Páginas

domingo, 11 de novembro de 2018

Serra da boa lembrança


Convite aceito para mais uma participação no projeto Poetizando e encantando da nossa querida amiga Lourdes. Conheça e participe todo fim de semana basta seguir o recomendado aqui: filosofandonavidaproflourdes. 




















Lá no alto da serra o casebre na cor branca,
de longe posso ver o azul das suas janelas.
Da chaminé a fumaça traz uma lembrança,  
as delícias da vó nas enegrecidas panelas.

Na frente um terreiro varrido com o Alecrim,
ali o meu avô secava café, milho do quintal.
Na lateral um jardim plantado com jasmim.
Água fria em tubos de bambu bem natural.

Lembro do mourão, lá há um nome gravado,
de uma bela menina com uma trança negra.
A porteira sabia do meu amor nele revelado,
quando se fechava era na suavidade meiga.

Vejo a cerca com flores de cipó de São João,
O mourão hoje já geme ao fechar a porteira
Mas agora o nome se apagou pela corrosão.
Menino cresceu o amor se desfez na poeira.

Toninho
10/11/2018

Mimo da Lourdes
Amei.
*******************************************************
Grato sempre.
Bom e feliz domingo.
Boa semana.



27 comentários:

  1. Uma bela infância cercado de flores, de bichos no campo, na miudeza, na simplicidade. Linda participação Toninho, já deixei a minha tbm

    ResponderExcluir
  2. Boa Tarde, querido amigo Toninho!
    Vindo da Missa dominical, chego em boa hora para me deleitar com o vídeo belo cujas imagens me remetem também às lembranças da infância e que estou tendo a possibilidade de rever um pouco neste presente onde Deus me colocou por uma missão.
    Como é feliz uma criança que teve a experiência do campo, de brincar com terra, subir montanhas, colher tomates do pé, abrir porteiras, ver animais e gente sincera, simples, coração bodoso, elegantes de alma!
    Não poderia resultar noutro homem que se tornasse com sua delicadeza de alma, amigo.
    Uma linda poesia e cada vez que vou à 'roça' me sinto energizada para mais um tempo entre pedras e cimento armado.
    Há sempre um Amor deixado para trás, com gosto de inocência que só Deus entenderá o por quê. Pior seria se não vivêssemos a experiência do Amor inaugural.
    Seja sempre abençoado e revestido da Graça de Deus!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Toninho,
    Linda a sua inspiração assente mas maravilhosas recordações de então!
    São essas lembranças que nos dão força para enfrentar a vida!
    Beijinhos e um domingo muito abençoado.
    Ailime

    ResponderExcluir
  4. Que maraavilhosa inspiracao...Gostei da lembrança até do terreno varrido... Mais uma vez encantaste! Abração, linda semana, chica

    ResponderExcluir
  5. Como é maravilhoso relembrar momentos de vivência pura! Poema que reflete vida simples repleta de sabedoria e realizações! Parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. La imagen y el vídeo que nos llevan a tiempos que todavía yo recuerdo haber visto imágenes de sosiego y presencia de los animales en la carga de trabajo y donde las gentes vivíaan en paz y en armonía con el entorno.

    Su poema creo que ha alcanzado la expresión, la armonía y el sentimiento para dejarlo plasmado y perfectament entendible. Me ha gustado mucho esta entrada. Le felicito por su acierto. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  7. Uma paisagem de participação, acordando memórias adormecidas para poetizar e encantar.

    Um abraço. Tudo de bom.
    🌹 Mundo, jardim em flor.

    ResponderExcluir
  8. Toninho foi essa imagem que primeiro me chamou a atenção ! mas pensei que não teria sensibilidade suficiente para a brincadeira das palavras ! o Toninho foi muito talentoso nesse seu texto, a recordação de um avô, é isso mesmo que se transmite, a sabedoria, a experiencia da vida, as sensações da infância, gostei, e dou os meus parabéns!
    abraço
    Angela
    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Boa noite amigo Toninho! Mil desculpas por ter passado despercebido seu comentário adicionando o link da participação. Amigo hoje posso dizer que o cansaço, mesmo domingo os pintores estavam aqui em casa pintando por dentro. Haje trabalho, puxar móvel, limpar recolocar no lugar... imagino como estou. Vida real tem dessas coisas amigo,kkk desculpe.

    Quanto a sua poesia, que bela recordação da casa do seu avô. A medida que vamos apreciando sua poesia , vamos identificando na imagem cada lugar descrito. que bom que essa imagem, aflorou em sua mente doces recordações de pessoa querida e lugares eternizados em seu coração. Parabéns pela linda poesia! Obrigada por mais essa bela participação, seja sempre bem vindo. tem um mimo pra você, como prova do meu reconhecimento e carinho pelas suas participações. Abraços, feliz início de semana.

