Páginas

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Onde me levam os sonhos



Sonhei viajar pelas nuvens
como folha desgarrada
da arvore nua
pelo vento sul
no Outono.

Deixa que eu perambule sozinho
no mais lindo céu azul anil
ao som das trombetas
do alegre Serafim.

Preciso ir contigo pelas estradas
nem sempre tão floridas
mas lá, bem sabemos,
há amor sem fim

Agora vamos navegar, pelo verde
mar das montanhas Gerais,
que tocam o Céu azul.
Lá cantam cotovias
o canto mais belo.

Depois extasiados de encantos
tocar nas águas cristalinas
da cachoeira que lança
suas águas nas pedras
no lindo lago azul.

E quando em fim a noite chegar,
deitarei a minha cabeça
no teu colo perfumado,
olharei a lua cheia
nos teus olhos.
Flui a poesia.

Toninho

29/03/2016
Veja mais aqui toninhobira.blog
******************************************

33 comentários:

  1. Que lindo lugar onde teus sonhos viajam...Beleza de poesia e composição! Sempre primorosos teus trabalhos, Toninho e ainda a escolha da música! abração, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, amigo Toninho!
    'Não são amigos de ninguém'... é verdade!
    Assim estamos rodeados: de falsidade sem fim... que pena!
    Mas, seus sonhos elevam nossos pensamentos ao único que pode nos dar felicidade sem fim e fazer de nós pessoas menos infelizes e não desbancados pela dor diária da incompreensão: DEUS...
    Que Ele realize todos os sonhos dos puros coração...
    Música linda, embalou minha manhãzinha que encabeça um árduo dia por aqui, muito obrigada pela partilha bela!
    Saí mais tonificada ao ler sua poesia...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  3. Encontrei o seu blogue através de um amigo comum. Li alguns poemas e gostei muito. Parabéns pelo talento que as suas palavras revelam.
    Um abraço, caro Toninho.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Toninho!
    Belos versos!
    Me senti como essa folhinha voando nesse belo local fotografado. Até senti um pouco da brisa em meu corpo.
    Abraços esmagadores e feliz dia.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia toninho! Hoje chegando no blog encontro seus belos comentários.Como fico feliz.Ando realmente muito afastada. Mas Sempre que encontro um (a) Conterrâneo é felicidade. Esta identidade saudosista destas nossas montanhas, do nosso verde que parece ser diferente de outros lugares-pena tão maltratado.Saudades da nossa típica gastronomia.Mineirice é isto e muito mais. Obrigada.Volto logo, espero. Abraços. Edna Campos.

    ResponderExcluir
  6. ~~~
    Este poema de profunda e viva saudade está
    belíssimo e emocionante!
    Montanhas, vales, rios e cachoeiras da sua
    meninice povoam os seus sonhos de eterno
    «mineirinho»...

    Nem o mar baiano, nem Iemanjá possuem poderes
    para os apagar do seu coração e memória, com
    razão - as suas montanhas são fantásticas e
    o seu talento poético maravilhoso!

    ~~~ Abraço, amigo Toninho. ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Majo é tão lindo ler seus comentários,fico muito grato pela sua constante e amável visitas com olhos de poesia. É bem assim como sua reflexão.Quem comenta assim, já passou da hora de ativar o blog, para nossa alegria.
      Um abração.
      Beijo de paz.

      Excluir
  7. Queria morar no sul de Minas, e ter motivos pra sonhar...no clima ameno, nas paisagens imaculadas, criar poemas e plantar flores, abençoando a quem chegar...
    Um grande abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Toninho,
    Que lindo poema!
    Sonhos que levam o poeta viajar por belas e verdejantes paisagens e a desbravar horizontes repletos de paz e harmonia.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi querido amigo Toninho. Que beleza de inspiração.
    Viajei junto lendo cada palavra deste lindo poema, relembrando as nossas montanhas belíssimas, aquele ar puro! Que terra boa a nossa heim Toninho?
    Um abração, com carinho!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  11. Sempre muito bom chegar aqui e encontrar tão boa poesia.
    Desejo que o amigo esteja bem.
    Abraço
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  12. Meu amigo, nossas montanhas, nossos rios, nossas planícies, nosso céu... moram em seu coração. E por toda essa riqueza pode viajar em sonhos, porque a conhece bem. Pode cantá-la com propriedade e beleza, conforme o fez nesse poema.
    Lindo! Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Viver e sonhar ,maravilhoso momento caro amigo Toninho ,desejo-lhe muitas felicidades um grande abraço ,peço desculpa pela brevidade mas ainda estou no trabalho .

