Páginas

sábado, 30 de janeiro de 2021

O medo viajando com Neruda.

 








Hoje os convido para participarem do desafio literário nascido na plataforma Wordpress como o escritor Rodrigo Meyer e que iniciou o processo de indicar uma pessoa para o mês seguinte. Fui indicado pela nossa amiga Rosélia no seu Tema Esperança, mas hoje ausente da blogosfera, deixou nossa Chica responsável pelo desafio. Assim apresento como tema a palavra Medo. A regra é livre, apenas o compromisso de ler os participantes aqui linkados, a estrutura de texto é livre. O texto deve ser postado até o ultimo dia de Fevereiro. Meu texto foi inspirado numa bela crônica da Tais Luso . Seguindo a regra indico para o tema de Março o amigo mineiríssimo  Estevam. Pode deixar o link nos comentários. 

Vamos ao medo, que os tenho comigo desde criança, mas que se transformam continuamente. 


O medo viajando com Neruda.


Eu tenho medo de ter estes medos,

que sufoquem a voz na garganta.

O medo que não esconde segredos,

diante as posições do sacripanta.

 

Medo do que não posso encontrar,

ao abrir a porta da minha solidão

abraçar o vazio que vem torturar,

numa noite de profunda escuridão.

 

O que faz o medo que me desnuda,

e na minha nudez expõe a solidez,

que me faz sentir como o Neruda,

com o seu medo diante a estupidez.

 

Eu tenho medo ao chegar a morte,

sem que eu perca este doido medo.

Pois a vida que me pede ser forte,

diante todos os medos do degredo.

 

Toninho

30/01/2021


Obrigado Rosélia por confiar a mim esta responsabilidade, 

desejamos que esteja melhor para sua volta.


Grato pela visita

Links diretos dos participantes:
1- chicaescreveporai

2- Gracita

3- sotepeco5minutos

4- escritosdalma.Roselia

5- estevamweb.wordpress_medo de ser


35 comentários:

  1. Toninho, que tema maravilhoso assim como linda foi tua inspiração na crônica da querida Taís!
    Parabéns pela tua bela poesia e participação! Que sigamos com nossos medos, mas que não nos impeçam de ir em frente, não nos paralisem! ADOREI! Como tu, estamos esperando a volta da querida Roselia pra assumir seus blogs e interações. abração, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Chica. Com ou sem medo vamos que vamos. Porque a ordem é seguir. Abraços.

      Excluir
  2. Participação maravilhosa que muito elogio. Poema de uma inspiração e criatividade sublimes.
    .
    Feliz fim de semana
    Cuide-se
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Voltei para trazer minha participação:

    https://chicaescreveporai.blogspot.com/2021/01/medo.html

    abração, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Toninho,
    Parabéns pelo talento e bela composição, poema forte
    Infelizmente o medo sempre nos acompanha, vamos que vamos driblando e seguindo.

    Bom fim semana.
    Bjs no coração.

    ResponderExcluir
  5. Brilhante e inspirada participação.
    As cadeias do medo, prendem o nosso coração e dificultam o nosso caminhar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Que poema fantástico, Toninho, tenho esses seus medos também, e que você poetizou tão bem, tão profundamente. Não adianta não reconhecer nossos medos e tocar a vida com coragem etc e tal. Eu entendo o otimismo das pessoas... a coragem, temos, mas o medo reside em nós sem querermos, existe contra nossa vontade, desde sempre.
    Um dos mais verdadeiros poemas que li aqui.
    Gosto imensamente de sua poesia, ela é clara e de muita precisão, sempre! Muito bem definida.
    Beijo, um bom fim de semana, com saúde e paz.

    "Eu tenho medo ao chegar a morte,
    sem que eu perca este doido medo.
    Pois a vida que me pede ser forte,
    diante todos os medos do degredo."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toninho, essa pandemia está me deixando mal educada, desculpa, amigo! rsss.
      Agradeço muito a tua inspiração sobre a minha postagem Medo / Neruda!
      bj

      Excluir
  7. Brilhante participação e isnpiração! AMEI :-))
    -
    A voz que me afaga e endoidece
    .
    Beijo, e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. bonita participaçao e a voz da nossa amalia muito bonita parabens bjs saude bfs