    ResponderExcluir
  10. Amigo, que linda a música e as imagens do vídeo, tudo complementando a sua poesia. Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite amigo, ao ver essa imagem também me levou a lugares bem parecido que andei na minha infância, mas foi difícil poetizar com ela. E você amigo poetizou lindamente e nos levou a conhecer um lindo lugar que povoa suas lembranças.Parabéns pela majestosa participação. Abraços

    ResponderExcluir
  12. Bela escolha que lhe permitiu um voo nas lembranças queridas da infância. Fundo musical perfeito

    ResponderExcluir
  13. Um dos mais bonitos que já escreveu. Minas traz isso pra gente, né? É um estado lindo mesmo, com suas serras, montanhas,igrejas, fogão de lenha. Saudações hexas.

    ResponderExcluir
  14. Tão belas as memórias da infância… Guarde-as bem, meu Amigo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Recordações de avós emocionam-me sempre e com mais intensidade quando são expressas por um amigo querido.
    As pessoas que vivem no campo, geralmente, sabem que não têm muitas comodidades usufruídas pelas citadinas, mas poucos sabem os benefícios de viver longe da poluição aérea e sonora; bem como do stress...
    È um viver sossegado que só as intempéries naturais incomodam... recordações de tempo de menino que vó acarinhava...
    A inscrição apagou, o amor virou pó, mas permaneceu a memória hoje recordada em ternos versos...
    Gostei de passear consigo pela sua infância, Toninho.
    É uma ótima e tocante participação, num poetizar em estilo muito seu, parabéns.
    Uma semana muito agradável, poética e interessante.
    Abraços de grande e sã Amizade.
    Paz e Bem
    Beijo
    ~~~

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Toninho. Parabéns pelo seu poetizando. Uma Beleza poética, Adorei.

    "Dando asas ao coração"

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça - Feira.

    ResponderExcluir
  17. Querido Toninho
    Um belo poema para reviver o passado e aceitar o desafio proposto!
    Gostei muito, tanto mais que é uma forma de dizer que me fez quase que «ver» como era o dia a dia no campo, há uns anos atrás, desse lado do Atlântico.
    Lindo, lindo!
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  18. Bela participação poética... Poetizou com lembranças tão boas e edificantes... Um crescimento saudável e firmado em coisas consistentes...
    Um abç

    ResponderExcluir
  19. O eu lírico está tão perfeito que fui lendo e o cenário foi se formando em minha retina
    Com graciosidade poetaste estas belas lembranças meu amigo. Arrasou na inspiração como sempre
    Beijos e o resto da semana seja de paz e luz

    ResponderExcluir
  20. Toninho!
    Já começas com as lindas palavras do Menestrel mineiro Milton que traz a essência em sua letra e música.
    E ver retratada algo que deve ter ficado cravado em sua memória em lembranças felizes de uma época edificante, é uma delícia de ler.
    Parabéns!
    Desejo uma ótima semana!
    “A ambição é louvável quando acompanhada pelo desejo e pela capacidade de fazer felizes os outros.” (Paul Holbach)
    cheirinhos
    Rudy
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/11/divulgacao-cultural-146-60-poetizando-e.html

    ResponderExcluir
  21. Ei Toninho! Ando meio sumido por causa do cansaço devido ao trabalho, porém me relaxo lendo seu belo poema e me me reviro de saudades.Com sou mineiro sei bem o que escreveu de suas lindas e ternas lembranças. Obrigado por compartiilhar ese belo momento. Grande abraço, amigo.

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde, querido amigo. Você sempre arrasa!
    Adorei cada linha e lembrancle meticulosamente detalhada.
    O tempo atravessa os anos e muitas coisas mudam, ganham outra forma, novos nomes sao escritos, mas o que foi bom fica na memória.
    Parabéns.
    Amei.
    Tenha uma excelente tarde de feriado.
    Beijos na alma.


    ResponderExcluir
  23. CONVITE PARA O POEIZANDO

    Boa noite!

    A tua vida é o produto das tuas mãos.
    Caminhas por onde elas te conduzem...
    Tens o que elas te trazem...
    És o que com elas fazes de ti.
    Não ergas as mãos para apedrejar.
    Jamais as utilizes para destruir.
    Entretece através delas a tua paz.
    Cose a tua alegria.
    Torna possível a tua esperança...
    Não te esqueças de que é
    com as mãos que escreves a tua história
    e as mais lindas poesias no poetizando e encantando.

    É com muito carinho que venho mais uma vez trazer o convite e dizer que as imagens dessa semana estão convidativas para lindas inspirações.
    Mais uma vez vamos poetizar! Acabei de postar.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte


    ResponderExcluir
  24. A nostalgia, e os encantos dos tempos de infância, tão bem traduzidos, neste seu belo momento poético, que praticamente nos proporcionou visualizar o cenário descrito!...
    Como sempre, uma belíssima participação, Toninho!
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.