Páginas

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

O som nos trilhos.













Os tilintares vem dos trilhos,
a embalarem os meus sonhos,
numa viagem de ver de trem,
meus vales, rios e montanhas,
sobre as rodas de aço esmeril,
brilham os trilhos como raios,
em noites chuvosas de abril.

Viagem pelas veias das serras,
nas lembranças adormecidas
pela fumaça do fogão à lenha.
Entre cheiros e vários sabores,
às luzes tênues de lamparinas,
onde uma mariposa jaz seca.

Os trilhos brilham no infinito,
na noite são como fieis guias,
pelas pontes, túneis, viadutos,
sempre o som da bela canção.
Só o apito a cortar meu sonho,
na chegada alegre na estação.

O sonho cria o fim da viagem,
aonde vai o trem descansar,
num porto iluminado um farol,
a se debruçar sobre o mar azul.
Na dança circular daquela luz,
vejo o trem bem mais luzidio
sobre os trilhos, ouço a canção.


Toninho
04/09/2016
outro lado: toninhobira.blog


****************************
Um bom lindo fim 
de semana a todos.
Deus esteja
presente.



33 comentários:

  1. Me fez lembrar Toninho a história da carroça vazia e a carroça cheia.

    Estava em Formiga, próximo a Divinópolis em 1991.

    Foi lá, onde vi, os maiores trens; certa vez, tive a má ideia de esperar passar o trem e fiquei quase que meia hora esperando;

    Eram duas locomotivas na frente; duas no meio; duas atrás.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Toninho, que lindo!!
    Sempre fico saudosa com suas histórias me faz lembrar minha infância!
    Quando era criança gostava muito de viajar para colônia de férias porque a viagem era feita de trem!
    Abração amigo!
    Amara

    ResponderExcluir
  3. Sempre nos encanta, abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  4. Maravilha de viagem fizeste nessa poesia.O trem realmente embala nossos corações e lembranças. Gostei da música com Montenegro! abração,chica

    ResponderExcluir
  5. Uma viagem encantada ao passado, às lembranças. sabe Toninho sempre sonhei em andar de Maria Fumaça, por serras e paisagens paradisíacas, ande nos de SP, mas só se ver a grande selva né? Bom dia!!!!

    ResponderExcluir
  6. Versos de uma linda viagem... O trem nos faz sonhar, recordar e trilhar lindos sentimentos...
    Um final de semana regado com a paz...
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. QUE SAUDADES DE LER VC . CARO AMIGO.Agora terei mais tempo ,pois,minhas inúmeras ocupações nos separaram.Mas,longe dos olhos perto do coração.
    Abração

    ResponderExcluir
  8. Toninho...em pensamento fiz a viagem a seu lado!
    Bj

    ResponderExcluir
  9. Toninho...em pensamento fiz a viagem a seu lado!
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Toninho, maravilhosa viagem através desta sua poesia, faz-nos realmente viajar.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  11. Pois é, Toninho, alguns poemas, como este, levam-nos para o ambiente onde se dá o canto. Na leitura de “O som nos trilhos”, seu ótimo poema, voltei ao tempo de minha infância, quando fiz, com meu pai, a minha primeira viajem de trem. Ótimas lembranças.
    Um grande abraço, meu amigo.
    Pedro.

    ResponderExcluir
  12. Toninho viajei junto ao trem nessa maravilhosa poesia.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  13. Maia um belíssimo momento de poesia que me faz lembrar de um passado cheio de felicidade onde tudo era perfeito como as belas palavras que compõem tão bela poesia ,simplesmente perfeito a música a foto a preto e branco cheia de nostalgia e o poema majestoso ,um grande abraço ,felicidades amigo Toninho

    ResponderExcluir
  14. Toninho que viagem incrível!
    Parecia que eu estava junto, me lembrando dos tempos de criança, de quantas vezes eu fui com meus pais pra Minas, sentada perto da janelinha...
    Boas lembranças neste teu belíssimo poema!
    Um grande abraço, meu amigo mineirinho,
    Um fim de semana repleto de paz!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Lindo fim-de-semana também para ti e que Deus esteja sempre presente nas nossas queridas vidas,muitos beijinhos!!

    ResponderExcluir
  16. Aqui, na minha cidade, tem dois horários no dia que o trem passa. Quando não passa, sinto falta. Adorei o seu poema.
    Um ótimo fim de semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, amigo
    Que música linda do Osvaldo Montenegro, não conhecia, adorei.
    E seu poema, meu caro, que coisa bonita,fico aqui pensando- por que a passagem de um trem desperta tantas sensações e emoções em nós. Aqui em PL só passa trem de carga, ainda dentro da cidade, quando estou próxima, fico olhando com muito prazer e gosto.
    Um grande abraço e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  18. Nunca andei de trem, mas foi bom viajar nas suas palavras. Poema lindo!

