Páginas

sábado, 18 de fevereiro de 2012

As mascaras.





Imagem Google









As mascaras.

 Ocultou a face, perdeu a censura.
folião com desejos tão reprimidos,
apenas nos olhos a difusa amargura,
amores esquecidos de sonhos perdidos.

Embalado pelas danças sensuais,
pernas vacilantes, agora fugidio,
ele baila pelas lembranças bestiais,
na fugacidade tropeça no vazio.

A mascara escondeu a verdade,
deste infeliz folião no carnaval,
aos olhos dispersos da sociedade.

Veio a quarta-feira com crueldade.
Desceu o plúmbeo pano tão brutal,
desmascara-se fria toda fatuidade.

Toninho.
16/02/2012

"Custei a compreender que a fantasia
É um troço que o cara tira no carnaval
E usa nos outros dias por toda a vida.” 

Aldir Blanc e João Bosco

****************************************
Desejo a todos amigos um Feliz Carnaval
que brinquem na paz e os que não brincam
tenham dias de paz e muita poesia.


30 comentários:

  1. LIndo amigo!
    As máscaras colocamos quando nascemos por um tempo e chega um tempo que as vamos tirando até que a morte remova o último vestígio delas.

    Beijos de confetes e abraços de serpentinhas

    ResponderExcluir
  2. Pois é grande Amigo! A arte sempre mostra grandes momentos. Nós, humanos seguimos esta reta.

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Leve a paz no olhar e um sorriso nos lábios!
    Espere algo bom acontecer!
    Muitas bençãos e vitórias para você .
    Que Deus guie seu caminho hoje e sempre.
    Não se esqueça que ,
    Estou seguindo -te e te amando.
    Um feliz e abençoado final de semana.
    Beijos no coração.
    Evanir...
    Feliz Carnaval

    ResponderExcluir
  4. A pior das máscaras é aquela invisível que somente a alma consegue decifrar...

    Aplausos meu amigo por mais esta linda e sábia construção!

    Saudades deste cantinho, e de tantos outros que me afagam o coração...

    Carinhos...
    Beijos de flor

    ResponderExcluir
  5. Um show de poesia Toninho.
    Tua sensibilidade sempre a frente amigo.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. ´ É AMIGO AS VEZES É ATÉ MELHOR VIVER COM AS MASCARAS QUANDO ELAS CAEM CHEGA A ASSUSTAR, A REALIDADE É DIFERENTE, AS VEZES É POR ISSO QUE PREFERIMOS CONVIVER COM ELAS.CELINA

    ResponderExcluir
  7. Oi, Toninho!
    Sua poesia me lembrou que no Brasil vestimos muitas máscaras para continuar os dias e que alguns, por detrás delas, cometem todos os tipos de delitos.
    Aliás, sobre máscaras, já deu uma olhada em meu último post?
    um super abraço carioca e bom feriado!

    ResponderExcluir
  8. Soberbo seu poema, querido.

    Um país tão cheio de contradições e ao mesmo tempo tão pacífico... não me admira o carnaval ser essa coisa monumental.

    Beijos e boa continuação do carnaval.

    ResponderExcluir
  9. Um belo Poema que fala o que de verdade o coração
    vive no carnaval...
    Abraços Poeta! Um feliz carnaval!!!

    ResponderExcluir
  10. Não adianta esconder-se, não é?

    A máscara sempre cai.

    É um ditado popular.

    Usá-las é “tropeçar no vazio”.

    Você está certo, Toninho.

    abs

    ResponderExcluir
  11. Amigo mineiro as vezes usamos mesmo mascaras para viver..o carnaval é prova disso...a gente coloca aquela alegria na cara como se fosse uam mascara,mas depois é depois...e o carnaval só dura 4 dias..
    amigo sua poesia muito linda..
    bom descanso para vc nesse feriado..
    abraço da sua amiga que te quer bem..
    titi

    ResponderExcluir
  12. É o carnaval terminou.Anda e transe, pés descalços e com a máscara na mão fica o folião incauto.Ziguezagueando sobe a rua do silêncio.
    Ainda extasiado vê corpos a rebolar no ribombar do samba. Chega em casa escancara a porta, não conhece ninguém. Ainda com a face mascarada cai no divã exangue.Só vai saber que tudo acabou amanhã. Triste realidade.
    LINDO POEMA, TONINHO
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Aê Toninho, tudo de bom nesse Carnaval com paz saúde.
    Xeros

    ResponderExcluir
  14. Olá, Toninho
    Sobre máscaras é bom refletirmos no Carnaval... festa essencialmente relativa a isso...
    Abraços fraternos de paz e alegria

    ResponderExcluir
  15. Olá Toninho,

    Infelizmente, não usamos só máscara no Carnaval.
    A vida, por vezes, nos obriga a nos disfarçarmos.

