Páginas

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Seca maldita






Vamos a mais um desafio lá de Portugal projeto da Margarida em parceria com a Radio Sim: 77palavras.

Que história surge começando por estas frases?

Chegou demasiado tarde. A ou o................ não esperara por si.
Nesse espaço, pode estar a palavra que quiserem, por exemplo: a vida; o emprego; o amor; a oportunidade; o entusiasmo; o destino; a surpresa; etc. 

Escolhi a palavra: Chuva .



Chegou demasiado tarde. A chuva não esperava por si. Foram assim, que Iracema passou dias olhando o Céu, olhos implorativos por nuvens escuras. Apenas uma que fosse esperança, de semear grãos pelo chão ressecado e trincado do sertão na longa seca. Perdera sua única oportunidade anual, quando estava internada na capital. A chuva caíra como benção para os sertanejos, Iracema lamentava sua falta de sorte. Agora pela caatinga em promessas clama os santos e deuses da chuva.

Toninho
01/02/2018

Bom resto de semana
para você

17 comentários:

  1. Gostei da inspiração por aqui, Parabéns

    Hoje:- Perdida no Sonho... Nudez Imaculada.
    .
    Bjos
    Votos de uma feliz Quinta-Feira

    ResponderExcluir
  2. Eu considero o texto de uma sabedoria incrível.AbraçO

    ResponderExcluir
  3. Uma realidade dura e triste que o sertanejo enfrenta mas com esperança e fé

    ResponderExcluir
  4. Uma excelente partilha Toninho!
    Por aqui ... a chuva foi pouca e por este andar ... vai ser mais um ano de seca!!!bj

    Uma aldeia de xisto que não encontrei no mapa …
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/02/cadaval.html

    Aprenda a gostar de beterraba … com os petiscos da Gracinha:
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/02/hoje-vamos-falar-de-beterraba.html

    Nas minhas arteirices e agora que tenho “costurado” pouco … há novidades:
    https://asarteiricesdagracinha.blogspot.pt/2018/01/cortinas-do-pinterest.html

    E por ter imensos olhares com belos reflexos portugueses … aqui os pode ver:
    https://mgpl1957.blogspot.pt/2018/01/reflexos-que-me-encantam.html

    Que FEVEREIRO seja um EXCELENTE mês para si que me visita!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Toninho,por cá também não tem chovido porém o frio é bastante, beijinhos e um forte abraço

    ResponderExcluir
  6. Ola, querido amigo Toninho!
    Estando em missao pelo sertão do Nordeste pude ver o solo árido e so quem sente na pele a dor da falta de água pode compreender o lamento do povo tão sofrido...
    Escolheu sabiamente por relevância de valores.
    Parabens!
    Seja muito feliz e Abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Participei da procissão para chamar a chuva e me emocionei . Foi numa festa de São José no Norte do Brasil em outra missão.
      Grata a Deus por me ter dado participar de tantas bênçãos.

      Excluir
  7. Genialidade sempre..Adorei tua participação e ainda a música adequada...abração, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Toninho
    Você, mais uma vez, arrasou.
    Gostei demais da tua participação.
    Deixo aqui o meu terno abraço.
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Toninho,aplausos para a criatividade e expressar em versos a falta de sorte da Iracema que não conseguiu semear as sementes que tanto desejava. Vc como sempre se supera em tudo que se propõe a fazer.
    Tenha um dia azul!

    Bjs no core!

    ResponderExcluir
  10. Você é um grande e sensível escritor.
    Amei seu texto meu querido amigo.
    Parabéns!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  11. A seca no sertão não é moleza e você se inspirou muito bem!
    Boa participação!...
    Abçs

    ResponderExcluir
  12. Linda e inspirada participação.
    A chuva é tão preciosa.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  13. Que tristeza isso, Toninho, na verdade não sei qual a pior, se é uma enchente que destrói tudo, e leva pela frente ou uma seca que nada dá, que tudo torra. A natureza quando quer, nada podemos com ela.
    Beijo, meu amigo!

    ResponderExcluir
  14. Estimado Toninho.
    Impressionante, mas Um texto de imensa qualidade, Fiquei comovida, não conheço de perto esse flagelo... Jorge Amado refere-se a ele.
    Mais uma excelente participação, poeta amigo.
    Paz e Bem.
    Abraço
    ~~~

    ResponderExcluir
  15. Uma tema dramático, mas bem realista, e tão bem expresso nas suas palavras... Formidável participação, de que gostei imenso!
    Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  16. Participação bem criativa apesar de realista num conto deste drama da seca. bjs
    De volta.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.