    ResponderExcluir
  14. Caro amigo,que beleza de versos você nos brindou hoje,você é tão talentoso, escreve com o coração, com a alma, além de ter um bom gosto musical muito grande.
    Parabéns, Toninho.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite Toninho.
    Meu amigo o seu belíssimo poema me fez sonhar junto rsrs, pelas belas coisas lindas da natureza, mar, rios, cachoeira, subiu montanhas nunca subir , mas é um sonho meu. Você detalha paisagem que parece que nós faz fazer essa linda viagem ao passado, o meu tempo de menina rsrs. Um enorme talento dos bons poetas, quando consegue atingir o nosso coraçao e emoção. Meus parabéns pelo seu talento. Um enorme abraço.

    ResponderExcluir
  16. Ah! amigo Toninho escrevestes meu desejo, quem me dera viajar pelas terras de MInas e Goiás. Minha mãe tá indo esse mês ver o bisneto que vai nascer e deixa saudade em nós, dos rios, do verde, do céu azul, do calor , das flores , das riquezas, do sotaque mineiro. que vontade, viajei com vc. Tem novidades no poesia

    ResponderExcluir
  17. Obrigada, poeta, pelo lindo haikai que me eixou nos comentários. Fiquei muito feliz. Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Belíssimos versos, querido amigo. Abraços...

    ResponderExcluir
  19. Toninho ,
    Entendo essa divisão entre as serras Gerais e o mar
    salvadorenho. É por onde flui a poesia que nos traz de presente. O colo perfumado da Pátria.


    ResponderExcluir
  20. Belíssima poesia onde os teus sonhos viajam junto com a natureza.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Toninho,

    Pelo visto o Outono "anda" mexendo com nosso romantismo, amigo!
    Linda poesia, cheia de encanto e magia.
    Belos sonhos! Sonhar é bom.
    Amigo, semana que vem, vou publicar mais fotos daquela casa que mencionou no meu post, lembra?
    Ela não é de pedra, mas é uma graça assim como outras duas que cliquei junto à praça.
    Você pensou que ela ia escapar dos meus olhos?
    Nem morta! KKK

    Bom finde!

    Bjks

    ResponderExcluir
  22. Maravilhosa poesia amigo, e que bela viagem fizestes! Toninho, parabéns por mais uma linda postagem!
    Um grande abraço
    Amara

    ResponderExcluir
  23. Fazer uma viagem dessas, pelo espaço e pela natureza, em momentos de paz, é maravilhoso , Toninho. Mas, foi mesmo só um sonho?
    Beijos, amigo e ótimo dia!!!

    ResponderExcluir
  24. UFFFF BELLISIMO TU POEMA!!!
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  25. A delicia dos sonhos abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  26. Uma linda sincronicidade de som, palavras e imagens poéticas. Muito romântico. Adorei. Bom final de semana. bjs

    ResponderExcluir
  27. Uma linda sincronicidade de som, palavras e imagens poéticas. Muito romântico. Adorei. Bom final de semana. bjs

    ResponderExcluir
  28. MInas sempre inspira. Minas nos remete ao frescor, à chegada do outono, a serenidade...

    Lindo!

    Grande abraço poeta

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  29. Quanta inspiração.É bem assim os sonhos nossos de cada dia.
    Vamos vivendo e sonhando,eles nos ajudam caminhar.
    Obrigada pelo passeio no blog.
    Quanto tempo aquele post. Nem imaginava que chegaria a tantos anos depois.
    Mesmo bastante ausente, transformando um sonho em realidade.
    Obrigada conterrâneo.
    Abraços Edna Campos.

    ResponderExcluir
  30. Um belo poema, Toninho. Como dizia o poeta: Pelo sonho é que vamos, comovidos e mudos...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  31. Bonito sonho de Outono, Toninho, folhas que podem nos levar longe, e por outra maneira, forram o chão também de sonhos lindos, com suas flores - ainda não mortas - que prestam uma homenagem linda e colorida à vida.
    Beijos, amigo.

    ResponderExcluir
  32. Bonito sonho de Outono, Toninho, folhas que podem nos levar longe, e por outra maneira, forram o chão também de sonhos lindos, com suas flores - ainda não mortas - que prestam uma homenagem linda e colorida à vida.
    Beijos, amigo.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.