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  19. "Viagem pelas veias das serras,
    nas lembranças adormecidas
    pela fumaça do fogão à lenha."

    Que lindo,Toninho! Exatamente rastros de veias...
    Imaginei na hora os riscos nas montanhas. O Trem sempre foi algo romântico, do jeito que fosse. E saíamos correndo pra ver o apito. Ou, para outros, cortava seus sonhos de menino.

    Beijos, meu amigo!

    ResponderExcluir
  20. Bons dias!
    Sinto-me triste pensando que um dia se poderá ter somente o trem-bala em todos os lugares...o que veremos da paisagem na velocidade da bala? Como vislumbrar tantas coisas belas como as que vc colocou em seu maravilhoso poema, correndo de uma estação para outra? O velho trenzinho apitando e passando entre as montanhas, combina mais com a natureza...
    Um feliz final de semana!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  21. Amigo Toninho.
    Que bela viagem ao som desta música tão linda do Osvaldo Montenegro, adorei!
    E seu poema é de uma envolvência tal que me senti viajando nesse trem que tão bem descreve.
    Um grande beijinho e um óptimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  22. Oi Toninho! Na minha infância andei bastante em trem de madeira, puxado à vapor quando íamos para Itacuruçá aos finais de semana!Era uma viagem tão gostosa, ainda me lembro do som que ele fazia! Lindo o seu poema! Um abençoado final de semana! Tetê

    ResponderExcluir
  23. Toninho,
    de tão belo,este poema torna-se emocionante!
    Fala-me do romantismo de uma interioridade
    que me é desconhecida; eu que também adoro
    rios, vales e montanhas...
    Um poema
    que envolve docemente todos os sentidos.
    Delicioso.
    A música também é linda.
    Votos de tarde e semana muito agradáveis.
    Abraço e beijo de muita amizade.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  24. Querido amigo Toninho, adorei o seu poema, também eu recordo os comboios com saudade.Em relação à visita da Rô foi maravilhosa, aliás eu já esperava, pois sigo-a no blog Espiritual-idade à sete anos e antes de lhe ouvir a voz, quando a ouvi pela primeira vez pensei parece que a oiço à 7 anos a voz era tal e qual como eu idealizava estar com ela foi um presente de Deus ela me transmite calma e confiança, é muito boa pessoa tem sempre uma justificação para tudo, amo-a como irmã que não tive,uma boa semana meu querido amigo, assim esperobeijinhos e um forte abraço

    ResponderExcluir
  25. um poema que é quase uma canção a recordar memórias que ficam.
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  26. Olá, Toninho,
    É muito bom lembrar, recordo com saudade quando pegava o trem 03:00 hs da manhã para trabalhar em Belo Horizonte.
    Obrigado pela visita e pelo cometário, um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  27. Também gosto imenso de andar de comboio. Dá sempre para ver tanta coisa bonita, tal como você faz neste magnífico poema.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. OI TONINHO!
    TREM, PALARA QUE ME TRAZ SAUDADES E MUITAS, PARTE DA MINHA VIDA ANDEI NELES...MARIA FUMAÇA, PARECE QUE FOI ONTEM, LEMBRO ATÉ DO CHEIRO, COMO ERA BOM.
    FIZ ATÉ UMA POSTAGEM :http://enkantosdalena.blogspot.com.br/search/label/Esta%C3%A7%C3%A3o%20%20de%20Capivari

    BELO POEMA AMIGO ABRAÇOS!

    ResponderExcluir
  29. Oi Toninho, bn!
    Acabei fazendo uma viagem junto com vc e amei. Viajar de trem é maravilhoso, eu acho que a gente acaba viajando fisicamente e mentalmente por conta das lembranças.
    A música do Oswaldo Montenegro é linda. Parabéns pela escolha!
    Bjssss amigo e uma semana de muito sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  30. Bem bonito este seu som nos trilhos, Toninho. Lindo mesmo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  31. OI TONINHO!
    O TREM FAZ PARTE DE MINHA INFÂNCIA E TEU TEXTO REPORTOU-ME PARA ESTE PERÍODO TÃO SAUDOSOS E FELIZ.
    BELO DEMAIS, AMIGO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Também uma viagem maravilhosa, percorrendo as suas palavras, Toninho...
    Uma escrita muito bonita... repleta de uma descrição fantástica... como uma janela... que tanto nos oferece para admirar...
    Adorei! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  33. E os trilhos dos comboios nos levam por vezes, numa viagem de recordações e sonhos.
    Magnifico poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.