Páginas

sábado, 5 de janeiro de 2019

Preciosidade.


 Hoje é dia da BC_botando a cabeça para funcionar da chicabrincadepoesia que para hoje trouxe bela imagem do blog da amiga MZ de além-mar, onde cada imagem vem como poesia. Aliás nossos amigos de Portugal são Expert em fotografias inspiradoras no retratar as belezas de lá. Vejam: Afectos e duvidas É sempre bonito isto de levar os amigos a outros blogs para que se encantem. Com a imagem abaixo crie livremente.



Quando olho para este mar,
vejo meu Deus com sua luz.
Neste vai e vem sem parar,
há uma brisa leve que seduz.

Donde vem toda esta água,
que deságua infinitamente?
Em mim retira toda mágoa
no mergulhar simplesmente.

Porque matam tantos rios,
antes de verem o Atlântico?
São valas secas com desvios,
do ganancioso vil despótico.

Oh, Deus! Pai da natureza,
Tende piedade da sociedade.
Jorre sobre ela toda clareza,
ver na água a preciosidade.


Toninho
05/12/2019 

Grato sempre. 



sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Quando amanhece.



Leitura da imagem em três versões.


I
Lá amanhece como encanto divino,
luz irradiante anuncia o longo dia,
lavadeiras alegres cantam em hino,
na Lagoa do Abaeté linda cantoria.

II
Quando amanhece lá no meu rincão,
sinto linda emoção alucinantemente,
o açude dourado tão lindo no sertão,
que ameniza a seca metaforicamente.

III
Venham ver o dia quando amanhece,
neste pedaço de chão longe do mundo.
Há uma linda lagoa que resplandece,
pelas manhãs me faz suspirar fundo.

Toninho
04/12/2019

Inspiração para a BC_#umaimagemem140caracteres de nossa querida amiga Mari em seu blog devaneiosedesvarios. que lhe convido a conhecer e participar do desafio.


Um feliz fim de semana para você.
Grato por mais um ano 

 Toninho.

domingo, 30 de dezembro de 2018

Ao amigo ausente.




















Última participação do ano na bela BC poetizando/encantando da professora Lourdes com os meus agradecimentos pelo incentivo e assim unir pessoas pelo mundo da blogosfera. Participe deste projeto aqui: filosofandonavidaproflourdes 
















Enfim chega-se o momento do adeus,
tempo que o ódio circulou livremente.
Repassar todos tormentos. Oh, Deus!
Que não esquecidos assusta a gente.

Chegada a hora, de rever toda a teia,
purificar acalma contra estes defeitos,
retocar os passos da discórdia alheia,
eliminar todos os velhos preconceitos.

Queria ter chegado aqui esperançoso,
mas algo em mim grita. Calma ainda!
Pois vivemos sob o domínio pernicioso.
sonhar ainda não é coisa linda finda.

Quero olhar para trás sem este medo,
este que rouba o sono com pesadelos,
nele o bicho do mal acorda mais cedo,
e nos ameaça com os afiados cutelos.

Ainda verei amanhecer num lindo dia,
que li num alfarrábio no duro degredo,
de um amor que na humanidade viria,
em forma de ondas revirando o medo.

Ora dirão que é um velho pessimismo,
é novo Brasil sob a linha do Equador.
O descrente de promessa vê cinismo,
perdido no tempo, jaz seu paz e amor.

Assim o ano velho agoniza em dores.
Há um lamento triste na madrugada,
ouço gritos desesperados de pavores
um homem em chamas deu em nada.

Ah amigo, o ano termina vejo festas,
estar vivo é lucro mas e a liberdade?
Rastejará numa terra seca, funesta.
Troca só o número, que vil realidade!

Verdade responderei feliz ano novo!
quando o amigo delicadamente diz,
bem se sabe, quão difícil acreditar,
na festa de fogos nas orlas do país.

Contabiliza-se mais danos, perdas,
foram tantas vividas durante anos,
que tão calejado pende à esquerda,
e na violência urbana piores danos.

Eu pularei sete ondas de decepção,
não ver sonhos teimosos realizados.
Fechar o corpo contra toda a ilusão,
curar as feridas dos anos passados.


Toninho
29/12/2018
No outro blog: Unindo forças

*****************************************************************************
Assim desejo a todos amigos uma feliz passagem de ano e que este seja realmente dominado pela paz e realizações de seus sonhos. Agradeço a todos que de uma maneira ou outra me incentivaram a estar por aqui com meus escritos.
Feliz Ano Novo .