Páginas

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Perdoa-me.














Perdoa-me


Perdoa-me por te querer tanto assim
Que mesmo em face das dificuldades
este querer vem como sofrer sem fim.
de tortura sem piedade e maldades

Perdoa-me em te dar todo carinho
Nesta avalanche de cuidados tantos
mesmo quando o sono vem de mansinho
naquelas noites fundas de nossos encantos

Perdoa-me por te querer todas as alegrias
que mesmo quando triste, eu sorrio.
Perdoa-me por te levar nas minhas fantasias
A deslizar nos versos como a folha no rio

Ah, se possível não seja assim tão ingrata
Ao me ouvir nestes cantos doridos,
quando sob sua janela em serenata
derramo meu amar em versos partidos.

Então, perdoa esta minha mania
Quando em seu caminho espalho flores
Que perfumam a poesia que alivia
Quando estou sozinho com minhas dores.


Em busca de inspiração, vêm às vezes estas emoções.

E aí me surpreendi ouvindo Mil Perdões de Chico Buarque e acabou assim.


Para ver o vídeo dê “pause” na musica do blog.

 




Toninho.
05/04/2011 

23 comentários:

  1. Oi, Toninho
    realmente quando a emoção toma conta da gente todo nosso corpo transcende.E a poesia exala seu perfume.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Toninho e vc tá perdoado. Tenho certeza! Depois de uma poesia bonita dessa.
    Hoje por coincidência eu estava pensando no valor do perdão.
    Beijos,
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  3. Depois dessa beleza, o perdão é certo! Linda inspiração e interessante como ela chega! abração,lindo fds!chica

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Quem poderá não perdoá-lo, diante de versos tão lindos??

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Toninho cheguei rsrs..
    Amo vir no seu blog aqui
    tem de tudo um pouco.
    Muito amor aguardando as amizades lindas.
    Com uma isnpiração a flor da pele seu poema esta divinal uma frase sua amigo.
    E uma doce canção de amor..
    Beijos e beijos meus ,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Perdoar é saber viver...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  7. Será que o amor ofende a ponto de se recisar perdoar? Não creio... Alguem que é amado com um amor como esse que você descreve, só tem motivos pra agradecer, pela dádiva de receber tão lindo e nobre sentimento!

    Sublimes versos anjo poeta!!!

    Carinhos mil pra ti...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Toninho, lí a ssua poesia e linda , eu não entendí por que pedir perdão, o amor é lindo, felizes daqueles que são amados com um amor tão grande e sincero, desejo-te tudo de bom e que sejas sempre comrrespondido no teu amor para seres realmente feliz. um abraço carinhoso \celina.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Creio que entendi o pedido de perdão do poeta à sua amada.
    Seu amor por ela é algo tão intenso, tão divino, tão inspirado e tão imortal, que ela talvez não dada à grandiosidade desse amor, sinta-se imerecedora do mesmo... Mas eis que ela o reconhece e o recebe com seu coração transbordando em alegria e êxtase. Por conta disso, o poeta ciente desse amor magnânimo e estupendo, acaba por pedir perdão à sua eleita...
    É natural, pois nesse momento ele vai às estrelas e com elas compartilha seu querer e agradece aos céus.
    Ele pede perdão. Ela talvez dissesse que nada teria para perdoar, mas reconhece que o amor do poeta é acolhedor, protetor, puro, e digno de sua alma.
    Nesse lance de pura sedução, ternura, cortejos e afagos, os dois se tornam UNO, e os astros explodem em alegria e luminescências, glorificando e dizendo amém...
    -Toninho, agora sou que peço perdão se porventura destoei, ou se por acaso viajei nas letras das cinco estrofes... Mas foi o que senti em minha alma...
    Só posso dizer que teu poema é lindo...
    Um abraço afetuoso, e um bom domingo.

    ResponderExcluir
  11. Perdoar é divino... lindo poema Toninho.

    Bom fim de semana pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. ♫♫.•*¨*•♫♫¸
    Amigo,
    Você já está perdoado e amado pela sua imensa sensibilidade... tudo que você escreve é muito lindo e romântico.
    Bom sábado!
    Beijinhos.
    ઇઉ ✿ܓܓ♫♫
    °•♥° Minas
    °°•✿♫°.•

    ResponderExcluir
  13. Anjo poeta, passando pra lhe desejar uma linda noite, e um ótimo domingo!
    Carinhos...
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Toninho.
    Desculpa a ousadia e já chegando comentando.
    Mas passando aqui, li esse poema belo.
    Estas coisas de amor sempre me chamam atenção.
    Então li e gostei, por isso o comentário.
    Gostei do cantinho e com permissão vou ficando.

    Beijo
    Fernanda

    ResponderExcluir
  15. Que belíssimo momento de inspiração meu querido... quanto de tua alma verteu nestes maravilhosos versos...adorei...
    Beijos e tenha um feliz semana...
    Valéria

    ResponderExcluir
  16. Ah poeta como é bom te ler, aqui ou no recanto, que delicia, olha só a obra de arte que você fez e isto porque estava em busca de inspiração, ficou especialmente linda, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  17. Meu caro Toninho,que versos mais lindos, embalados numa música maravilhosa.
    Adoro passar por aui. bjs

    ResponderExcluir
  18. Bom dia, querido amigo poeta.

    É bom demais, mergulhar num poema tão lindo assim. Esse amor bonito, parece Conto de Fadas.
    -----------------------------------------------
    Obrigada pela sua atenção e gentileza.

    Um grande abraço.
    Tenha uma bela semana, cheia de paz e amor.

    ResponderExcluir
  19. A poesia entranha na gente feito carinho.
    Sua forma é preciosa e toca corações.
    Teu poema é assim.
    Passando para agradecer tuas visitas.
    Um beijo Toninho.

    Fernanda

    ResponderExcluir
  20. Esse perdão se assemelha aquela frase "a sua ausência me doi tanto que eu canto pra ver se espanto esse mal". De tão inteso e avassalador, no bom sentido, é o amor que a gente chega a pedir perdão. Lindíssimo, meu amigo! Abraço grande. paz e bem.

    ResponderExcluir
  21. Perdoa-me também por minhas ausências, mas minha saúde ainda não se renovou, mas vou escrevendo sempre por mim e esperando dias melhores por todos.

    Teus versos tocam corações perdidos e esquecidos!
    Lindo, amigo, lindo...

    Um abraço,

    Mª. Luísa

    ResponderExcluir
  22. Toninho,
    homem sensível e inspirado, voltei para lhe agradecer seu amável comentário no compreender; fiquei feliz em saber que já estivestes por aqui.
    Mannheim é uma cidade linda!
    Bjs

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.