Páginas

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Menino que passa pela rua.

Menino que passa pela rua.





















Todo o dia vejo o menino com seus passos apressados.

Nas costas uma velha mochila, que parece pesada.
Deve ser daqueles que parece carregar um fardo.
Insinua-se pelo seu jeito curvo na aparência meio curvada.
E passa sempre com um ar de viver em paraíso
Nada de tristeza a lhe cingir o rosto, apenas um olhar distante
Destes que parece buscar na imensidão as explicações.
Aos olhares debruçados das janelas ele deixa um leve sorriso
Como zombaria dos que lhe negam as coisas, que ele assiste.
Apenas mais um menino que passa pela minha rua
Com todos seus desejos, vida de mistérios e talvez sonhos
Talvez assim pensa que alivia sua dor crua da vida nua.
Amanha pode numa esquina medonha desta cidade
Encontrar o fim de todas suas angustias e decepções de uma vida onde
Apenas sonhava ser feliz como todas as crianças que via.
Eu penso nestes meninos que descem os morros ganham as ruas das
Cidades grandes, que se violentam e violam todos os direitos de qualquer
Cidadão, na busca pelo pão, que é jogado fora em sacos de lixo, que
Não se reciclam como a sua vida que é descartada como lixo qualquer.
Assim passa o menino como passarinho caído de um ninho.







Foto origem Clipart 



Toninhobira
30/09/2010

4 comentários:

  1. Meu amigo é uma pena tudo isso que vemos na realidade desse país...
    País cujos governantes não investem em educação, em esportes, que seria a maneira de os tirarem das ruas e torná-los quem sabe em futuros heróis nacionais...
    Um abraço afetuoso, e uma boa noite.

    ResponderExcluir
  2. As lixeiras do inservível deveriam estar postadas às portas dos escritórios , gabinetes e mansões desse verdadeira lixo humano que produz essas desigualdes que matam sonhos no nascedouro. Belo texto, meu amigo!Abraços. Paz e bem.

    SEMENTES DO AMANHÃ
    (Gonzaguinha)

    Ontem um menino que brincava me falou
    que hoje é semente do amanhã...

    Para não ter medo que este tempo vai passar...
    Não se desespere não, nem pare de sonhar

    Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs...
    Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar!
    Fé na vida Fé no homem, fé no que virá!

    nós podemos tudo,
    Nós podemos mais
    Vamos lá fazer o que será

    ResponderExcluir
  3. Profundo, real, e muito emocionante o teu post... Que através de tuas palavras iluminadas muitos corações possam ser tocados, e um pouco de dor amenizada... Aplausos a ti meu amigo!!!
    Carinhos... Bjsss

    ResponderExcluir
  4. A realidade nem sempre é bela, paz.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.