    ResponderExcluir
  9. Também gosto muito da participação Toninho!!! Bj

    ResponderExcluir
  10. Tais, admirada cronista! Sua inspiração rendeu um poema encantador, mesmo com foco em algo que muito nos assusta, o medo. Creio que ele nunca nos abandona. Por vezes, nos coloca em estagnação. Em outras, nos empurra até a vitória. Gostei imensamente de sua participação. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Toninho,
    Magnífico poema sobre um tema meu ponto fraco do momento.
    Quando tiver minha inspiração volto de novo para lhe comunicar.
    Vamos torcer para que Roselia volte logo. Por agora o desafio literário está muito bem entregue.
    Um beijinho e um domingo de paz, com muita saúde.
    Ailime

    ResponderExcluir
  12. Uma participação muito boa sobre o medo. Puxa, que tenhamos coragens diárias e o enfrentemos com sucessos. Ele anda de mãos dadas com a ansiedade, né?!
    Bom finzinho de domingo e feliz Fevereiro..
    Meu abraço...

    ResponderExcluir
  13. O medo. O medo que nos atinge a todos tão bem expresso no seu poema meu Amigo. O grande desafio é superar o medo através daquela chama de esperança que não deixamos apagar.
    Cuide-se bem.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. O medo de ser julgado paralisa. O medo de fracassar congela. Então seguimos no caminho morno, que é o caminho seguro, por temermos a temperatura da água quente. Mas, muitas vezes, a transformação que você precisa está no risco que você não corre. No mergulho que você não dá, pelo simples medo de se queimar, de se afogar, de se ridicularizar.
    Renata Stuart

    Sensacional participação, amigo Toninho
    Ótima semana.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderExcluir
  15. Olá, amigo Toninho,
    como não gostar deste teu belo poema, já que manejas com arte a pena (teclado) e, mais ainda, pela inspiração da postagem da Taís falando sobre Neruda e dando-nos de brinde um de seus poemas.
    Parabéns, Poeta!
    Uma boa semana com muitos cuidados com a saúde.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  16. Amigo Toninho,
    Se podemos retirar algo positivo desta pandemia, é a crescente criatividade que vejo se desenvolvendo em quase todos os blogues.
    A sua inspiração nas participações e publicações, sempre me surpreende, cada uma melhor que a anterior.
    A querida Táis, como sempre também , fez uma excelente crónica que o Toninho desenvolveu com maestria.
    Vou pensar em algo e depois voltarei aqui para participar.

    Um abraço, sem medo!

    ResponderExcluir
  17. Maravilhoso, Toninho, denso, nos leva a entrar neste medo na escuridão!
    Diante de tudo que estamos vivendo, estou chegando a conclusão de que está faltando medo em muita gente, muito mesmo, o desejo de sobrevivência pede medo.
    O texto da Tais é mesmo ótimo!
    Adorei, parabéns, abraço!

    ResponderExcluir
  18. Um poema sobre o medo que nos invade perante as situações imprevistas e de terror como esta pandemia que nos isolou e nos mostrou que não somos nada.
    Abraço e saúde

    ResponderExcluir
  19. Um belo tema inspirado na nossa excelente cronista Tais. Seu poema desnuda seus medos que são quase que universais. Todos os temos uns mais outros menos, só precisamos ficar atentos para não paralisarmos e "ser um vivo morto". Boa noite

    ResponderExcluir
  20. Oi Toninho ;)
    Brilhante inspiração...
    Medo: todos temos , não é mesmo?
    Que possamos vencê-los e prosseguir!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Medo? Todos temos e os mais diversos eu diria
    E cada um vai superando os seus fragmentando-os para superá-los e se fortalecer
    Você foi brilhante na exposição inspiradíssima dos medos
    Aplausos por este versar de excelência meu amigo
    Hoje estarei fechando a participação da Eloah no Café Poético.
    Voltarei amanhã com o link da minha participação
    Beijinhos e um lindo e iluminado final de semana

    ResponderExcluir
  22. Bom dia Toninho
    Vim deixar o meu link deste desafio
    https://sonhossepoesia.blogspot.com/2021/02/o-medo-de-ter-medo.html
    Um domingo feliz e abençoado
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Amigo Toninho, aqui vai o link da minha participação ao seu desafio, espero que goste ! (:

    Um beijinho e uma abençoada semana !

