No futebol é fundamental a união entre jogadores e sintonia com os profissionais envolvidos. Para tal o técnico da equipe tem que ter controle e psicologia para gerenciar personalidades variadas, fazer a interação buscando o objetivo, sem que haja o estrelismo entre eles, prevalecer o coletivo e disciplina para a equipe jogar com arte objetiva, que requer o futebol vencedor. 

Para que o futebol se realize de maneira organizada, é preciso que haja um balizador, feito por regras, que limitam comportamentos e ações. O futebol é cheio de regras para o bom andamento das partidas. Assim existem os árbitros e dois auxiliares os bandeirinhas, que são treinados com os conhecimentos necessários para conter a violência e incentivar a cooperação entre os jogadores mesmo de equipes contrárias. 

A disciplina deve ser implantada ao longo da vida de um atleta, a começar na sua formação nas divisões de base das equipes, preparando o futuro jogador na sua carreira. No futebol usa-se muito o termo disciplina tática, que o jogador busca cumprir fielmente as orientações dadas pelo treinador, quanto mais disciplinado mais espirito coletivo este poderá exercer e assim se promover. 

Liderança é a capacidade que se adquire no tratamento com outras pessoas de diferentes personalidades, estimulando a exercer uma função e atingir os objetivos. Aqui é exercida pelo Capitão da equipe, escolhido pelo treinador, que dentro de campo, seja porta voz das orientações aos colegas e também de conversar e ou reclamar com os árbitros das partidas. É a principio a única pessoa em campo, que pode e deve se dirigir ao arbitro, bem como receber condecorações.

Na carreira futebolística os fracassos são constantes seja pela má fase de um jogador, ou por estar deslocado de uma posição, que melhor desempenha ou mesmo, por uma queda geral da equipe. Assim é fundamental, que este esteja preparado, para os reveses do futebol e assim permanecer com seu foco na recuperação da forma. Conhecemos casos de jogadores, que foram preteridos por algum clube e em outros se tornaram astros. Assim um jogador bem preparado sabe enfrentar este momento como aprendizado e aprende reverter a situação para alcançar o sucesso, fazendo uso de sua arte com os pés.

Toninho.
06/05/2014

Texto solicitado antes da Copa, por uma escola de Maceió para embasar uma palestra para os jovens alunos, que prazerosamente desenvolvi e compartilho agora com vocês aqui. 

Como a maioria também assustei com a derrota brasileira pela elasticidade, mas nenhuma surpresa da queda..

Um bom fim de semana a todos. 
Um nota triste foi a perda da mãe por nossas amigas Vera e Marilene e que Deus e o nosso carinho possa conforta-las.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Semana colorida da Anne_de papo pro ar.



Venha ficar de papo pro ar passe lá no blog da Anne com um click em.
Nada melhor que acordar, sem ter que fazer nada, além de se jogar numa rede e ficar de papo pro ar, numa varanda, donde se pode ver todo o campo com suas imensas arvores e cantos de pássaros variados.
 

E quem não gosta de um cafuné preguiçosamente?



Depois de um grande almoço Totó não escolhia o lugar e sempre recebia uma bronca.
   



E como não sentir a leveza da paz que vem de um gatinho relaxado na sua dorminhoca?
   


E de papo pro ar eu às vezes me deixo levar em lembranças, ao som de musicas antigas que marcaram toda uma década, daí vem a escolha da musica do vídeo acima do compositor Joubert de Carvalho . Mas eu não toco uma viola, então me limito a sonhar e versar toda esta saudade.

E você , quando de papo pro ar, o que mais lhe vem na mente?
Ah, então volte lá na Anne menina-voadora.blogspot.              
e nos mostre.



Toninho.
07/07/2014
****************************************************