Páginas

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Vou pelo vento.



Às vezes somos levados pela vida,
outras somos guiados pela emoção,
mas sempre encontramos a saída,
antes de cairmos numa decepção.

As folhas caem na estação Outono,
o vento as espalha pelo caminho,
às vezes vejo sinto como abandono,
mas são belas no meio do torvelinho.

Uma folha se desgarra da ventania,
embrenha-se num canto da estrada,
parece a ovelha perdida da família,
sem o pastor sente-se abandonada.

Na vida somos estas folhas outonais,
caídas se deixam levar pelos ventos,
desafiamos muitas vezes vendavais,
a refazer toda vida dos fragmentos.

Toninho
05/05/2017



Inspiração para BC>botando a cabeça para funcionar chicabrincadepoesia vistem e vejam outras inspirações e participem vejam a regra lá.

************************
Um bom fim de 
semana com paz
e alegria.