Páginas

sexta-feira, 23 de maio de 2014

O menino poesia.















Sangrada a ferida, fica a cicatriz,
com uma tatuagem é companhia,
para quem se faz em um aprendiz,
que o faz renascer para cada dia.

Com a crença fervorosa na jornada,
que acaricia o seu próprio coração,
inspirando-se numa fonte herdada,
do manejo da sua vara de condão.

Quando se sente preso num alçapão,
move-se a asa ferida, sem harmonia.
sem plano de voo para a libertação,
que faça romper com a sua agonia.

quando adormece o menino poesia,
na ilusória cama de flores do jardim,
blinda-se a alma, é estranha euforia,
fecham-se os olhinhos de *Passarim.

Quando descortinam os raios solares,
sobre a varinha de condão da poesia,
sente no peito a saudade dos lugares,
abre a janela para saudar novo dia.

Toninho.
26/02/2014

Do mineirez Passarim: qualquer pássaro pequeno.
****************************************************Um lindo fim de semana a todos voces.

21 comentários:

  1. Linda poesia,Toninho e que bom que o menino poesia, apesar das cicatrizes, sempre renas e a cada dia! Ótima! abração, lindo fim de semana, tuuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Eu estou assim hoje. Bjs linda poesia

    ResponderExcluir
  3. Lindo e terno. Que cada um encontre essa criança poema, dentro do seu coração.
    Beijinho, um doce fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que existe a poesia para driblarmos as cicatrizes!
    Abraço,
    Jussara - minasdemim

    ResponderExcluir
  5. Há dias que estamos assim, mas as cicatrizes da vida são extirpadas com a leveza do pensar poético.Muito bom!
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Que lindeza de poema esse do menino que é poesia...

    Que seu fim de semana seja de paz Toninho...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  7. Oi Toninho, esta criança que carregamos , tem dias que ela se revolta, como criança que é, dá vazão aos seus sentimentos bons ou menos bons e fica triste quando magoa alguém, amigo todos nos carregamos as cicatrizes do nosso passado, sentimos esta vontade de voar embora tenha as asas quebradas como vc falou, .Um final de semana bem legal e aquele abraço, Celina

    ResponderExcluir
  8. O menino poesia sempre há de renascer, pois nele a esperança jamais haverá de morrer, com ela vem os sonhos e com os sonhos a inspiração que pinta lindos quadros na sua imaginação. Seus belos versos nos lembram quantas vezes assim nos sentimos, e é nestas horas que o mais belo acontece, lindo Toninho, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  9. Que lindo!
    Eu tenho tatuagens/cicatrizes nos meus joelhos de tanto esfolá-los quando criança. Boas lembranças!
    Muito lindo, poeta!
    Um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  10. Lindo o cântico poético que nos apresenta
    graças por o encontrar neste caminho feito de ausências
    que cada vez mais, se prolongam mais!...

    Com ternura,

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  11. O que usado no sentido da autocura é para ser revitalizado, e a poesia é um bom recurso.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Que lindoooo!!! nem sei como comentar de tão perfeito meu amigo, beijos em tua alma de poeta e feliz semana!

    ResponderExcluir
  13. Olá Toninho, boa noite! Que linda e terna poesia! Cicatrizes que não as tem, a vida segue e vamos inventado motivos para ser feliz...A musica é maravilhosa, Bem-te-vi, chamando os bichos de amor...Lindo! Parabéns poeta!
    Beijos com carinho e uma semana de paz
    Marilene

    ResponderExcluir
  14. Meu amigo, feliz de quem consegue transformar cicatrizes em versos e caminhar como criança no campo das ilusões. Um belo poema. Bjs.

    ResponderExcluir

  15. Que lindo, Toninho!
    Quisera eu saber fazer versos para poder comentar em versos, como você já fez por duas vezes em meu recanto e eu adorei.
    É praticamente impossível passar a vida sem marcas ou cicatrizes, sejam elas boas ou ruins, mas, se existem, fazem parte de nós e contribuíram para nos tornar quem somos. E nada como a varinha de condão da poesia para extravasar as emoções deixadas por tais cicatrizes.

    Grande e carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde amigo Toninho!!!
    Feliz quem sabe fazer da tristeza de ontem a alegria de hoje...e esse mineirinho sabe...
    Tenha uma tarde abençoada!!!
    Abraços da Bia!!!

    ResponderExcluir
  17. Coisa mais linda de poesia, Toninho! E onde dsencavou essa canção? Faz tempo que não ouvia,adorei! bjs,

    ResponderExcluir
  18. Revendo toda essa belezura poética em seus versos, sinto-me como se tivesse cometido um crime por ter me afastado dos blogs. Toninho, muito obrigada, muito obrigada! Mesmo no meu silêncio eu vi sua presença em meu blog e sempre me incentivando. Andei travada em relação à poesia, não conseguia escrever nada e quando escrevia, que horror!

    Receba um abraço bem forte!

    ResponderExcluir
  19. Querido Toninho
    Para mim,o menino poesia é o Toninho! Alguém que renasce em cada poesia que compõe!
    Parabéns,pois sempre nos surpreende.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  20. Muito belo, querido Amigo.
    Quanta delicadeza, quanta ternura, na composição deste belíssimo poema.
    Tenho orgulho da sua alma nobre...
    Grande abraço e beijo.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.