Páginas

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Tradução amorosa.



Vivo a olhar no céu por uma imagem,
a que seja uma tradução do meu amor.
Sei que ela virá como uma mensagem,
a coroar toda alegria do meu interior.

Enquanto ela não vem, vivo de poesia,
com rimas pobres versos soltos e tristes,
como o jardineiro durante a ventania,
com olhar mais consternado que existe.

Namoro todas as nuvens no céu celeste,
que deslocam lentamente para o norte,
mas nenhuma imagem feita me apetece,
e sigo olhando céu e pedindo pela sorte.

Lembro-me a única vez que a vi no céu,
era Primavera e com olhos encantados.
Vi corações entrelaçados por um anel,
foi emoção, que me fez tão enamorado.

Mas já sinto o perfume da primavera,
sei que aquelas nuvens aqui voltarão.
Buscarei pela imagem, findo a espera,
da desvairada procura pela tradução.

Toninho

20/08/2016
**********************************
Uma boa semana 
a todos.

29 comentários:

  1. Que linda poesia ,Toninho! Olhar pro céu é mesmo maravilhoso e cada vez algo novo vemos! Na tua poesia, sentimentos lindos! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. O amor traduzido num poema cheio de sentimentos!
    Gostei Toninho
    ...bj

    ResponderExcluir
  3. O amor traduzido num poema cheio de sentimentos!
    Gostei Toninho
    ...bj

    ResponderExcluir
  4. Olá caro amigo.
    É sempre tão bom vir aqui, encontramos tanta coisa bonita, que nos emociona e nos enche de alegria, amor, mesmo quando não estamos muito propensos a isto.
    Um grande abraço, poeta.

    ResponderExcluir
  5. Uma coisa Toninho é dizer: "vivo de poesia", outra muito diferente é viver da poesia!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, amigo Toninho!
    Está tudo azul por aqui e em seu blog, que maravilha!
    Nota-se o ardor da Primavera que já abarca seu nobre coração antecipadamente... o meu hoje é primaveril da mesma forma pois Deus nos concede os desejos do nosso coração de forma plena...
    Lindíssimos seus versos! A imagem é divinal!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  7. Que linda tua espera pela primavera , teu enamorar o céu, teu olhar latente por amor. Linda composição. No poesia tem muitas novidades

    ResponderExcluir
  8. OI TONINHO!
    E O CÉU, NOS MOSTRA SE A PRIMAVERA SE APROXIMA E LEMOS ISSO NAS NUVENS.
    MUITO LINDO, AMIGO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uau!
    Que poema lindo Toninho.
    A primavera também me traz uma imensa alegria. Teu poema tem cheiro de flores, e cada frase como se fosse compondo o nome delas. Ouso a pensar na primeira que amo margaridas. Um beijo meu querido amigo.

    ResponderExcluir
  10. Oie Toninho vim aqui te responder a pergunta lá no Poesia, pois não sie como responde por lá, as vitrolas não funcionam, é um museu num restaurante por aqui no RN e sempre que passamos lá a Alice brinca com as coisas do passado

    ResponderExcluir
  11. Que lindo, Toninho!
    Os céus de Outono e Primavera são cheios de histórias. Se olharmos atentamente podemos ler as nuvens.
    Amei seu poema, parabéns!
    Abraços e feliz dia.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito de seu poema, amigo Toninho. Como você canta em “Tradução amorosa”, poema deste post, a Primaverá não tardará. Virá com muitas flores e perfumes.
    Uma ótima semana.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Toninho,quando olhamos para o céu conseguimos ver as nuvens sorrindo para nós e nos mostrando o quanto é belo sentir esse momento.
    A primavera logo chegará e com ela virá os desenhos que fazemos nesse ato de sonhar.
    Gostei muito.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  14. Flavio Venturini deu o tom desta bela poesia! Buscar no céu os castelos de nuvens é sempre uma boa maneira de encontrar poesia e vc, com certeza, a encontrou! Bela demais! abçs

    ResponderExcluir
  15. Olá, Toninho!
    Tudo lindo por aqui: poema e música.
    Enquanto a imagem do amor não aparece no céu, melhor procurar pela poesia aqui na terra.

    ResponderExcluir
  16. Caro amigo Toninho maravilhoso poder contemplar toda a imensidão do céu decifrando cada transformação que nele existe ,mas é maravilhoso quando as palavras nos fazem sonhar imaginar tudo aquilo que os nossos olhos vêm e o nosso coração sente ,parabéns pelo maravilhoso momento ,um grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Oi Toninho, que maravilha de postagem. Tudo lindíssimo.
    Quantas imagens lindas podemos contemplar no céu!
    A primaverá chegará trazendo-nos muitas surpresas! Linda poesia!
    Um ótimo dia amigo.
    Abração,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde Toninho,
    Sempre gostei de observar o céu,
    e as nuvens que se formam em
    sua imensidão.
    A primavera trará lindas traduções...
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  19. Fantásticos versos, Toninho
    E a primavera logo chegará trazendo flores e alegria.
    Tenha uma linda tarde.
    Um abraço amigo de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  20. Boa noite querido amigo, teus versos sempre me encantam, tem algo de muito profundo, tão bom de ler, perfeita imagem e vídeo.
    Uma ótima noite e obrigada por seu carinho de sempre viu? Beijosssss

    ResponderExcluir
  21. O seu poema é tão belo, querido amigo, que fiquei emocionada, com olhos marejados...
    Há que preparar tudo para receber a pujante primavera com o maior esmero e alegria.
    Gostei da canção - também é muito especial.
    Dias agradáveis.
    Beijo e abraço de muita amizade.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  22. Olá, querido amigo, na medida que seus versos são lindos, bateu uma tristeza... Não sei se pela beleza, pela construção de certas frases ou pelo todo. Me deu um nó. Que sensibilidade, meu amigo, que delicadeza em tocar o coração da gente...

    "como o jardineiro durante a ventania,
    com olhar mais consternado que existe."

    Um dos mais belos poemas que li por aqui. Penso que os poetas sabem lidar muito com a tristeza.
    Beijo, Toninho.

    ResponderExcluir
  23. Olá Toninho!

    Quão bom é admirar as nuvens!
    Imaginar as imagens, sonhar, refletir...
    Desde criança a gente costuma fazer isso e é tão bom!
    Melhor ainda na companhia de Flávio Venturini!
    Belo poema, amigo! Parabéns pela sensibilidade!

    Lindo finde!

    Bjks

    ResponderExcluir
  24. Belo poema! Admiro muito quem consegue traduzir-se assim. Um excelente fim de semana para você. Abraço!

    ResponderExcluir
  25. Eu amo admirar todo tipo de céu. Céu para mim é obra de arte que Deus nos proporciona. Contudo, o meu céu preferido é o que está fazendo aqui hoje: céu azul e nuvens branquinhas que parecem algodão. Também gosto de admirá-las e descansar o coração e a alma nesta beleza única. Adorei o poema, amigo. Ótimo final de semana. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  26. Espera por um céu perfumado. "Porque quem espera, sempre alcança" e todos os anos a Primavera regressa, as suas preces poéticas serão atendidas, com toda a certeza.
    Que esse momento inebriante chegue em breve
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  27. Boa noite Toninho.
    São poucas as pessoas que consegue colocar nas poesias as emoções, o que você faz com exito. Um belo poema, cada céu tem suas historias, seja verão, primavera sempre é gratificante admirar. Bela imagem. Um lindo domingo e feliz semana. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  28. Pairando... ao sabor das suas inspiradas palavras... que fluem de uma forma lindíssima...
    Muitos parabéns pela inspiração e talento, Toninho!
    Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.