    Bom Carnaval.
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  16. Até no Carnavel ,as máscaras caem...Ele acaba, volta a real...
    Linda poesia,Toninho. Eu jurava ter já estado comentando aqui,mas... Estou maluca?rs abração,chica

    ResponderExcluir
  17. Toninho,mascaras deveriam ser usadas só no carnaval mesmo,mas é aí que as pessoas são verdadeiras!Muito linda poesia!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  18. Já li sua poesia e também jurava ter comentado. Enfim ler e comentar nunca é demais. Amei a poesia e a música que escolheu. Acredito que seja um dos blogs mais sintonizados:Música e poesia! Belíssimo!
    Beijos
    Edilene

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, querido amigo Toninho.

    Lindo e real.

    Fique com Deus.
    Muita saúde e paz!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. TONINHO infelizmente teu poema tão belo e sensível, é extremamente verdadeiro as máscaras exatamente escondem a triste realidade de muitos, que durante o carnaval escondem suas mágoas e desventuras, deve ser bem triste cair na realidade no último dia, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  21. Período de falsas luzes, de beleza fugaz, de muitas tristezas que nenhuma especial máscara seria capaz de esconder. O carnaval já foi gostoso, cheio de fascínio e de ingenuidade. Os rostos poderiam estar pintados, mas não mascarados, já que todos se conheciam. Meus carnavais do interior e da mocidade deixaram saudade. Hoje, prefiro o descanso . O que impera nas ruas é um lamento para a quarta-feira e uma grande ansiedade para as famílias dos que estão lá, principalmente os jovens.
    Lindos seus versos!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Oi meu amigo Toninho,
    Amo suas visitas,e fico muito feliz quando as recebo...sinto em meu coração que já nos conhecemos, e se não for desta mas com certeza de outras vidas...simplesmente adoro cada uma de suas palavras, seja aqui em seu blog ou lá no meu quando me presenteia com sua adorável presença!!!
    Um ótimo carnaval!!! E uma semana abençoada!!!

    bjs

    Vivi

    ResponderExcluir
  23. Um ótimo feriadão com muita alegria no coração! obrigada pela honra de sua visita, beijos com sabor de mel

    ResponderExcluir
  24. Máscaras que muitas vezes na tentativa de alegrar apenas escondem as tristezas...abraços de bom dia pra ti meu amigo.

    ResponderExcluir
  25. A triste verdade Toninho.Estas máscaras já contaminaram o Planalto,o Plenário e em uma grande parte de brasileiros..
    Um dia elas cairão,pois esta doença é destrutiva ao organismo.Um cancer da falsidade..
    Parabéns pelo desabafo.Bjus\Flor**

    ResponderExcluir
  26. As máscaras, de uma forma ou de outra, acabam caindo. Bela forma de expressar suas tristezas em relação ao ser humano.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  27. Máscaras essas que um dia acabam caindo...

    Um bom dia para vc querido amigo e, obrigado pela sua companhia.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  28. Toninho, querido,comentar tua poesia, tanto aqui como lá, é sempre um prazer.
    Máscaras, essas molduras sobre o rosto que muitos usam o ano inteiro, traz consigo a mentira,e o medo de se ver nas próprias verdades. Linda Poesia! Parabéns! Bjs.

    ResponderExcluir
  29. Olá meu amigo querido, escreveu lindamente aqui retratando as mascaras, adorei...por vezes a usamos, eu não sei bem o porque, quem sabe é a máscara que quer sair as vezes da nossa gaveta, e nós queremos ser as vezes quem não somos...coisas do ser humano, que ainda não achou a sua identidade né amigo...beijos no seu coração amigo...

    ResponderExcluir
  30. Oi Toninho,

    Ainda não havia lido este soneto seu.
    Como estava passeando por aqui, dei "aquela" apreciada.
    Muito lindo e verdadeiro!
    Eu adorava carnaval, na época em que era pura brincadeira. Hoje ele virou festa das Avenidas, das drogas e dos excessos, por isso aproveito este período para descansar.

    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.