sábado, 21 de janeiro de 2023

Chuva sagrada


Hoje participando da BC da Marina Umaimagem em 140 caráteres de todo fim de semana. Participe e veja nossos amigos aqui devaneiosedesvarios


Olhar I

Vem lá do o céu líquido sagrado.

Sinto um frescor uma suavidade.

Do seio da terra o grão plantado,

Faz se vivo, vejo a prosperidade. 

 

Olhar II

Chuva fina na mão como torneira,

Ouço a sua cantiga sobre uma lata,

Esquecida debaixo de uma goteira,

Faz-me adormecer a tua serenata.

 

Toninho

21/01/2023



21 comentários:

  1. Bom dia de sábado, querido amigo Toninho!
    Um ritmo musical gostoso de se ouvir, contrastando com o barulhinho da chuva na lata em memórias afetivas da infância onde as pequeninas coisas nos faziam despertar para a vida simples e consistente. Foi lá, naquela contemplação, que ganhamos profundidade para o que haveria de vir.
    Muito lindas suas duas versões.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Você descreveu bem o que sinto quando vem uma chuva depois de dias de sol quente.
    Boa semana amigo.
    Beijos.
    blogjoturquezzamundial

    ResponderExcluir
  3. Muito lindos os teus 2 olhares... Adorei todos, mas viajei no barulhinho dos pingos na lata... Parabéns! abração, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  4. sao todos muito bonitos bjs feliz fim de semana saude

    ResponderExcluir
  5. Mais uma participação poética brilhante. Deixo a minha admiração, aplauso e elogio
    .
    Feliz Sábado. Saudações poéticas
    .

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Toninho,
    Magníficos e cheios de sensibilidade seus dois olhares poéticos sobre a linda imagem!
    Também adoro a chuva, me traz serenidade.
    Linda a música!
    (Seu link não está lá na Mari).
    Desejo que se encontre restabelecido.
    Um beijinho e abençoado fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  7. Também adoro chuva de verão, da que refresca, é muito rara na minha região...
    Por enquanto, temos chuva gelada em dias frios, com média de 14/7º... Estávamos em seca, a nossa barragem ainda está no fundo...
    Excelente participação, amigo. Penso que em Minas nunca falta chuva, mas os brasileiros têm sempre presente as imagens dos flagelados do Nordeste... É por isso que o vídeo é bem interessante.
    Dias lindos, frescos e serenos. Abraço carinhoso. 🌈
    ~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  8. Olá, amigo Toninho, das gotas da chuva
    o poeta Mineiro escreve dois belos poemas.
    Espero que meu amigo Toninho esteja bem de saúde.
    Votos de um bom domingo e uma ótima semana.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Nossa água sagrada da qual somos formados e precisamos para viver! Lindas as duas inspirações!
    Bom domingo por aí!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Toninho, como está você?
    Lindas inspirações, e vendo essa chuvinha linda aí, é o que precisamos aqui nesses nosso 35 graus!!
    Virgem Maria...
    Muito linda tua participação.
    Um bom domingo, querido amigo, saúde e paz!
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá meu querido vizinho
    Como está você?
    Espero que esteja em plena recuperação
    Tuas inspirações sempre lindas e melodiosas
    Esta chuvinha abençoada tem sido a nossa constante companhia
    Um feliz domingo
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Linda inspiração. E gosto muito de ouvir a Marisa Monte.
    Abraço, saúde e uma boa semana

    ResponderExcluir
  13. Ouvir a música da chuva que a terra agradece. Belíssimo, meu Amigo.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Que bela inspiração.
    Foto e música em sintonia perfeita.
    Gostei bastante.
    Boa semana com saúde e paz.
    :)

    ResponderExcluir
  15. Belas guadras, a chuva inspira e nos traz, quandovem com leveza, muita produtividade e bem estar. Feliz com seu retorno entre nós. bjsss

    ResponderExcluir
  16. "Chuva sagrada", Que título mais apropriado seguido de palavras que festejam essa dádiva, sem o qual não podemos viver. A água benfazeja, que cai do Céu.

    Amigo Toninho, o "Xaile de Seda" espera por si
    para a "Quinzena do Amor".

    Abraço
    Olinda

    ResponderExcluir
  17. Meu caro Toninhamigo
    Belas quadras sobre um tema recorrente - a chuva. Quando eu era jovem (palavra que já fui...) havia um aparelho de rádio Philips através do qual seguia as marchinha so Carnaval carioca. Televisão? O que era isso?
    Pois uma menina, a Emilia Borba cantava:
    "Tomara que chova, oi
    Três dias sem parar
    Tomara que chova, oi
    Três dias sem parar
    A minha grande mágoa
    É lá em casa não ter água
    E eu preciso me lavar
    De promessa eu ando cheia
    Quando conto a minha vida ninguém quer acreditar"
    Trabalho não me cansa
    O que me cansa é pensar
    Que lá em casa não tem água nem pra cozinhar"
    Uma coisa puxa a outra. Os teus versos são sublimes pela singeleza, pela sinceridade, pela beleza, enfim. Gostei muito. Por isso já te sigo.
    Espero que me retribuas.
    Abração
    Henrique
    http://anossatrvessa.blogspot.pt


    ResponderExcluir
  18. "em lá do o céu líquido sagrado.
    Sinto um frescor uma suavidade..."

    Toninho eu adoro andar à chuva,
    sinto que é uma grande benção!
    sim porque tivémos muita angústia com anos de seca!
    Espera que esteja bem recuperado do seu problema de saúde,
    um abraço

    ResponderExcluir
  19. Boas e especiasi escolhas como sempre só o poeta Toninho tem ! rs]
    E chuva é um tema absolutamente gostoso ,
    não é ?
    beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, Toninho! Adorei as suas duas inspirações, tão belas e ternas. Abraços!

    ResponderExcluir



Obrigado pela sua visita.
Alguma dificuldade ou desconforto neste blog como tamanho de fonte, dificuldade de comentar, links maliciosos etc favor comunicar para corrigir.
Caso não tenha um blog poderá comentar como anonimo e no fim colocar seu nome ou não para que possa agradecer.
Fique a vontade!
Meu abraço de paz e luz.