Páginas

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Destino cruel.

Destino cruel.




Lucio noivou Luci, que sempre flertou Domingos, que deixou Rute no momento de unir no templo. Rute sofreu horrores de decepções e jurou ódio de puro veneno por Domingos. Um rio venenoso indefinido no seu destino, foi deste ódio sofrido, que em tempo muito curto suicidou-se.
Depois o que se soube, foi que Lucio juntou com Rute e Luci, formou-se um polígono conhecido, donde veio três filhos lindos. Dizem que foi feito num terreiro de Ogum.

Toninho
22/02/2016
Mais mini conto meu aqui:http://toninhobira.blogspot.com.br/


*******************************************************
Participação no Desafio nº 37 uma historia sem usar a letra A. Conheça participe aqui:http://77palavras.blogspot.com.br/
Difícil desafio que me levou a inspirar na “Quadrilha” de Drummond.


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Pobre coração.


Pobre coração.

Quem sabe faxinar a sua mente,
é gente que nunca se desespera.
Diante as intempéries piamente
ajoelha-se, tempera-se na espera.

Quase certo que todos têm a dor,
que dilacera com a autoestima,
a quem vem, arrebata o humor,
é letal como veneno estricnina.

Quisera ser faxineiro de coração,
que varre todo sentimento ruim,
que acende todo brilho da razão,
com a sabedoria de um querubim.

Mas sou tão pequeno no mundo,
onde reina maldade e desilusão,
que levam a viver no submundo,
almas perfumadas numa solidão.

Toninho.
20/02/2016
***************************************************
Uma semana abençoada leve e alegre para todos.