Páginas

terça-feira, 10 de maio de 2016

Poema pequeno


Havia uma imensa angústia
de um coração aflito,
nenhum grito esboçou
neste labirinto.
Pensou que fosse o fim,
era apenas o começo,
de uma saudade
infinita e crua
alojada no peito.
Sem mais jeito
como o Filho sob a cruz,
seguiu resignado.

Toninho.
08/05/2016
Meu outro blog toninhobira.blog

*************************
Uma nova semana
Muita paz e luz
para todos.

28 comentários:

  1. Que lindo e sofrido poema. Bela música e com ela, homenagem aos amigos e amigas de Portugal! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Saudades sufocada, saudades que dói!
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Um poema lindo, porém com uma imensa tristeza.
    Bonita canção portuguesa.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  4. Triste mas belo caro amigo ,um grande abraço Toninho.

    ResponderExcluir
  5. Oi Toninho
    Engrosso a lista dos comentários, muito bonito, mas muito triste e sofrido.
    Grande abraço e obrigada pelo seu enorme carinho comigo.

    ResponderExcluir
  6. Não há nada de pequeno neste poema, exceto o seu título

    ResponderExcluir
  7. ~~~
    Há, mesmo, pessoas que nasceram assim...

    Chamam-lhe má sorte, destino traiçoeiro,
    fado triste, como que uma predestinação
    à infelicidade...


    Por cá, andamos desanimados com mais uma
    semana de chuva e frio; neste tempo que é
    habitual haver calor, muita luz e vida.

    Boa semana de Outono para vós.

    ~~~ Abraço amigo. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dias melhores virão Majo.
      Grato sempre.Bjs

      Excluir
  8. Um lindo e triste poema. Bom dia de luz

    ResponderExcluir
  9. UN POEMA MUY SIGNIFICATIVO.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Toninho ;)
    Poema pequeno, mas grandioso em conteúdo...
    Triste, porém bonito.
    Essa angústia se parece muito com
    a dor da mãe que perde um filho.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Triste e lindo poema, a saudade machuca muito.
    Bonita a canção.
    Toninho, beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi meu amigo querido, um belo poema, pequeno mas sentido, a dor da perda, tristeza.
    Volto pra blogosfera devagar, pois não posso ficar forçando muito, mas é com alegria que te visito e te deixo meu mais carinhoso abraço!

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, Toninho. Poema bonito, real.
    Muitas vezes não temos mesmo o que fazer, a não ser resignar.
    Indiquei seus dois espaços ao Prêmio Dardos.
    A postarem está no Carinhos Em Selos.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  14. OI TONINHO!
    LINDO TEU TEXTO, PORQUE NA TRISTEZA TAMBÉM HÁ BELEZA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. ... e no labirinto o coração, por causa dos liames da saudade, bate compassadamente!

    Belíssimos e profundos versos, querido amigo!

    ResponderExcluir
  16. Muito lindos os seus versos, Toninho.
    Obrigada por brincar conosco.
    Tomara a situação do nosso querido Brasil mude e melhore, né?
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  17. Muito lindos os seus versos, Toninho.
    Obrigada por brincar conosco.
    Tomara a situação do nosso querido Brasil mude e melhore, né?
    Um forte abraço de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  18. Amei seus versos,amigo poeta!
    Hoje estamos com a esperança no coração e a coragem de mudarmos a situação tão crítica que vivemos!
    Bjos
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  19. Hermosa música y un poema desde el corazón escrito con mucha sensibilidad y algo de tristeza!!

    Gracias por compartir
    Con cariño Victoria

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde Toninho,
    Fabuloso poema a que chamarei de ENORME!
    Inspiradíssimo!
    Obrigada por compartilhar esta grande fadista portuguesa a quem também muito admiro.
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  21. Triste e lindo. Será que a dor, muito mais que a alegria, é uma grande inspiração, mesmo que imaginária?
    Sumido. Tudo bem? bjs

    ResponderExcluir
  22. Boa noite Toninho.
    Meu querido amigo, um poema tocante e lindo, tão sofrido é a saudade. Deveria publicar um livro seus poemas são sempre bem inspirado, seja na alegria ou na dor, consegue escrever maravilhosamente bem. Um feliz final de semana. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  23. Que lindo, o amigo mineiro a cantar a saudade embalado por um sentido fado. Bravo!
    Beijinho e um doce fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  24. Versos fortes da alma! Emoções extravasadas e sentidas com melancolia...
    Bom fim de semana... Abraços

    ResponderExcluir
  25. OI TONINHO!
    PEQUENO POEMA, MAS COM ENORME BELEZA E SENTIMENTO, GRANDE MESMO.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Lindo poema como sempre meu amigo Toninho! Um forte e saudoso abraço e Feliz Natal.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.