Páginas

terça-feira, 29 de março de 2016

Ditadura do ciúme.




O ciúme desceu febril até coração,
as afiadas garras ritos de desamor,
que tanto se mata sem compaixão,
ébrio o coração agoniza numa dor.

Como pode ver os olhos a inverdade,
Derramar a sua lava de puro ácido,
para deformação de uma realidade,
que faz o amor desequilibrar flácido.

sonolentos dias são como ponteiros,
do relógio esquecido numa parede,
é um som desafinado no dia inteiro.
assim é a saudade, que tudo impede.

não fosse a força do ciúme doentio,
não viveria o desespero da insônia,
contar as horas vazias sob o domínio
da tristeza, na conta da melancolia.

Toninho
23/03/2016

**********************************************


Zumbi


Parabéns Salvador pelos 467 anos.
Obrigado Salvador por me acolher 
29/03/2016


21 comentários:

  1. O ciúme é fogo e faz delirar e fantasiar... Linda poesia! parabéns para Salvador e seu povo nesse niver! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. ~~~
    O ciúme exacerbado
    pode ser uma doença mental horrível,
    muito bem explícito no seu poema, Toninho.
    ~~~
    Apaixonei-me pela Baía, a partir dos livros
    de Jorge Amado.
    Há muito que gostaria de visitar a cidade e
    arredores, mas ainda não surgiu oportunidade.
    ~~~
    Sabe que, quando ando deprimida, agarro-me a
    um livro do «Leãozinho»? É uma terapia que
    garante-me sempre sucesso.
    ~~~
    ~ Parabéns a Salvador e ao poeta mineirinho
    que acolheu e salve Iemanjá!
    ~~~
    ~ Um bom abraço de amizade baiana.
    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Majo. Voce não usa blogger né?
      No Sarabanda é colaboradora?
      Um abração com carinho.

      Excluir
    2. Está para muito breve, a abertura do meu blogue, Toninho.
      No «Sarabanda», apenas colaboro com comentários de leitora amiga, tal como faço no seu cantinho.
      Não sou coautora.
      ~~ Beijo amigo.~~

      Excluir
  3. O ciúme, não faz bem não,
    porque, causa desavença
    além de magoar o coração
    da paixão deixa doença?

    Belo poema, gostei, amigo Toninho, boa noite, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. O ciúme é complicado..
    Salvador , já estive aí três vezes, adoro suas areias finas e sequinhas.
    abraço!

    ResponderExcluir

  5. Tenho uma janela por onde vara cores de momentos
    E uma eterna mania de sonhar.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, amigo Toninho!
    É um sentimento simplesmente horripilante... deixa marcas indeléveis na alma...
    Fui sombreada por tanto ciúme de mãe e de marido (na época) e era horrível...
    Aprendi uma coisa: só se tem ciúme de quem nada faz de errado... quem faz sabe fazer e o outro fica de bobo na corte... pelo muito que vi pela vida afora...
    Denota nítida insegurança...
    Seria tão bom que os relacionamentos de um modo em geral (fraternos também) não fossem permeados pelo ciúme, inveja e outros... ah! se seria...)
    Tenho pena de quem o sente pois destrói o coração... o sangue não bombeia mais livremente...
    Bjm muito fraterno e pascal

    ResponderExcluir
  7. Amigo Toninho,

    O ciúme deve ser marido da inveja.
    Sentimento torpe que causa dor e até morte.?
    Ainda bem que não sou ciumenta! Rsrsrs
    Salve a Bahia! Salve Salvador!
    Preciso voltar aí, passei dias maravilhosos visitando essa cidade linda, que amei tanto.
    Com meu novo visual, hoje, a primeira coisa que faria era trançar uma parte dos meus cabelos.
    Toninho, você é mineiro, eu sou paulista, mas sabe de uma coisa?
    Nós temos "cara de baiano", vixe?

    Boa semana com muita luz!

    Bjks

    ResponderExcluir
  8. Bonito poema!
    O ciúme doentio é triste e destruidor...

    ... E PARABÉNS PARA LINDA SALVADOR!!!

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Oi poeta
    Ciúme excessivo não presta, é doentio, fatalmente acontece algo muito ruim.
    Que beleza as fotos de Salvador, parabéns, 467 é um bocado de anos.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns para essa terra que te acolhe e eu ainda não conheço!
    E parabéns também pelo poema que tão bem soube falar do ciúmes que corrói e distorce toda a realidade e os bons sentimentos.
    beijo!

    ResponderExcluir
  11. O ciúme dilacera o coração e corrói a alma ao ponto de deixar cego quem sofre de tamanha maleita ,maravilhoso amigo Toninho um poema riquíssimo,um grande abraço .

    ResponderExcluir
  12. Boa noite Toninho.
    Um belo poema, realmente o ciume é destruidor, para quem sente e para quem é o alvo do ciume. Acaba relacionamentos e muitos vezes torna-se ate o motivo de grande desgraça. Amei ver as imagens da nossa cidade. Um feliz fds. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Bela expressão e como faz mal o ciúme, se não fosse doentio, apenas zelo seria de tudo ao amor atento, mas quando corrói e causa violência ai sim engana e cega. lindo poema poeta.

    ResponderExcluir
  14. Oi Toninho
    O ciúme quando descontrolado pode causar muitos danos aos amantes. É corrosivo - devagar acaba com o sentimento calmo que tão bem faz ao amor.
    bons dias amigo _bom demais vir te ver nesse espaço verde-esperança.
    abraços

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho,
    Adoro Maria Monte.
    Poesia lindíssima e um beijo para salvador que não conheço
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  16. Meu amigo, Salvador é um canto precioso desse nosso Brasil. Uma cidade que visito com prazer.

    O ciúme doentio, inspiração para seu poema, é devastador. Fere os dois, quem o sente e quem dele é vítima. Não combina com o amor. Um poema belo, com fundamente sempre atual, pois estamos a conhecer, todos os dias, demonstrações de violência provocadas pelo ciúme. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. o ciúme é um sentimento de posse que destrói o amor, desfigura o ser e atormenta a vida. pom que expressa esta dura realidade de algumas pessoas que sofrem doentiamente de ciúmes.

    ResponderExcluir
  18. Verdade,Toninho. Um ciúme exagerado faz ver situações inexistentes gerando confusão, cólera e uma grande agonia.
    Há de ser muito cuidado com esse sentimento.
    Creio que um ciúme natural qualquer um pode ter, mas é preciso muito cuidado.
    Insegurança é a nascente do ciúme.
    Aplausos.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  19. Verdade,Toninho. Um ciúme exagerado faz ver situações inexistentes gerando confusão, cólera e uma grande agonia.
    Há de ser muito cuidado com esse sentimento.
    Creio que um ciúme natural qualquer um pode ter, mas é preciso muito cuidado.
    Insegurança é a nascente do ciúme.
    Aplausos.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.