Páginas

segunda-feira, 13 de abril de 2015

O amor vem da janela



Quando se cerram as cortinas,
dispara o meu dorido coração,
o momento que noite termina,
quando vivemos nossa emoção.

Que bom seria a noite infinita,
viver um amor de beleza pura,
ouço lá fora o vento que apita,
na fresta da janela da ventura.

Quando exausto de tanto amar,
em teus olhos verei a ternura,
como a mágica que faz recriar,
doce momento numa candura.

Então vejo a luz do amanhecer,
anunciando a triste despedida,
esboço um riso para não sofrer,
tomo tuas mãos, beijo-te querida.

Toninho.
12/04/2015
Apenas uma inspiração.

Uma boa e bela semana a todos.

27 comentários:

  1. Bonita poesia!...Bela inspiração...
    Um abraço,Élys.

    ResponderExcluir
  2. Um lindo momento cheio de sentimentos ,gostei muito ,um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Linda a tua inspiração!
    Ótima semana amigo!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  4. Linda ,linda inspiração,Toninho! O amor encanta e inspira! abração, ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  5. Olá Toninho , que surpresa ouvir um fado e com uma poesia com aromas fadistas! A sua sensibilidade está aqui , com toda a genuinidade poética meu amigo ! E onde está a inspiração ? Aí de certeza ! Grande abraço !

    ResponderExcluir
  6. E que inspiração, hein, amigo, linda.
    Grande abraço e uma bela semana pra você também.

    ResponderExcluir
  7. Que belo poema meu amigo!
    Continue com sua linda inspiração... adorei.
    Quero agradecer-lhe amigo, as lindas palavras, que vai deixando, nos meus cantinhos, onde muitas vezes deixo meus desabafos! Muito obrigado pelo carinho, e sua atenção.
    Tenha uma semana abençoada!
    Beijo fraterno, amigo em Cristo Jesus*
    Josélia

    ResponderExcluir
  8. Oi, Toninho!
    Cabe aos amantes viverem apenas dos instantes.
    Que delícia fossem as dificuldades apenas momentos de espera... rs.
    Sabe que saiu uma pesquisa recente dizendo que o fado nasceu no Brasil?
    Boa semana!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Para não dizer que estou falando asneiras (rs*)
    http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/posts/2015/04/13/a-coluna-de-hoje-564754.asp
    + Beijus,

    ResponderExcluir
  10. Que bonito ,Toninho!
    Os momentos sublimes do aconchego quando as cortinas fecham-se ! e a vontade de perpetuar esses instantes ,
    Mas, há amanheceres...
    Gostei muito e deixo um abraço grande

    ResponderExcluir
  11. Como você é romântico, meu amigo!
    Lindo momento de inspiração.
    O fado foi escolha perfeito para embalar a leitura dos versos.

    Pois é, lamentei a derrapada do nosso time, mas nada que não possa ser revertido, né? Sempre lembro de você quando nosso 'azulado' está em campo.

    Dias de paz luz para você.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Que lindo amigo!Quanta ternura romântica.nesta poesia.Agradeço a visita.Abraço

    ResponderExcluir
  13. Que romântico, meu amigo! Talvez seja no silêncio e na noite de janelas cerradas, que se viva reais momentos de grande ternura, levados pela alvorada. O fado é melancólico como as despedidas. Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Toninho,
    Você é sempre inspirado!
    Gostei muito do romantismo e delicadeza do poema.
    A imagem também é linda.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Que inspiração amigo! O poema e o fado,uma junção perfeita...Ficou simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO.
    bjsss

    ResponderExcluir
  16. Ai! Ai! doce é o momento do amar. Lindo seu poema. E o fado traz-me sempre o som do choro da despedida.

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Toninho.
    Que linda poesia, meu amigo você é muito romântico, sensível, amei ainda mais as ultimas palavras, lindo demais. Obrigada pelo apoio, pelas suas palavras que sempre relembro com carinho, que Deus o abençoei. Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Querido amigo poesia muito linda!!!!

    ResponderExcluir
  19. Simplesmente linda a sua poesia, Toninho
    Linda tarde para tí, amigo
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  20. EXCELENTE TU ROMANTICISMO!!!
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  21. Que bom seria a noite infinita...
    É o que queremos quando estamos
    como o ser amado... ai que lindo Toninho!!!!
    Grande beijo querido ;))))

    ResponderExcluir
  22. Boa noite, querido Toninho.
    Momentos de amor, que infelizmente, em muitas situações possuem um fim, que o destino fez questão de escrever, contudo, há tanta intensidade em teus versos, delicadeza e beleza, que não tem como não se apaixonar por sua poesia.
    Caberá ao futuro continuar ou não essa história.
    Vi uma leveza apaixonante, principalmente, quando ele beija as suas mãos.
    Parabéns.
    Tenha uma semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  23. Sempre aplaudindo o teu talento.
    Inspiração é inspiração e vai além do que imaginamos, transpiramos ao criar, e isso é belo.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.