Páginas

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Amor à liberdade.



I
A voejar tonta aterrissou na mão.
O vento soprou sobre a asa ferida,
acreditou na liberdade e partiu.
Que bom ser como borboleta.
Livre e Voar.


II
Sonhamos com a tal liberdade
mas vivemos com asas presas.
Encasulados nos acomodamos,
naquela vil zona de conforto,
que faz a inércia humana.

III
Já corri mundo para te aprisionar.
Hoje por ironia pousas em minha mão.
Como podes ver, já nem corro mais.
Mas tu tens asas, voe pelo infinito.

Toninho
24/02/2018

Minha participação no projeto #umaimagemem140caracteres da Mari em devaneiosedesvarios, Depois que conheci numa mais deixei de participar, vamos lá ver outras leituras.

A beleza de uma imagem nos provoca a fazer alem do esperado, por isso as vezes participo como mais de uma leitura. E a liberdade que tanto sonhamos é tão complexa e profunda que a sensação de sua existência nos basta e estamos errados. 

Fim de semana
feliz com paz


20 comentários:

  1. Bom dia amigo Toninho, que linda participação, me fez lembrar do meu tempo de escola quando a professora colocava uma linda paisagem pendurada na parede para que desenvolvêssemos um texto, eu amava, minha mente entrava em uma história em que eu acreditava, acho que foi isso que me fez ter o prazer de escrever, nunca mais deixei!
    Aqui é lindo, sempre me faz aprender algo de bom!
    o tema sobre liberdade, sem a liberdade nada somos, nada temos, amei ler seus belos versos!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Toninho. Um lindo voo de liberdade e sonho. Poema rico de sensações. Demorei vir aqui essa semana pois tive problemas técnicos.

    ResponderExcluir
  3. Lindos versos, Toninho! Encanta-me ver o vôo das borboletas, sugerem liberdade mesmo!
    Abraço, bom final de semana!
    Sonia

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde. Parabéns, Lindo poema, Poderoso.

    Hoje:- O acordar da quimera
    .
    Bjos

    Votos de Sábado muito feliz.

    ResponderExcluir
  5. Olá, querido amigo Tonimho!
    Que lindeza! Mas a última me tocou fundo o coração pois sou uma pessoa que, enfim, encontrou a liberdade... sou muito feliz porque muito bem alinhavada no amor... quem ama não sente peso e se sente tão livre como uma borboleta a pousar de lá pra cá e de cá pra lá... é lindo o voo confiante para onde o coração quer pousar!
    Sinto-me uma verdadeira borboleta que sabe onde deseja aterissar... não estaciona em lugar comum e nem foge do que é bom e intenso.
    O amor afasta o medo da frágil voadora liberta...
    Todos poemetos com muita poesia como é sua característica, amigo! Lindo de se ler!
    Caiu-me bem a leitura melodiosa pois venho de lagares lindos a passear nesta manhã: um misto de céu, mar e flores...
    A música é um colosso de linda!
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  6. Querido Toninho
    Muito belo o poema com que participou!
    Um hino à liberdade!
    Obrigada pela música que me proporcionou ouvir: gostei imenso.
    Bom fim de semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  7. Amei todas as quadrinhas, mas principalmente a terceira! A gente corre tanto atrás de coisas ou pessoas, e quando paramos um pouco, elas chegam até nós.. no momento certo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Ser como a borboleta é um desejo lindo... Um maravilhoso desafio diário...
    Bela a sua participação!
    Abçs

    ResponderExcluir
  9. Como sempre você arrasa em tudo que nos premia em poemas Toninho.
    Parabéns pela participação.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  10. Tão lindo e prazeroso poder voar em liberdade e neste voo devanear e poetizar lindamente
    Ficou mega lindo este poema, Toninho
    Beijos e um maravilhoso final de semana

    ResponderExcluir
  11. Toninho adoro borboletas as quais associo a liberdade e o poema está lindo de ler!!! bj

    ResponderExcluir
  12. Tua inspiração é bem grande e sempre linda! valeu cada uma das poesias! abração,chica

    ResponderExcluir
  13. Tudo leve, flutuante, etéreo, fresco...
    Gostei muito, especialmente da II e III variantes...
    A canção é linda e ficou muito bem conjugada.
    Parabéns, querido Amigo.
    Dias serenos...
    Beijos
    ~~~

    ResponderExcluir
  14. Amigo, liberdade!!! o grande sonho do homem, a grande busca, o grande desafio!!!! Belo!!!!! Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Queremos ser livres, mas gostamos de prender, de termos posse... No final, aprisionados ficamos em nossa ignorância do ter.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Bem traçados teus versos, amigo,que explicam claramente o desejo da liberdade e os entraves que no ancoram.

    Bela semana aí.
    Abraços,
    Calu

    ResponderExcluir
  17. Participações linda, profundas e muito reflexivas!
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  18. É meu amigo, a liberdade é mesmo complexa,um lindo e profundo poema, perfeita sua participação, bjs e grata pelo carinho de sempre!

    ResponderExcluir
  19. Oi Toninho
    Todos falamos em liberdade, e é certamente,o nosso valor supremo.Viver aprisionado seja pelo que for nos faz murchar como flores sem água.No entanto, liberdade sempre com responsabilidade, sabendo seguir parâmetros da sociedade.
    Seu poema,sempre cativante e inspirador
    deixo um abraço forte

    ResponderExcluir
  20. Mais uma belíssima participação, onde se revela a sua sensibilidade, e talento, para a poesia!
    Mais uma bela pérola poética, por aqui!
    Um grande abraço
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.