    ResponderExcluir
  24. Esqueci-me do link, ai, a minha cabeça (:

    https://sotepeco5minutos.blogspot.com/2021/02/a-menina-do-medo.html

    ResponderExcluir
  25. Que maravilhoso poema Toninho, me prendeu do começo ao fim, um tema muito proprício aos tempos que estamos vivendo.
    Bjs, Sueli

    ResponderExcluir
  26. Olá, querido amigo Toninho!
    Em primeiro lugar, venho lhe agradecer por ter aceito conduzir o Desafio do mês.
    Muito obrigada. Eu confio em você. Sabia que daria conta muito bem.
    Li o tema com duas versões e trouxe hoje a primeira numa tônica espiritual:

    https://www.escritosdalma.com.br/2021/01/medo-desolador.html

    Deixei o blog aberto para que pudessem os participantes ler.Após um tempo, será restrito.
    Fiz com carinho e sentindo cada palavra.
    Mais para frente, trago outra versão em outro blog com outro teor.
    Estou participando com todo prazer.
    Gratidão POR TUDO.
    Esteja bem, amigo.
    💐🕊️🙏🙌👼😘

    ResponderExcluir
  27. Toninho,
    muito expressivo seu poema sobre o tema.
    O medo realmente sufoca a voz e paralisa,
    mas é próprio da condição humana senti-lo.
    Vou participar mais tarde do desafio e volto
    aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui está o link de minha participação:
      https://viver-celina.blogspot.com/p/desafio-literario.html
      Tenha uma ótima semana!

      Excluir
  28. Toninho Bira meu caro, mineirissimo, é um adjetivo que ainda não havia recebido. Muito obrigado, por adjetivar um jeito de ser, apenas por ler o que escrevo.
    Vou tentar fazer jus ao desafio para Março.
    Dê me a dica sobre o que e como fazer?
    Abraço fraterno.

    ResponderExcluir






  29. i couldn't believe that i would ever be re-unite with my ex-lover, i was so traumatize staying all alone with no body to stay by me and to be with me, but i was so lucky one certain day to meet this powerful spell caster Dr Akhere, after telling him about my situation he did everything humanly possible to see that my lover comes back to me, indeed after casting the spell my ex-lover came back to me less than 48 hours, my ex-lover came back begging me that he will never leave me again, 3 months later we got engaged and married, if you are having this same situation just contact Dr Akhere on his email: AKHERETEMPLE@gmail.com thanks very much sir for restoring my ex-lover back to me, his email: AKHERETEMPLE@gmail.com or call / whatsapp: +2349057261346












































































































































































    hindi ako makapaniwala na kailanman ay muling makiisa ako sa aking kasintahan, labis akong na-trauma sa pananatiling nag-iisa na walang katawan na manatili sa akin at makakasama ko, ngunit napakasuwerte ako sa isang tiyak na araw upang matuganan si Dr Akhere, matapos sabihin sa kanya ang tungkol sa aking sitwasyon ginawa niya ang lahat ng makataong posible upang makita na ang aking kasintahan ay bumalik sa akin, sa katunayan matapos na ihagis ang spell ang aking dating kasintahan ay bumalik sakin ng mas masg 48 now, dumating ang dating kasintahan ko. bumalik sa pagmamakaawa sa akin na hindi na niya ako pababayaan, 3 buwan mamaya kami ay nakipag-ugnay at nag-asawa, kung nagkakaroon ka ng parehong sitwasyong ito makipag-ugnay lamang kay Dr Akhere sa kanyang email:
    AKHERETEMPLE@gmail.com maraming salamat sa sir sa pagpapanumbalik ng aking dating kasintahan bumalik sa akin, ang kanyang email: AKHERETEMPLE@gmail.com o tumawag / whatsapp: +2349057261346

    ResponderExcluir
  30. Olá Toninho. Há muito tempo não passo por aqui. Gostei muito dos seus medos. Com muito orgulho vou coloca o link do texto que escrevi.
    http://www.umavozdebetim.com.br/2010/10/medo-de-assombracao.html Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  31. Bom dia de paz, querido amigo Toninho!
    Conforme prometi, venho trazer minha segunda participação com carinho:
    https://flordocampo3.blogspot.com/2021/02/o-medo-de-nao-florescer.html
    Por motivos de saúde em família, não pude trazer para cá antes. Desculpe-me.
    Mais uma vez, quero agradecer por ter honrado o convite que lhe fiz.
    Espero esteja bem com seus amados familiares.
    Deus os abençoe muito!
    Seja muito feliz e abençoado!
    Beijinhos fraternos de paz e bem
    😘🙏🙌🍀🕊️👼🏡

    ResponderExcluir
  32. Toninho,teve motivos e não pude participar.
    Mas aqui estou lendo seu belo poema sobre
    Ter medo e de como ele viaja com gente na
    Aventura da vida.
    Mil perdões. Gostaria de ter contribuído.
    Xeru

    ResponderExcluir




Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.